O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

EURO 2020: A Suíça vista pelo nosso repórter

O repórter do UEFA.com junto da Suíça, Peter Birrer, analisa a equipa antes do UEFA EURO 2020.

Tudo o que precisa de saber sobre a Suíça no EURO 2020.
Conheça as equipas: Suíça

Jogos no Grupo A

12/06: País de Gales - Suíça (Baku)
16/06: Itália - Suíça (Roma)
20/06: Suíça - Turquia (Baku)

Perfil da equipa

Todos os golos da Suíça a caminho do EURO 2020
Todos os golos da Suíça a caminho do EURO 2020

Seleccionador: Vladimir Petković
Capitão: Granit Xhaka
Alcunha: Nati (Selecção Nacional)
Como se qualificou: vencedora do Grupo D (V5 E2 D1 GM19 GS6)
Melhor no EURO: oitavos-de-final (2016)

Onde pode disputar os jogos a eliminar

Oitavos-de-final: Londres, Amesterdão, Bucareste, Sevilha ou Glasgow
Quartos-de-final: São Petersburgo, Munique, Roma ou Baku
Meias-finais: Londres
Final: Londres

Lista final de 26 convocados

Guarda-redes: Yvon Mvogo (PSV), Yann Sommer (Mönchengladbach), Gregor Kobel (Stuttgart)

Defesas: Manuel Akanji (Dortmund), Loris Benito (Bordeaux), Eray Cömert (Basel), Nico Elvedi (Mönchengladbach), Jordan Lotomba (Nice), Kevin Mbabu (Wolfsburg), Becir Omeragic (Zürich), Ricardo Rodríguez (Torino), Fabian Schär (Newcastle), Silvan Widmer (Basel)

Médios: Christian Fassnacht (Young Boys), Edimilson Fernandes (Mainz), Remo Freuler (Atalanta), Xherdan Shaqiri (Liverpool), Djibril Sow (Frankfurt), Ruben Vargas (Augsburg), Granit Xhaka (Arsenal), Denis Zakaria (Mönchengladbach), Steven Zuber (Frankfurt)

Avançados: Breel Embolo (Mönchengladbach), Mario Gavranović (Dinamo Zagreb), Admir Mehmedi (Wolfsburg), Haris Seferović (Benfica)

Como joga

A Suíça joga um atraente futebol ofensivo sob o comando técnico de Vladimir Petković. O treinador aposta numa linha de três defesas e num meio-campo a quatro, com Granit Xhaka no comando e Xherdan Shaqiri responsável por acrescentar creatividade no apoio ao ataque. Um jogador que pode ser lançado a partir do banco é o jovem de 22 anos de idade, Ruben Vargas.

Jogador-chave: Granit Xhaka

Xhaka não é apenas o capitão desde que Stephan Lichtsteiner se retirou, mas também o jogador mais internacional na selecção, com 94 jogos já disputados pelo seu país. O médio do Arsenal é uma figura dominante no jogo da Suíça, ditando o ritmo e sendo, para muitos, o verdadeiro cérebro da equipa.

Veja como a Suíça entrou a ganhar no EURO 2016
Veja como a Suíça entrou a ganhar no EURO 2016

Seleccionador: Vladimir Petković

Petković rendeu Ottmar Hitzfeld em 2014 e já leva 73 jogos como seleccionador helvético. O treinador de 57 anos conduziu a Suíça à participação no UEFA EURO 2016, no Campeonato do Mundo de 2018 e agora no EURO 2020. A sua principal missão passa agora por conseguir que a sua equipa chegue pela primeira vez a uns quartos-de-final.

Jogador a seguir: Breel Embolo

Embolo ganhou um novo fôlego ao serviço do Borussia Mönchengladbach em 2019, isto após ter ultrapassado uma sucessão de lesões. Poderoso, versátil e abençoado com uma enorme velocidade, o avançado de 24 anos é uma verdadeira dor de cabeça para as defesas contrárias.

Podem ser campeões?

Xhaka diz que levou roupa para a duração inteira do torneio, o que indica que a acredita que a Suíça pode chegar muito longe na prova. É óbvio que não são os favoritos, mas a equipa possui sem sombra de dúvidas a qualidade e o talento para atingir a fase mais adiantada do torneio. O primeiro objectivo, contudo, terá de passar por garantir o apuramento na fase de grupos.

Obtenha a app oficial do UEFA EURO 2020