O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Croácia - Escócia no UEFA EURO 2020: retrospectiva, factos e estatísticas

A Croácia procura a primeira vitória contra a Escócia quando as equipas se enfrentarem em Glasgow, na última jornada do Grupo D.

Luka Modrić em duelo com Steven Naismith, no último jogo entre Croácia e Escócia, em 2013
Luka Modrić em duelo com Steven Naismith, no último jogo entre Croácia e Escócia, em 2013 Getty Images

A Croácia procura a sua primeira vitória contra a Escócia quando as equipas se enfrentarem em Glasgow, na rodada final dos jogos do Grupo D.

• Em casa e fora, a Escócia está invicta nos cinco jogos anteriores frente ao adversário da terceira jornada, numa altura em que pretende terminar a sua participação no grupo da melhor forma, no penúltimo encontro de Hampden Park no UEFA EURO 2020.

• Cada uma das equipas somou um ponto nos dois primeiros jogos do Grupo D, com a Escócia a perder por 2-0 com a República Checa em Hampden Park, na primeira jornada, antes de empatar com a Inglaterra 0-0 em Wembley. A Croácia havia perdido por 1-0 contra a Inglaterra, em Wembley, mas foi mais feliz em Glasgow, recuperando de desvantagem para empatar 1-1 com os checos.

• Com Inglaterra e República Checa com quatro pontos, a Croácia apura-se com uma vitória e ainda pode ultrapassar a República Checa no segundo posto devido à diferença de golos. A Escócia apura-se se vencer e ainda pode ultrapassar a Inglaterra no segundo posto devido à diferença de golos.

Encontros anteriores

• Depois de empatar os seus três primeiros jogos contra a Croácia, a Escócia venceu os dois últimos, com Robert Snodgrass a marcar em ambos os encontros da qualificação para o Campeoanto do Mundo de 2014. A uma vitória por 1-0 em Zagreb seguiu-se outra por 2-0 em Hampden Park, com Gary Naismith a marcar o outro golo dos escoceses.

• A Escócia, no entanto, somou apenas mais cinco pontos nos restantes oito jogos da qualificação, terminando em quarto no Grupo A com 11 pontos, seis atrás do segundo, a Croácia, que derrotou a Islândia no "play-off" para garantir o seu lugar na fase final da prova, no Brasil.

• Quatro dos cinco jogos entre as equipas aconteceram em fases de apuramentos para Campeonatos do Mundo; na qualificação para o certame de 2002, o encontro em Zagreb terminou 1-1, com Alen Bokšić a marcar aos 15 minutos para os da casa e Kevin Gallacher a fazer o resultado final, nove minutos depois.

• O jogo em Glasgow terminou sem golos, mas seria de novo a Croácia a ser apurada, terminando na liderança do Grupo 6 e assim ao Mundial da Coreia/ Japão. A Escócia foi terceira e eliminada.

• Um particular em Hampden, a 26 de Março de 2008, também terminou empatado, com Niko Kranjčar a marcar aos dez minutos para os visitantes e Kenny Miller a empatar no minuto 31.

Factos do EURO: Croácia

• Este é o sexto EURO da Croácia; apenas não o disputou uma vez desde a independência, no UEFA EURO 2000, o que significa que esta é quinta fase final consecutiva. Atingiu os quartos-de-final duas vezes e ficou pela fase de grupos outras tantas.

• A participação da Croácia no UEFA EURO 2016 terminou nos oitavos-de-final, onde foi eliminada pelo futuro campeão da Europa, Portugal, que levou a melhor por 1-0, após prolongamento. A equipa orientada por Ante Čačić terminou o seu grupo na primeira posição, com sete pontos, à frente da então campeã em título, a Espanha.

Grandes golos da Croácia
Grandes golos da Croácia

• O conjunto orientado por Dalić venceu o Grupo E na fase de qualificação para o UEFA EURO 2020, com 17 pontos em oito jogos, mais três que o País de Gales.

• Tendo sido eliminada por Portugal após prolongamento, há quatro anos, uma derrota por 2-1 na Hungria, a 24 de Março de 2019, é o único desaire da Croácia ao cabo de 90 minutos nos últimos 14 jogos do EURO (V9 E4), antes da primeira jornada.

