O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Participantes no UEFA EURO 2020 em foco: Croácia

A Croácia está em destaque na nossa série, que analisa a história e o percurso de todos os 24 candidatos ao UEFA EURO 2020.

Registo no EURO

Fases finais anteriores: 5
Melhor no EURO: quartos-de-final (1996, 2008)

Desde a sua estreia no EURO '96, a Croácia falhou apenas uma fase final (2000) e passou três vezes da fase de grupos, atingindo os oitavos-de-final em 1996 e 2008. Grandes conquistas para uma nação relativamente pequena, se bem que alguns adeptos croatas acham que a sua selecção poderia ter conquistado ainda mais, especialmente se recordarem a derrota nos penáltis, diante da Turquia, no EURO 2008.

Jogadores mais importantes

Luka Modrić (133 internacionalizações, 16 golos)
Capitão, líder e talvez o melhor jogador de sempre da Croácia, Modrić pode estar a preparar-se para o seu último EURO. O genial centrocampista de 35 anos fez sua estreia internacional em Março de 2006 e inspirou a sua selecção até à final do Campeonato do Mundo da FIFA em 2018, na Rússia.

Ivan Perišić (96 internacionalizações, 26 golos)
Melhor marcador da Croácia na fase de qualificação para o EURO 2016, com seis golos, Perišić marcou mais dois na fase final, bem como tentos importantes no Campeonato do Mundo de 2018. A experiência, classe e capacidade de trabalho do avançado do Inter podem ser cruciais novamente este Verão.

Golos memoráveis no EURO

Resumo: O "chapéu" de Šuker no EURO ‘96
Resumo: O "chapéu" de Šuker no EURO ‘96

• O "chapéu" de Davor Šuker sobre o dinamarquês Peter Schmeichel no EURO '96 é provavelmente o golo mais famoso da Croácia e um dos melhores da história do EURO.

• Goran Vlaović marcou o primeiro golo da Croácia na fase final, frente à Turquia, no jogo de estreia no EURO '96. Vlaović recebeu a bola na linha intermediária aos 86 minutos e progrediu até à grande, tendo contornado Rüştü Reçber e apontado o golo da vitória.

• A Croácia enfrentou a Turquia na estreia do EURO 2016, com o mesmo resultado: o golo de Modrić aos 41 minutos revelou-se crucial, tendo sido comemorado de forma efusiva.

Momentos memoráveis

• A Croácia perdeu diante da Alemanha nos quartos-de-final do EURO '96 mas vingou-se na fase de grupos do EURO 2008 - Ivica Olić e Darijo Srna marcaram na famosa vitória por 2-1 em Klagenfurt.

• O remate de Perišić aos 87 minutos garantiu uma vitória dramática por 2-1 sobre a Espanha, detentora do título, no último jogo da Croácia na fase de grupos do EURO 2016. No entanto, os croatas foram eliminados pelo futuro vencedor da prova, Portugal, após prolongamento, nos oitavos-de-final.

Resumo do EURO 2008: Turquia elimina Croácia nos penáltis
Resumo do EURO 2008: Turquia elimina Croácia nos penáltis

• Os quartos-de-final do EURO 2008 acabaram por ser o ponto mais baixo da Croácia; Ivan Klasnić colocou a sua equipa na frente do marcador contra a Turquia, aos 119 minutos do jogo em Viena, mas a Croácia sofreu o empate segundos antes do apito final e perdeu nos penáltis.

Estatísticas

Mais presenças na fase final
12: Darijo Srna
11: Vedran Ćorluka
10: Ivan Rakitić

Mais golos na fase final
3: Mario Mandžukić, Davor Šuker
2: Ivan Klasnić, Luka Modrić, Ivan Perišić

Estatística em destaque: A Croácia ultrapassou a fase de grupos em três europeus mas caiu sempre no obstáculo seguinte, uma no tempo regulamentar, uma no prolongamento e outra no desempate por grandes penalidades.

Sabia que?

• A Croácia apenas deu a volta num jogo do EURO, tendo respondido ao golo de Álvaro Morata frente à Espanha no EURO 2016, com Nikola Kalinić e Ivan Perišić a operarem a reviravolta.

• Metade dos quatro golos de cabeça da Croácia no EURO foram marcados pelo mesmo jogador no mesmo jogo, com Mario Mandžukić a marcar duas vezes no triunfo por 3-1 sobre a República da Irlanda no EURO 2012.

• Luka Modrić precisou de apenas quatro minutos para marcar na sua primeira participação no EURO, de penalty, contra a anfitriã Áustria no EURO 2008. Demorou oito anos para marcar o seu segundo (e mais recente) - novamente no jogo de estreia, contra a Turquia, no EURO 2016.

UEFA.tv: golos fantásticos da Croácia no EURO