O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Inglaterra - Croácia: retrospectiva do UEFA EURO 2020, factos e estatísticas

Inglaterra e Croácia são velhos conhecidos de batalhas recentes e vão agora defrontar-se em Wembley, na jornada de abertura do Grupo D.

O avançado inglês Harry Kane e o médio croata Luka Modrić iem 2018
O avançado inglês Harry Kane e o médio croata Luka Modrić iem 2018 AFP via Getty Images

Inglaterra e Croácia encontraram-se várias vezes em partidas decisivas nos últimos anos e estarão de novo frente-a-frente em Wembley na partida de abertura do Grupo D do UEFA EURO 2020.

• A Croácia chegou à final do Campeonato do Mundo de 2018 às custas da Inglaterra, que responderia no final do ano, ao apurar-se para a edição inaugural da UEFA Nations League.

• Esta é a segunda vez que as formações se enfrentam num Campeonato da Europa, com a co-anfitriã Inglaterra a somar a décima presença na fase final e a Croácia, a sexta. No entanto, enquanto a Inglaterra nunca venceu na partida inaugural, a Croácia nunca perdeu - vencendo os três últimos jogos de abertura numa fase final.

Confrontos anteriores

• As duas equipas defrontaram-se na UEFA Nations League de 2018, empatando sem golos em Rijeka, a 12 de Outubro, com a última jornada a ter lugar em Wembley, no mês seguinte. O golo de Andrej Kramarić aos 57 minutos colocou a Croácia na frente, mas os tentos nos 12 minutos finais de Jesse Lingard (78) e Harry Kane (85) levaram a Inglaterra de Gareth Southgate para a fase final, em Portugal.

Resumo: Inglaterra 2-1 Croácia

• A equipa de Zlatko Dalić tinha tido a sua reviravolta a 11 de Julho do mesmo ano, na meia-final do Campeonato do Mundo, no Estádio Luzhniki, em Moscovo. Ao livre de Kieran Trippier, no quinto minuto, respondeu Ivan Perišić, aos 68 minutos, com Mario Mandžukić a marcar o golo decisivo aos 109.

• Esses foram os primeiros jogos entre as duas equipas em quase uma década, com a Inglaterra de Fabio Capello a bater a Croácia orientada por Slaven Bilić por 4-1 em Zagreb e 5-1 em Londres, na qualificação para o Mundial de 2010. Luka Modrić foi titular no primeiro jogo.

• Os dois países encontraram-se mais três vezes em partidas de Campeonatos da Europa, a primeira delas no UEFA EURO 2004, quando dois golos de Wayne Rooney ajudaram a Inglaterra a vencer por 4-2 na terceira jornada, em Lisboa, resultado que apurou a equipa de Sven-Göran Eriksson para os quartos-de-final às custas da Croácia, orientada por Otto Barić.

EURO 2004 highlights: Croatia 2-4 England

• Esse foi o primeiro encontro oficial entre os dois conjuntos; os dois seguintes surgiram na fase de qualificação para o UEFA EURO 2008, quando a Croácia de Bilić venceu por 2-0 em Zagreb e por 3-2 em Wembley ante a formação de Steve McClaren; o último dos resultados, na última jornada da qualificação, fez com que a Inglaterra falhasse a fase final da prova pela primeira vez desde 1984.

• O registo da Croácia contra a Inglaterra em Wembley é de V1 E1 D2; num outro encontro particular, em 2003, em Portman Road, Ipswich, os balcânicos foram batidos por 3-1.

Factos do EURO: Inglaterra

• Esta é a décima presença da Inglaterra no Campeonato da Europa, sendo que o seu melhor desempenho foi um terceiro lugar, em 1968, tendo também atingido as meias-finais em casa, em 1996.

• Uma equipa orientada por Roy Hodgson venceu todos os dez jogos de qualificação na caminhada para o UEFA EURO 2016, onde terminou o seu grupo no segundo posto, atrás do País de Gales, ao somar cinco pontos em três jogos, tendo sido, a seguir, surpreendentemente batida pela Islândia nos oitavos-de-final (1-2).

• Já a Inglaterra de Southgate venceu o Grupo A na fase de qualificação para o UEFA EURO 2020 com mais seis pontos que a República Checa, ganhando sete dos oito jogos (E1), sendo que ambos os conjuntos voltam a ter encontro marcado no Grupo D da fase final. A única derrota da Inglaterra foi na casa dos checos, na quinta jornada (1-2), sendo que em casa, no jogo de abertura do apuramento, os ingleses golearam por 5-0.

Veja grandes golos da Inglaterra

• Kane foi o melhor marcador de toda a Qualificação Europeia, com 12 golos, marcando pelo menos uma vez em cada jogo. Somou ainda cinco assistências.

• Raheem Sterling esteve envolvido em 15 dos 37 tentos da Inglaterra, com oito golos e sete assistências.

• A Inglaterra nunca venceu o primeiro encontro duma fase de grupos de um Campeonato da Europa nas oito tentativas anteriores (E5 D3). Empatou os seus dois últimos, ambos por 1-1, ante a Rússia em 2016 e a França, quatro anos antes. Também não foi além do empate 1-1 frente à Suíça, no jogo de abertura do EURO '96, em Wembley.

