O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Dinamarca - Bélgica: retrospectiva do UEFA EURO 2020, factos e estatísticas

Os duelos entre Dinamarca e Bélgica têm sido equilibrados e agora voltam a medir forças na segunda jornada do Grupo B.

Preben Elkjær festeja após marcar pela Dinamarca frente à Bélgica
Preben Elkjær festeja após marcar pela Dinamarca frente à Bélgica Icon Sport via Getty Images

Dinamarca e Bélgica vão defrontar-se após dois duelos no Outono a contar para a UEFA Nations League, com o Estádio Parken, em Copenhaga, a ser palco do encontro da segunda jornada do Grupo B do UEFA EURO 2020.

• Os dinamarqueses perderam por 1-0 com a estreante Finlândia em Copenhaga, na primeira jornada, num jogo que esteve suspenso durante algum tempo devido a uma emergência médica que envolveu o dinamarquês Christian Eriksen. Pierre-Emile Højbjerg viu um penálti defendido, pelo que a série de derrotas da Dinamarca em fases finais do EURO estendeu-se a três jogos.

• A Bélgica ultrapassou a Rússia por 3-0 no outro jogo de abertura do Grupo B, com Romelu Lukaku a bisar (10, 88) e Thomas Meunier a marcar pelo meio, num golo que fez dele o primeiro suplente a marcar na primeira parte de um jogo da fase final do EURO. O resultado igualou também a maior vitória da Bélgica na fase de grupos.

Confrontos anteriores

• A Bélgica venceu os dois jogos na UEFA Nations League em 2020, o primeiro deles por 2-0, a 5 de Setembro, no Parken, com golos de Jason Dreyer e Dries Mertens. No segundo jogo, em Leuven, a 18 de Novembro, o resultado foi 4-2, com golos de Youri Tielemans e Kevin de Bruyne antes e depois de um bis de Romelu Lukaku. Já os tentos nórdicos foram de Jonas Wind e Nader Chadli (autogolo).

• Esses foram os dois primeiros duelos desde um empate animado num amigável em Copenhaga, em Junho de 2000, com a Bélgica a conseguir anular duas desvantagens no Parken num encontro que serviu de preparação aos co-anfitriões do UEFA EURO 2000. Os golos dos dinamarqueses foram marcados por Jon Dahl Tomasson e, de grande penalidade, pelo guarda-redes Peter Schmeichel – pai de Kasper, actual titular na baliza. Lorenzo Staelens e Marc Wilmots fizeram os golos que deram o empate à Bélgica.

• As duas vitórias belgas na UEFA Nations League significam que as duas equipas estão empatadas no registo global, com seis triunfos para cada uma e três empates, com 27 golos para a Bélgica e 25 para a Dinamarca.

Veja o fenomenal golo de Elkjaer pela Dinamarca em 1984
Veja o fenomenal golo de Elkjaer pela Dinamarca em 1984

• Estas selecções também se defrontaram na fase de grupos do Campeonato da Europa de 1984, em Estrasburgo, num encontro memorável. A Bélgica conseguiu uma vantagem de 2-0 com golos de Jan Ceulemans (26) e Frankie Vercauteren (39), mas a Dinamarca voltou a acreditar quando Frank Arnesen reduziu de grande penalidade a quatro minutos do intervalo. Na segunda parte, Kenneth Brylle Larsen (60) e Preben Elkjær, a seis minutos do final, fizeram os golos que colocaram os dinamarqueses nas meias-finais.

• Os dois países mediram forças em mais quatro jogos a contar para o EURO, sempres na qualificação. A Bélgica ganhou por 2-0 em casa e por 2-1 em Copenhaga no apuramento para o Campeonato da Europa de 1972. Johan Devrindt bisou em ambos os jogos, mas os dinamarqueses levaram a melhor na caminhada para o EURO '96, como detentores do título venceram ambos os encontros por 3-1 na caminhada para a fase final.

• Sete dos jogos entre ambos realizaram-se em Copenhaga, onde Dinamarca e Bélgica registaram três vitórias cada.

Factos do EURO: Dinamarca

• Esta é a nona participação da Dinamarca no Campeonato da Europa da UEFA, mas apenas a segunda nas últimas quatro edições. Os nórdicos caíram na fase de grupos do UEFA EURO 2012, depois de terem sido terceiros no grupo, atrás da Alemanha e Portugal, com três pontos em três jogos.

• Os dinamarqueses foram batidos pelos vizinhos suecos no "play-off" de qualificação para o UEFA EURO 2016 com um total de 4-3 (1-2 f, 2-2 c).

• A Dinamarca venceu o EURO '92, foi quarta classificada em 1964 e chegou às meias-finais em 1984. A última vez que ultrapassou a fase de grupos foi em 2004, não evitando o triunfo por 3-0 pela República Checa nos quartos-de-final.

• A Dinamarca tem agora três derrotas consecutivas em fases finais do EURO e quatro em cinco jogos; os dinamarqueses somaram apenas duas vitórias nos últimos 11 jogos em fases finais do EURO (2E 7D).

• Os dinamarqueses garantiram a presença no UEFA EURO 2020 graças ao segundo lugar no Grupo D, atrás da Suíça, apesar de não terem perdido nenhum dos oito jogos (4V 4E). Confirmaram a qualificação ao empatarem 1-1 com a República da Irlanda no último jogo.

Todos os golos da Dinamarca a caminho do EURO 2020
Todos os golos da Dinamarca a caminho do EURO 2020

• A Dinamarca é uma das cinco equipas que se qualificaram para o UEFA EURO 2020 sem derrotas, a par de Bélgica e Itália - que venceram todos os jogos – e de Espanha e Ucrânia. Foram a única das cinco selecções que não venceu o grupo.

