O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

EURO 2020: A Alemanha vista pelo nosso repórter

O repórter do UEFA.com junto da Alemanha, Philip Röber, analisa a equipa antes do UEFA EURO 2020.

Tudo o que precisa de saber sobre a Alemanha no EURO 2020.
Conheça as equipas: Alemanha

Jogos do Grupo F

15/06: França - Alemanha (Munique)
19/06: Portugal - Alemanha (Munique)
23/06: Alemanha - Hungria (Munique)

Os três triunfos da Alemanha no EURO
Os três triunfos da Alemanha no EURO

Perfil

Treinador: Joachim Löw
Capitão: Manuel Neuer
Alcunha: Die Mannschaft
Como se qualificou: Vencedora do Grupo C (7V 0E 1D 30GM 7GS)
Melhor resultado no EURO: Vencedora (1972, 1980, 1996)

Onde pode disputar a fase a eliminar

Oitavos-de-final: Bucareste, Londres, Sevilha ou Budapeste
Quartos-de-final
: São Petersburgo, Munique, Roma ou Baku
Meias-finais: Londres
Final: Londres

Lista final de 26 convocados

Veja grandes golos da Alemanha
Veja grandes golos da Alemanha

Guarda-redes: Manuel Neuer (Bayern), Bernd Leno (Arsenal), Kevin Trapp (Frankfurt)

Defesas: Matthias Ginter (Mönchengladbach), Antonio Rüdiger (Chelsea), Robin Gosens (Atalanta), Christian Günter (Freiburg), Marcel Halstenberg (Leipzig), Mats Hummels (Dortmund), Lukas Klostermann (Leipzig), Robin Koch (Leeds), Niklas Süle (Bayern)

Médios: İlkay Gündoğan (Man. City), Toni Kroos (Real Madrid), Emre Can (Dortmund), Joshua Kimmich (Bayern), Thomas Müller (Bayern), Jamal Musiala (Bayern), Serge Gnabry (Bayern), Leon Goretzka (Bayern), Kai Havertz (Chelsea), Jonas Hofmann (Mönchengladbach), Leroy Sané (Bayern), Florian Neuhaus (Mönchengladbach)

Avançados: Timo Werner (Chelsea), Kevin Volland (Mónaco)

Alemanha - Países Baixos: duelos no EURO
Alemanha - Países Baixos: duelos no EURO

Repórter do UEFA.com junto da Alemanha: Philip Röber

As minhas experiências anteriores no EURO foram memoráveis, com destaque para o emocionante duelo entre a Alemanha e os Países Baixos sob um calor sufocante em Kharkiv, em 2012, ou as longas (e inspiradoras!) viagens de comboio pelo deslumbrante interior de França em 2016. Mas, desta vez, a competição começa com três jogos perto de minha casa, em Munique. É um grande privilégio poder ver a Alemanha defrontar o actual campeão mundial e, de seguida, medir forças com detentor do título do EURO.

Como joga

A enorme decepção sofrida no Campeonato do Mundo de 2018 levou a que Joachim Löw procedesse a mudanças significativas. Os sistemas com cinco defesas ou com um ataque móvel em que os avançados trocam de posição nunca convenceram totalmente, embora estas experiências tenham muitas vezes acontecido sem alguns jogadores fundamentais. Após a goleada por 6-0 imposta pela Espanha e a surpreendente derrota frente à Macedónia do Norte, Löw recorreu a Mats Hummels e a Thomas Müller para reforçar a estrutura da equipa. Podemos esperar um conjunto virado para o ataque e com flexibilidade táctica na defesa.

 Müller está de regresso  à selecção da Alemanha
Müller está de regresso à selecção da AlemanhaGetty Images

Jogador-chave: Thomas Müller

Dois anos e meio depois de ter deixado de ser convocado para dar espaço à renovação, Müller foi chamado para a fase final após mais uma época de boas exibições pelo Bayern (21 assistências!). Líder dentro e fora do campo, o atacante de 31 anos nunca deixa de transmitir a sua mentalidade vencedora aos colegas.

Treinador: Joachim Löw

Após 15 anos no comando da selecção, esta será a despedida do treinador que levou sempre a Alemanha, pelo menos, até às meias-finais do EURO. Löw não falou sobre os planos para a próxima época, mas destacou que está determinado em usar toda a sua energia para proporcionar um ambiente de euforia entre os adeptos alemães durante o EURO 2020.

Jogador a seguir: Kevin Volland

Há um ano, o escolhido neste capítulo poderia ser Kai Havertz mas, depois de marcar o golo da vitória na final da UEFA Champions League, o jogador do Chelsea já terá todos os olhares virados para si. Desta vez a surpresa poderá ser Volland, um avançado mexido que chega ao EURO com uma atitude ambiciosa e o bom registo de 18 golos em 40 jogos na época de estreia pelo Mónaco.

Podem ser campeões?

É natural que as equipas que consigam ultrapassar o Grupo F tenham boas hipóteses de chegar à final. Para a Alemanha é uma questão de tudo ou nada, tanto mais que não correspondeu às expectativas em vários jogos realizados recentemente. No entanto, os alemães já foram três vezes campeões e são uma equipa vocacionada para as grandes competições, rendendo mais sob pressão e que conta com muitas soluções entre os convocados.

Obtenha a app oficial do UEFA EURO 2020