O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

República Checa - Inglaterra: retrospectiva do UEFA EURO 2020, factos e estatísticas

A República Checa nunca ganhou em Wembley, mas estará motivada pelo memorável triunfo sobre a Inglaterra na fase de qualificação.

A Inglaterra goleou a República Checa por 5-0 no último jogo entre as duas selecções em Wembley
A Inglaterra goleou a República Checa por 5-0 no último jogo entre as duas selecções em Wembley Getty Images

Tendo-se defrontado na qualificação e ganho o seu jogo em casa, a expectativa é grande para o reencontro entre a República Checa e a Inglaterra no Grupo D do UEFA EURO 2020.

• As equipas estão empatadas com quatro pontos no topo do agrupamento: os checos derrotaram a Escócia (2-0) e empataram com a Croácia (1-1), enquanto a Inglaterra empatou 0-0 ante os escoceses após uma vitória inaugural diante da Croácia (1-0).

• A República Checa está apurada e classifica-se como vencedora do grupo se evitar a derrota contra a Inglaterra. Terminará em segundo se perder e a Escócia vencer a Croácia no outro jogo da terceira jornada. Só terminará em terceiro se perder e a Croácia vencer e ficar com uma melhor diferença de golos.

• A Inglaterra está apurada e terminará em primeiro se vencer a República Checa. Os ingleses só terminarão em terceiro se perderem e a Escócia vencer e ficar com uma melhor diferença de golos.

Confrontos anteriores

• Os duelos na qualificação entre as duas equipas foram bastante diferentes. A Inglaterra impôs uma goleada por 5-0 em Wembley no jogo de abertura a 22 de Março de 2019, com Raheem Sterling a fazer um "hat-trick" e Harry Kane a marcar de grande penalidade. A derrota mais pesada da República Checa como nação independente ficou definida quando Tomáš Kalas fez um auto-golo perto do final. O encontro permitiu a primeira internacionalização a Declan Rice, que começou o jogo no banco.

Resumo: Inglaterra 5-0 República Checa
Resumo: Inglaterra 5-0 República Checa

• A Inglaterra parecia a caminho de mais uma noite tranquila quando Kane voltou a marcar, de grande penalidade, aos cinco minutos do encontro realizado no Eden Arena de Praga a 11 de Outubro de 2019. Jakub Brabec empatou cinco minutos depois com o seu primeiro golo pela selecção e o suplente Zdeněk Ondrášek assinalou a estreia pela selecção com o golo da vitória aos 85 minutos.

• Foi a primeira vitória da República Checa sobre Inglaterra, que tinha sofrido apenas duas derrotas em 13 jogos com a Checoslováquia, a última das quais por 2-1, em Bratislava, em Outubro de 1975.

• Este jogo contou para a qualificação para o Campeonato da Europa de 1976. A Inglaterra venceu por 3-0 em Wembley, mas foram os checoslovacos que passaram à fase final disputada por quatro equipas e acabaram por ser campeões europeus.

• Embora este seja o primeiro encontro das equipas em fases finais do EURO, Inglaterra e Checoslováquia ficaram por duas vezes colocadas no mesmo grupo em Campeonatos do Mundo, com a Inglaterra a ganhar por 1-0 na cidade mexicana de Guadalajara em 1970 e por 2-0 em Bilbau, Espanha, 12 anos depois.

• O registo da República Checa em Inglaterra é de 1E 2D. Se incluirmos os resultados como Checoslováquia, nunca venceu em casa da Inglaterra e empatou apenas dois dos oito encontros disputados.

Factos do EURO: República Checa

• A República Checa qualificou-se para todas as fases finais do EURO desde o final da Checoslováquia em 1993.

Grandes golos da República Checa
Grandes golos da República Checa

• Foi campeã da Europa como parte da Checoslováquia em 1976 e atingiu a final na primeira participação como República Checa, em 1996, não evitando o triunfo da Alemanha.

• A República Checa também chegou até às meias-finais no UEFA EURO 2004 e aos quartos-de-final oito anos depois.

• Em 2016, os checos terminaram no último lugar do grupo depois de somarem apenas um ponto em três jogos. Perderam com a Espanha (0-1) e a Turquia (0-2), tendo pelo meio empatado 2-2 com a Croácia, num jogo em que anularam uma desvantagem de dois golos. Foi o único dos últimos quatro encontros em fases finais do EURO em que evitaram a derrota antes do encontro da primeira jornada.

• A equipa de Jaroslav Šilhavý qualificou-se para o UEFA EURO 2020 como segunda classificada do Grupo A atrás da Inglaterra. A derrota por 5-0 em Wembley no primeiro jogo foi uma das três sofridas pelos checos na qualificação, mas cinco triunfos renderam 15 pontos que permitiram terminar com quatro de vantagem sobre o Kosovo, terceiro classificado.