• A derrota da Islândia nos oitavos-de-final do UEFA EURO 2016 foi o único revés da Inglaterra nos últimos 11 jogos de fases finais do EURO (V5 E5), sendo que as eliminações nos penalties frente à Itália (2012) e Portugal (2004) são contadas como empates.

• A Inglaterra nunca perdeu em fases finais de grandes competições em Wembley (V7 E3), apesar de ter empatado nas duas partidas de estreia e de ter sido derrotada nos penalties pela Alemanha, após um empate 1-1 na meia-final do EURO '96.

Resumo do EURO ’96: Inglaterra 4-1 Países Baixos

• O registo da Inglaterra em Wembley é de V183 E72 D39. Venceu nove dos últimos dez jogos ali disputados, incluindo os de qualificação para o UEFA EURO 2020 contra a República Checa (5-0), Bulgária (4-0) e Montenegro (7-0); a derrota por 1-0 para a UEFA Nations League contra a Dinamarca, a 14 de Outubro de 2020, foi apenas a segunda nos últimos 22 jogos em Wembley (V16 E4).

Factos do EURO: Croácia

• Este é o sexto EURO da Croácia; apenas não o disputou uma vez desde a independência, no UEFA EURO 2000, o que significa que esta é quinta fase final consecutiva. Atingiu os quartos-de-final duas vezes e ficou pela fase de grupos outras tantas.

• A participação da Croácia no UEFA EURO 2016 terminou nos oitavos-de-final, onde foi eliminada pelo futuro campeão da Europa, Portugal, que levou a melhor por 1-0, após prolongamento. A equipa orientada por Ante Čačić terminou o seu grupo na primeira posição, com sete pontos, à frente da então campeã em título, a Espanha.

Grandes golos da Croácia

• O conjunto orientado por Dalić venceu o Grupo E na fase de qualificação para o UEFA EURO 2020, com 17 pontos em oito jogos, mais três que o País de Gales.

• A Croácia está invicta nas partidas de estreia no EURO (V4 E1), vencendo as últimas três, com a Turquia a ser batida por 1-0 no UEFA EURO 2016.

• Tendo sido eliminada por Portugal após prolongamento, há quatro anos, uma derrota por 2-1 na Hungria, a 24 de Março de 2019, é o único desaire da Croácia ao cabo de 90 minutos nos últimos 14 jogos do EURO (V9 E4).

• O registo da Croácia na Inglaterra é V4 E1 D7. No EURO '96, ali disputado, venceu duas e perdeu outras tantas nas quatro partidas efectuadas, primeiro ante Portugal, por 3-0 e depois por 2-1 ante a futura vencedora, a Alemanha, nos quartos-de-final disputados em Old Trafford, Manchester.

Ligações e curiosidades

• Jogaram em Inglaterra:
Mateo Kovačić (Chelsea 2018–)
Nikola Vlašić (Everton 2017/18)
Lovre Kalinić (Aston Villa 2018–)
Simon Sluga (Luton Town 2019–)
Andrej Kramarić (Leicester 2014–16)
Dejan Lovren (Southampton 2013/14, Liverpool 2014–20)
Luka Modrić (Tottenham 2008–12)

• Jogaram juntos:
Jordan Henderson e Dejan Lovren (Liverpool, 2014–20)
Raheem Sterling e Dejan Lovren (Liverpool 2014/15)
Tyrone Mings, Jack Grealish e Lovre Kalinić (Aston Villa 2018–)
Kieran Trippier e Šime Vrsaljko (Atlético Madrid 2019–)
Reece James, Mason Mount e Mateo Kovačić (Chelsea 2019–)
Ben Chilwell e Mateo Kovačić (Chelsea 2020–)

• Jadon Sancho apontou um penálti na vitória por 2-0 do Borussia Dortmund sobre o Zenit de Lovren, na fase de grupos da UEFA Champions League, em 28 de Outubro de 2020; Jude Bellingham foi suplente-utilizado.

• O golo de Mario Pašalić valeu à Atalanta um empate 1-1 em casa, diante do Manchester City, na fase de grupos da UEFA Champions League 2019/2020. O médio alinhou também na derrota caseira por 5-0 da Atalanta frente ao Liverpool, que contou com Jordan Henderson, na fase de grupos da época seguinte.

• Perišić marcou o golo do empate tardio do Borussia Dortmund, em casa, frente ao Arsenal, na fase de grupos da UEFA Champions League 2011/2012 (1-1).

• Vlašić marcou no empate 3-3 entre Croácia e Inglaterra, na terceira jornada do Campeonato da Europa de Sub-21 de 2019.

• Kramarić marcou o golo do Hoffenheim na derrota por 2-1 frente ao Manchester City na fase de grupos da UEFA Champions League, a 12 de Dezembro de 2018.

• Modrić cumpriu os 90 minutos nos dois jogos do Real Madrid frente a Liverpool e Chelsea na fase a eliminar da UEFA Champions League 2020/21. Chilwell, Mount e James representaram o Chelsea (1-1 f, 2-0 c).

• Mislav Oršić assinou um "hat-trick" pelo Dínamo Zagreb no triunfo por 3-0 na segunda mão dos oitavos-de-final da UEFA Europa League 2020/21, contra o Tottenham Hotspur; Harry Kane tinha marcado os dois golos dos "Spurs" na vitória por 2-0 na primeira mão. Dominik Livaković, Luka Ivanušec e Bruno Petković alinharam pelo Dínamo nessa eliminatória.