O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

EURO 2020: A Turquia vista pelo nosso repórter

O repórter do UEFA.com junto da Turquia, Görkem Kırgız, fala da táctica, dos jogadores e da emocionante campanha de 2008.

Tudo o que precisa de saber sobre a Turquia no EURO 2020.
Conheça as equipas: Turquia

Jogos no Grupo A

11/06: Turquia - Itália (Roma)
16/06: Turquia - País de Gales (Baku)
20/06: Suíça - Turquia (Baku)

Todos os golos da Turquia rumo ao EURO 2020
Todos os golos da Turquia rumo ao EURO 2020

Perfil da equipa

Treinador: Şenol Güneş
Capitão: Burak Yılmaz
Alcunha: The Crescent-Stars
Como se qualificou: Segunda classificada do Grupo H (7V 2E 1D 18GM 3GS)
Melhor no UEFA EURO: meias-finais (2008)

Onde podem disputar os jogos a eliminar

Oitavos-de-final: Amesterdão, Londres , Sevilha, Bucareste ou Glasgow
Quarter-final: São Petersburgo, Munique, Roma ou Baku
Meia-final
: Londres 
Final: Londres 

Lista final de 26 convocados

Guarda-redes: Altay Bayındır (Fenerbahçe), Mert Günok (İstanbul Başakşehir), Uğurcan Çakır (Trabzonspor)

Defesas: Mehmet Zeki Çelik (Lille), Çağlar Söyüncü (Leicester City), Kaan Ayhan (Sassuolo), Merih Demiral (Juventus), Mert Müldür (Sassuolo), Ozan Muhammed Kabak (Schalke), Rıdvan Yılmaz (Beşiktaş), Cengiz Umut Meraş (Le Havre)

Médios: Yusuf Yazıcı (Lille), Dorukhan Toköz (Beşiktaş), İrfan Can Kahveci (Fenerbahçe), Okay Yokuşlu (Celta Vigo), Orkun Kökçü (Feyenoord), Ozan Tufan (Fenerbahçe), Taylan Antalyalı (Galatasaray), Hakan Çalhanoğlu (Milan)

Avançados: Burak Yılmaz (LIlle), Cengiz Ünder (Roma), Enes Ünal (Getafe), Abdülkadir Ömür (Trabzonspor), Muhammed Kerem Aktürkoğlu (Galatasaray), Halil İbrahim Dervişoğlu (Brentford), Kenan Karaman (Fortuna Düsseldorf)

Golos clássicos da Turquia no EURO
Golos clássicos da Turquia no EURO

Repórter do UEFA.com junto da Turquia: Görkem Kırgız

A primeira edição que me lembro é a de 1996, mas este vai ser o primeiro EURO a que vou assistir ao vivo. A edição de 2008 foi, de longe, a minha favorita. A Turquia atingiu as meias-finais após uma série de reviravoltas emocionantes. O golo Semih Şentürk que valeu o empate com a Croácia aos 120 minutos dos quartos-de-final é o meu momento favorito de sempre no EURO.

Como joga

A Turquia tem utilizado um 4-2-3-1, que é forte defensivamente e favorece o contra-ataque, que por vezes pode mudar para um 4-4-2 mais apertado, no entanto tem faltado velocidade à equipa na construção das jogadas. Şenol Güneş também pode recorrer a um 3-4-3 quando necessário, com grande solidez defensiva para evitar esticar o jogo e ser surpreendido.

Jogador chave: Burak Yılmaz

É o jogador mais velho da equipa com 35 anos, mas continua a ser a primeira opção de Güneş para o ataque. Segundo melhor marcador de sempre da seleção, marcou em média um golo a cada dois jogos ao longo da carreira e foi importante esta época para que o Lille conquistasse o título francês.

Resumo do EURO 2008: Turquia elimina Croácia no desempate
Resumo do EURO 2008: Turquia elimina Croácia no desempate

Treinador: Şenol Güneş

O treinador que dirige a equipa mais jovem neste EURO está pela segunda vez no comando da selecção. Na primeira passagem conduziu a Turquia ao terceiro lugar no Campeonato do Mundo de 2002, recuperando a equipa de desgostos passados e restaurando a fé da nação.

Jogador a seguir: Hakan Çalhanoğlu

Com grande técnica e um bom remate de longa distância, o jogador de 27 anos é um organizador de jogo com grande produtividade. Na melhor forma da sua carreira, esta época o Nº10 marcou quatro golos e fez dez assistências pelo Milan na Série A.

Podem ser campeões?

Embora seja uma equipa muito jovem, com vários jogadores ainda longe do topo da carreira, a Turquia pode realisticamente pensar em ultrapassar uma ou duas fases. No entanto, com um pouco de sorte e o efeito surpresa, não é totalmente impensável imaginar este grupo de jogador no pódio a erguer o troféu.

Obtenha a app oficial do UEFA EURO 2020