• O registo dos checos no EURO '96 em Inglaterra foi de 2V 2E 2D. A derrota por 2-1 na final, como um golo de ouro, foi o único encontro realizado em Wembley durante a prova.

• A República Checa nunca ganhou em Wembley, onde tem o registo de 1E 3D, com 11 golos sofridos nesses quatro jogos. Como Checoslováquia, o registo em Wembley também foi 1E 3D. Também perdeu por 5-4 num encontro particular realizado em 1937 no antigo estádio do Tottenham, White Hart Lane, o outro jogo que disputou em Londres.

Factos do EURO: Inglaterra

• Esta é a décima presença de Inglaterra no Campeonato da Europa da UEFA. Conseguiu o terceiro lugar em 1968 e também atingiu as meias-finais em 1996 no Europeu que organizou.

• A Inglaterra não se qualificou para a fase final de 2008, a primeira campanha frustrada desde 1984.

• A equipa dirigida por Roy Hodgson venceu os dez jogos da qualificação para o UEFA EURO 2016, mas terminou no segundo lugar do grupo na fase final, atrás do País de Gales, depois de somar cinco pontos em três jogos. O sonho terminou nos oitavos-de-final frente a uma surpreendente Islândia (1-2).

Veja grandes golos da Inglaterra
Veja grandes golos da Inglaterra

• A equipa de Gareth Southgate terminou no primeiro lugar do Grupo A na fase de qualificação para o UEFA EURO 2020, vencendo sete dos oito jogos (1D) e terminando com seis pontos de vantagem sobre a República Checa. O duelo em Praga, que terminou com um resultado de 2-1, foi a única derrota de Inglaterra.

• Kane terminou como o melhor marcador da fase de grupos da qualificação com 12 golos, tendo marcado em todos os jogos. O avançado também fez cinco assistências.

• Sterling participou em 15 dos 37 golos de Inglaterra na qualificação, tendo marcado oito e feito sete assistências.

• Antes da primeira jornada, a derrota com a Islândia nos oitavos-de-final do UEFA EURO 2016 tinha sido o único desaire de Inglaterra em 11 jogos em fases finais do EURO (5V 5E), já que as eliminações nas grandes penalidades com Itália (2012) e Portugal (2004) são contabilizadas como empates.

• Antes do arranque do UEFA EURO 2020, o registo da Inglaterra em Wembley era de V183 E72 D39. Venceu nove dos últimos dez jogos ali disputados antes do torneio, incluindo os de qualificação para o UEFA EURO 2020 contra a República Checa (5-0), Bulgária (4-0) e Montenegro (7-0); a derrota por 1-0 para a UEFA Nations League contra a Dinamarca, a 14 de Outubro de 2020, foi apenas a segunda nos últimos 22 jogos em Wembley (V16 E4).

Todos os golos da Inglaterra a caminho do EURO 2020
Todos os golos da Inglaterra a caminho do EURO 2020

• A Inglaterra chegou ao UEFA EURO 2020 sem nunca ter perdido em fases finais de um grande torneio em Wembley (V7 E3), embora tenha sido derrotada nas grandes penalidades pela Alemanha, após um empate 1-1 na meia-final do EURO '96.

Ligações e curiosidades

• Jogaram juntos:
Tomáš Souček, Vladimír Coufal e Declan Rice (West Ham, 2020–)

• Jogaram em Inglaterra:
Tomáš Souček (West Ham 2020–)
Vladimír Coufal (West Ham 2020–)
Ondřej Čelůstka (Sunderland 2013/14 por empréstimo)
Tomáš Kalas (Chelsea 2010–19, Middlesbrough 2015–16 por empréstimo, Fulham 2016–18 por empréstimo, Bristol City 2018–)
Matěj Vydra (Watford 2012–16, West Brom 2013/14 por empréstimo, Reading 2015/16 por empréstimo, Derby 2016–18, Burnley 2018–)

• Petr Ševčík bisou na derrota do Slávia Praga no terreno do Chelsea, por 4-3, na segunda mão dos quartos-de-final da UEFA Europa League de 2018/19, com Souček a apontar o outro golo do clube checo.

• Southgate foi o seleccionador de Inglaterra durante o Campeonato da Europa de Sub-21 de 2015 na República Checa, mas não evitou que a sua equipa ficasse no último lugar do grupo com três pontos em três jogos.

• Petr Čech, o jogador mais internacional de sempre pela República Checa, passou a maior parte da carreira em Inglaterra. Alinhou no Chelsea de 2004 a 2015 e ganhou quatro títulos da Premier League, a UEFA Champions League de 2012, a UEFA Europa League no ano seguinte, assim como quatro Taças de Inglaterra e três Taças da Liga Inglesa. Terminou a carreira em 2019, após uma passagem de quatro anos pelo Arsenal onde conquistou mais uma Taça de Inglaterra em 2017.