• Åge Hareide, que conduziu a equipa ao sucesso na qualificação, foi substituído por Kasper Hjulmand na sequência do adiamento do UEFA EURO 2020. Já estava previsto que o antigo treinador do Nordsjælland substituísse Hareide depois da prova.

• A derrota na primeira jornada com a Finlândia deixou o registo da Dinamarca em Copenhaga em 139V 60E 71D. No Estádio Parken é agora de 61V 25E 19D, onde só perdeu duas vezes nos derradeiros 12 jogos (6V E4) - sendo o outro desaire o já mencionado por 2-0 com a Bélgica em Setembro passado.

Factos do EURO: Bélgica

• Este é a segunda presença consecutiva da Bélgica na fase final do Campeonato da Europa da UEFA, o sexto EURO no total.

Veja o bis de Lukaku pela Bélgica no EURO 2016
Veja o bis de Lukaku pela Bélgica no EURO 2016

• A maior proeza de sempre dos “diabos vermelhos” foi a presença na final desta prova em 1980, quando perderam por 2-1 com a República Federal da Alemanha em Roma.

• Em 2016, na primeira presença da Bélgica na fase final do EURO desde que co-organizou o UEFA EURO 2000 com a Holanda, a equipa dirigida por Wilmots ficou no segundo lugar Do Grupo E e bateu a Hungria por 4-0 nos oitavos-de-final - o triunfo mais folgado de sempre na fase final do EURO – mas não conseguiu evitar uma derrota por 3-1 com o País de Gales nos quartos-de-final.

• Desta vez, a equipa de Roberto Martínez venceu os dez jogos da qualificação e venceu o Grupo I, levando a que sejam oito os países que conseguiram alcançar a fase final com um registo perfeito, uma proeza que a Itália também conseguiu no UEFA EURO 2020. Das seis selecções anteriores que venceram todos os jogos do apuramento, só Espanha (2012) conseguiu alcançar o título.

Todos os golos da Bélgica a caminho do EURO 2020
Todos os golos da Bélgica a caminho do EURO 2020

• A triunfo por 9-0 sobre San Marino, a 10 de outubro de 2019, foi a maior goleada de sempre da Bélgica num Campeonato da Europa.

• A Bélgica foi a equipa mais concretizadora da qualificação com 40 golos em dez jogos. Quinze jogadores diferentes marcaram pela Bélgica neste apuramento.

• Os “diabos vermelhos" sofreram apenas três golos, o melhor registo a par da Turquia.

• Eden Hazard e Kevin De Bruyne fizeram sete assistências na qualificação, menos uma apenas que o holandês Memphis Depay (oito). Hazard marcou cinco golos e De Bruyne quatro; Romelu Lukaku conseguiu sete golos e quatro assistências.

Ligações e curiosidades

• Mathias Jørgensen marcou um golo em cada jogo do Copenhaga frente aos belgas do Club Brugge na fase de grupos da UEFA Champions League de 2016/17 (4-0 em casa, 2-0 fora).

• Thomas Delaney também marcou na vitória do Copenhaga, por 4-0, na recepção ao Club Brugge em Setembro de 2016.

• Christian Eriksen marcou um golo e fez duas assistências no triunfo do Ajax, por 3-0, sobre o Anderlecht na primeira mão dos oitavos-de-final da UEFA Europa League de 2010/11. O dinamarquês voltou a marcar ao Anderlecht, desta vez pelo Tottenham, na derrota por 2-1 na fase de grupos da UEFA Europa League de 2015/16 e também marcou no empate dos "spurs" a dois golos com o Gent na segunda mão dos 16 avos-de-final da UEFA Europa League de 2016/17.

• Kasper Dolberg marcou o golo da vitória do Ajax sobre o Standard Liège, por 1-0, na fase de grupos da UEFA Europa League 2016/17.

• Kasper Schmeichel não foi batido na estreia na UEFA Champions League e ajudou o Leicester a vencer por 3-0 no terreno do Club Brugge na fase de grupos de 2016/17.

• O Sevilha, de Simon Kjær, bateu o Standard por 5-1 na fase de grupos da UEFA Europa League de 2018/19.

• Jogaram juntos:
Christian Eriksen e Jan Vertonghen (Tottenham 2013–20)
Christian Eriksen e Toby Alderweireld (Tottenham 2014–20)
Christian Eriksen e Nacer Chadli (Tottenham 2013–16)
Andreas Cornelius e Timothy Castagne (Atalanta 2017–20)
Thomas Delaney e Axel Witsel (Dortmund 2018–)
Thomas Delaney e Thorgan Hazard (Dortmund 2019–)
Andreas Christensen e Eden Hazard (Chelsea 2017–19)
Andreas Christensen e Michy Batshuayi (Chelsea 2017, 2019/20)
Thomas Delaney e Thomas Meunier (Borussia Dortmund 2020–)
Kasper Schmeichel e Youri Tielemans, Dennis Praet (Leicester 2019–)
Kasper Schmeichel e Timothy Castagne (Leicester 2020–)
Pierre Højbjerg e Toby Alderweireld (Tottenham 2020–)
Christian Eriksen & Romelu Lukaku (Inter 2020–)

• Eriksen e Lukaku ganharam o campeonato italiano em 2020/21 com o Inter.

• Jogou na Bélgica:
Joakim Mæhle (Genk 2017–21)

• Andreas Christensen entrou no decorrer da primeira parte na final da UEFA Champions League de 2021, com o Chelsea a vencer por 1-0 o Manchester City de Kevin De Bruyne, no Porto.