O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

EURO 2020: A Ucrânia vista pelo nosso repórter

O repórter do UEFA.com junto da Ucrânia, Bogdan Buga, explica como Andriy Shevchenko mudou a forma de jogar da equipa, a preparar a participação no terceiro EURO.

Tudo o que precisa de saber sobre a Ucrânia no EURO 2020.
Conheça as equipas: Ucrânia

Jogos no Grupo C

13/06: Países Baixos - Ucrânia (Amesterdão)
17/06: Ucrânia - Macedónia do Norte (Bucareste)
21/06: Ucrânia -Áustria (Bucareste)

Todos os golos na caminhada da Ucrânia rumo ao EURO 2020
Todos os golos na caminhada da Ucrânia rumo ao EURO 2020

Perfil da equipa

Treinador: Andriy Shevchenko
Capitão: Andriy Pyatov
Alcunha: Synio-Zhovti (Azuis-Amarelos)
Como se qualificou: Vencedora do Grupo A (6V 2E 0D 17GM 4GS)
Melhor no EURO: fase de grupos (2012, 2016)

Onde podem disputar os jogos a eliminar

Oitavos-de- final: Bucareste, Budapeste, Glasgow ou Londres
Quartos-de-final: São Petersburgo, Munique, Roma ou Baku
Meia-final: Londres
Final: Londres

Lista final de 26 convocados

Andriy Shevchenko passa a sua mensagem aos jogadores
Andriy Shevchenko passa a sua mensagem aos jogadoresAFP via Getty Images

Guarda-redes: Georgiy Bushchan (Dínamo Kiev), Andriy Pyatov (Shakhtar Donetsk), Anatolii Trubin (Shakhtar Donetsk)

Defesas: Oleksandr Karavaev (Dínamo Kiev), Serhiy Kryvtsov (Shakhtar Donetsk), Mykola Matviyenko (Shakhtar Donetsk), Vitaliy Mykolenko (Dínamo Kiev), Denys Popov (Dínamo Kiev), Eduard Sobol (Brugge), Oleksandr Tymchyk (Dínamo Kiev), Illia Zabarnyi (Dínamo Kiev), Oleksandr Zinchenko (Manchester City)

Médios: Roman Bezus (Gent), Yevhen Makarenko (Kortrijk), Ruslan Malinovskyi (Atalanta), Marlos (Shakhtar Donetsk), Mykola Shaparenko (Dínamo Kiev), Taras Stepanenko (Shakhtar Donetsk), Heorhii Sudakov (Shakhtar Donetsk), Serhiy Sydorchuk (Dínamo Kiev), Viktor Tsygankov (Dínamo Kiev)

Avançados: Artem Besedin (Dynamo Kyiv), Artem Dovbyk (Dnipro-1) , Roman Yaremchuk (Gent), Andriy Yarmolenko (West Ham), Oleksandr Zubkov (Ferencváros)

Resumo do EURO 2012: Ucrânia 2-1 Suécia
Resumo do EURO 2012: Ucrânia 2-1 Suécia

Repórter do UEFA.com junto da Ucrânia: Bogdan Buga

Tal como acontece com a Ucrânia, este será o meu terceiro EURO. O primeiro em 2012 foi muito especial, já que a Ucrânia foi co-anfitriã e tivemos oportunidade de sentir o incrível espírito da prova em todos os lugares. Também me proporcionou o meu melhor momento no EURO, quando Andriy Shevchenko bisou frente à Suécia e deu a única vitória à Ucrânia na fase final. Por falar em Shevchenko, tem sido sensacional acompanhar a sua evolução: de capitão em 2012, quando me deu a última entrevista como jogador da selecção, a treinador-adjunto em 2016 e agora como principal responsável da equipa.

Como joga

A Ucrânia sempre foi conhecida como uma equipa de contra-ataque, mas mudou de estilo sob o comando de Shevchenko, passando a praticar um futebol assente na posse de bola frente à maioria dos adversários. O sistema base é um 4-3-3, com um médio mais defensivo e preferencialmente com os extremos invertidos. Este ano, Shevchenko também recorreu a um 3-5-2, o que significa que os ucranianos podem ser ainda mais flexíveis tacticamente e imprevisíveis no EURO.

Jogador-chave: Ruslan Malinovskyi

Graças aos excelentes passes e à capacidade de manter a posse de bola, criar espaço e de jogar entre linhas – isto sem falar do perigoso disparo de meia distância –, o versátil médio esquerdino da Atalanta enorme influência na forma de jogar da Ucrânia.

Resumo: Ucrânia 1-0 Espanha
Resumo: Ucrânia 1-0 Espanha

Treinador: Andriy Shevchenko

Avançado brilhante vencedor da UEFA Champions League e da Bola de Ouro no Milan, Shevchenko é indiscutivelmente o melhor jogador de sempre da Ucrânia. Nomeado seleccionador após o EURO 2016, revolucionou o estilo de jogo da equipa, transformando o futebol físico de contra-ataque num jogo baseado na posse de bola. No entanto, na recente vitória por 1-0 na recepção à Espanha e no empate 1-1 em França, os ucranianos mostraram que não se esqueceram dos fundamentos do contra-ataque.

Jogador a seguir: Viktor Tsygankov

O jogador do Dínamo Kiev tem forte concorrência, já que tanto Andriy Yarmolenko como Marlos podem ocupar a sua vaga no flanco direito da Ucrânia, mas continua a ter o lugar seguro. Apesar de ter sido obrigado a parar várias vezes esta época devido a lesões, o extremo esquerdino de 23 anos continua a ser a maior ameaça ofensiva da equipa.

Podem ser campeões?

"Sabemos que não somos favoritos, mas não vamos apenas para participar", disse-me recentemente Tsygankov. Já assistimos a alguns contos de fadas no EURO e a Ucrânia tem talento e vontade para criar mais um. Claro que vai precisar de alguma sorte, numa boa dose, mas esta equipa dará luta a qualquer adversário.

Obtenha a app oficial do UEFA EURO 2020