• Antes do UEFA EURO 2020, o registo da Croácia em três jogos anteriores em Hampden Park é de E2 D1. O último jogo ali disputado antes do encontro com a República Checa na segunda jornada foi a derrota por 2-0 na qualificação para o Campeonato do Mundo ante a Escócia, em Outubro de 2013; aqueles três jogos com a Escócia também foram os únicos jogos anteriores no país antes desta competição.

• O golo de Kranjčar nesse empate a um golo num amigável frente à Escócia, em Março de 2008, é o único tento da Croácia em Glasgow até ao momento.

Factos do EURO: Escócia

• A Escócia qualificou-se para duas finais do EURO, em 1992 e 1996. Em ambas, não conseguiu ultrapassar a fase de grupos, embora tenha vencido um dos três jogos em ambos os torneios.

Recordar o EURO '96: última vitória da Escócia no EURO
Recordar o EURO '96: última vitória da Escócia no EURO

• Este é o primeiro grande torneio da Escócia desde o Campeonato do Mundo de 1998 em França.

• A Escócia nunca passou da primeira fase em nenhuma das ocasiões em que disputou o EURO ou nas oito particopações em Campeonatos do Mundo, embora a de 1998 tenha sido apenas a quarta vez nesses dez torneios em que não conseguiu vencer um jogo.

• O registo da Escócia em fases finais do EURO antes do UEFA EURO 2020 é de V2 E1 D3.

• Os escoceses começaram a sua qualificação rumo ao UEFA EURO 2020 sob o comando de Alex McLeish, perdendo por 3-0 no Cazaquistão antes de uma vitória por 2-0 na visita a San Marino. Steve Clarke sucedeu a McLeish em Maio de 2019, com a Escócia a terminar em terceiro lugar no Grupo I, atrás da Bélgica e da Rússia, tendo somado 15 pontos nos dez jogos disputados (V5 D5).

• A Escócia qualificou-se para o "play-off" do EURO depois de terminar em primeiro lugar no seu grupo da UEFA Nations League de 2018/19, somando nove pontos em quatro jogos sob o comando de McLeish, à frente de Israel e da Albânia.

• Israel foi novamente o adversário na meia-final do play-off, com a equipa de Clarke a converter todos os cinco penalties e vencer 5-4, após 120 minutos sem golos em Hampden Park.

Resumo: Escócia 0-0 Israel (pens: 5-3)
Resumo: Escócia 0-0 Israel (pens: 5-3)

• Os penalties foram também necessários para decidir a final do play-off, com o encontro da Escócia na Sérvia a terminar 1-1, com a equipa da casa a empatar a partida em cima do minuto 90, depois de Ryan Christie ter colocado os visitantes na frente do marcador. Mais uma vez, a Escócia converteu todos os cinco disparos dos 11 metros, com David Marshall a defender a última grande penalidade da Sérvia, batida por Aleksandar Mitrović, e garantir assim um lugar na fase final.

• A Escócia está invicta nos últimos cinco jogos do EURO (V3 E2), tendo perdido os quatro anteriores.

• O registo da Escócia em Hampden Park é de V135 E63 D60. Está invicta nos últimos seis jogos ali disputados (V4 E2), desde a derrota por 4-0 na qualificação ante a Bélgica, a 9 de Setembro de 2019, o quinto desaire em oito jogos no recinto (V3).

Ligações e curiosidades

• O croata Borna Barišić está no Rangers desde que deixou o Osijek, em Agosto de 2018.

• Os colegas de Barišić em Ibrox incluem Ryan Jack e Jon McLaughlin.

• Também jogaram juntos:
Dejan Lovren & Andy Robertson (Liverpool 2017–20)
Lovre Kalinić & John McGinn (Aston Villa 2019, 2020)
Mateo Kovačić & Billy Gilmour (Chelsea 2018–)

• Luka Modrić e Andy Robertson, os capitães de Croácia e Escócia, jogaram 90 minutos em ambas as mãos, quando o Real Madrid eliminou o Liverpool nos quartos-de-final da UEFA Champions League 2020/21, vencendo por 3-1 em casa e empatando 0-0 em Anfield.