O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

EURO 2020: A Inglaterra vista pelo nosso repórter

O repórter do UEFA.com junto da Inglaterra, Simon Hart, analisa a equipa antes do UEFA EURO 2020.

Tudo o que precisa de saber sobre a Inglaterra no EURO 2020.
Conheça as equipas: Inglaterra

13/06: Inglaterra - Croácia (Londres)
18/06: Inglaterra - Escócia (Londres)
22/06: República Checa - Inglaterra (Londres)

Perfil da equipa

Todos os golos de Inglaterra na caminhada até ao EURO 2020
Todos os golos de Inglaterra na caminhada até ao EURO 2020

Seleccionador: Gareth Southgate
Capitão
: Harry Kane
Alcunha
: Three Lions (Três Leões)
Como se qualificou
: vencedores do Grupo A (V7 E0 D1 GM37 GS6)
Melhor no EURO
: meias-finais (1968, 1996)

Onde pode disputar os jogos na fase a eliminar

Oitavos-de-final: Londres, Copenhaga, Sevilha, Glasgow ou Budapeste 
Quartos-de-final: São Petersburgo, Munique, Roma ou Baku
Meias-finais: Londres
Final: Londres

Lista final de 26 convocados

Guarda-redes: Sam Johnstone (West Bromwich Albion), Jordan Pickford (Everton), Aaron Ramsdale (Sheffield United)

Defesas: Ben Chilwell (Chelsea), Conor Coady (Wolves), Reece James (Chelsea), Harry Maguire (Manchester United), Tyrone Mings (Aston Villa), Luke Shaw (Manchester United), John Stones (Manchester City), Kieran Trippier (Atlético), Kyle Walker (Manchester City), Ben White (Brighton)

Médios: Jude Bellingham (Dortmund), Phil Foden (Manchester City), Jack Grealish (Aston Villa), Jordan Henderson (Liverpool), Mason Mount (Chelsea), Kalvin Phillips (Leeds United), Declan Rice (West Ham), Bukayo Saka (Arsenal), Jadon Sancho (Dortmund)

Avançados: Dominic Calvert-Lewin (Everton), Harry Kane (Tottenham), Marcus Rashford (Manchester United), Raheem Sterling (Manchester City)

Resumo do EURO '96 : Inglaterra 2-0 Escócia
Resumo do EURO '96 : Inglaterra 2-0 Escócia

Repórter do UEFA.com junto da Inglaterra: Simon Hart

Este é o meu sexto EURO, o que significa que quando estive presente no meu primeiro - em Roterdão, no verão de 2000 - Phil Foden tinha apenas uma semana de vida. O meu jogo favorito do Campeonato Europeu aconteceu numa noite em Lisboa, no ano de 2004, quando Inglaterra e Portugal empataram 2-2 num duelo repleto de emoção e drama que culminou com... bem, os adeptos ingleses sabem o resto.

Como joga

Depois de chegar às meias-finais do Campeonato do Mundo da FIFA em 2018, com um sistema em 3-5-2, a Inglaterra jogou em 4-3-3 ao chegar à final da UEFA Nations League no Verão seguinte. No entanto, o ponto de interrogação sobre a condição de Harry Maguire - já descartado para o jogo de abertura do grupo - levou à conclusão que Southgate poderia voltar a apostar numa defesa a três.

Veja o desempate nas grandes penalidades entre Inglaterra e Espanha no EURO '96
Veja o desempate nas grandes penalidades entre Inglaterra e Espanha no EURO '96

Jogador-chave: Harry Kane

Melhor marcador no Campeonato do Mundo de 2018, encerrou a temporada doméstica com 23 golos na Premier League pelo Tottenham. O facto de também ter 14 assistências destaca a sua habilidade não só a marcar mas a criar jogadas de perigo. No entanto, a Inglaterra vai querer o seu avançado na área adversária, predominantemente.

Treinador: Gareth Southgate

O sucesso de Southgate em aliviar o clima em torno da seleção nacional trouxe o melhor desempenho da Inglaterra no Campeonato do Mundo desde 1990, na Rússia. Não tem receio de dar oportunidades aos jovens e tem sido recompensado com isso, na maioria das vezes, com exibições destemidas. É expectável que o seu penálti falhado nas meias-finais do EURO '96 tenha um forte papel na narrativa, caso a Inglaterra vá longe na competição, 25 anos depois.

O hino nacional da Inglaterra
O hino nacional da Inglaterra

Jogador a seguir: Jack Grealish

A colheita de jovens talentos de Inglaterra é tal que há vários candidatos aqui, desde Jude Bellingham, de 17 anos - descrito como "fenomenal" por Southgate, ao substituto de Kane, Dominic Calvert-Lewin. No entanto, pela sua rara habilidade de progredir com a bola (a fazer lembrar Paul Gascoigne), Jack Grealish, do Aston Villa, tem potencial para ser um favorito dos adeptos.

Descarregue a app oficial do EURO

Podem sem campeões?

Wembley foi o palco no qual a Inglaterra conquistou a sua única grande prova anterior, em 1966, e foi ainda o recinto onde alcançou as meias-finais do EURO '96. A Inglaterra pode contar com o factor Wembley mais uma vez e é compreensível o optimismo de que a jovem equipa de Southgate tem o poder de ataque para vencer este EURO, embora só o tempo dirá se são fortes o suficiente para fazer história.