O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Perfil do UEFA EURO 2020: Dinamarca

A Dinamarca é a mais recente paragem na análise aos participantes no UEFA EURO 2020.

Historial no EURO

Presenças na fase final: 8
Melhor desempenho no EURO: vencedor (1992)

Para qualquer dinamarquês, 1992 é imediatamente associado a um dos melhores momentos na história do país. Nesse ano, a Dinamarca surpreendeu tudo e todos, provavelmente até a si própria, passando de eliminada para repescada e depois vencedora do EURO.

Jogadores-chave

Todos os golos da Dinamarca a caminho do EURO 2020
Todos os golos da Dinamarca a caminho do EURO 2020

Christian Eriksen (103 internacionalizações, 36 golos)
O médio-ofensivo é a força criativa da equipa, já com mais de 100 jogos e muita experiência acumulada aos 29 anos. Mesmo que chegue ao EURO com pouco tempo de jogo, certamente será vital para o colectivo.

Kasper Schmeichel (60 internacionalizações)
Há muito titular, deu provas suficientes de estar à altura do legado do emblemático pai. Guarda-redes difícil de bater e voz de comando importante, é peça importante para a equipa ter um sector defensivo sólido.

Golos memoráveis no EURO

• Quando Jensen bateu Bodo Illgner e inaugurou o marcador na final de 1992, apontou sem dúvida o golo mais icónico do país no torneio.

Veja o memorável golo de Jensen pela Dinamarca na final
Veja o memorável golo de Jensen pela Dinamarca na final

• Em 1984, a Dinamarca apurou-se para as meias-finais ao vencer a Bélgica por 3-2 após desvantagem de 2-0, com o chapéu de Preben Elkjær a destacar-se.

• Um penálti pode ser memorável, basta recordar o de Kim Christofte, que decidiu o desempate frente à Holanda nas meias-finais de 1992.

Momentos memoráveis

• As imagens de Flemming Povlsen a chorar enquanto erguia o troféu em Gotemburgo é um belo momento que continua gravado na memória de milhões de dinamarqueses.

• A Espanha leva quase sempre a melhor frente à Dinamarca em jogos oficiais, incluindo dois sucessos em fases finais, em 1984 e 1988.

Estatísticas

Mais jogos na fase final
13: Peter Schmeichel
10: Michael Laudrup, John Sivebæk
9: Thomas Helveg

Mais golos na fase final
3: Jon Dahl Tomasson, Brian Laudrup, Henrik Larsen, Frank Arnesen

Estatística em destaque: O golo de Vilfort frente à Alemanha na final de 1992 foi o 200º na história do EURO.

Sabia que?

• A Dinamarca partilha o recorde de mais marcadores diferentes num jogo do EURO, na goleada por 5-0 à Jugoslávia em 1984, com Frank Arnesen (2), Klaus Berggreen, Preben Elkjær e John Lauridsen a facturarem.

• A Dinamarca é a única nação que perdeu os três jogos da fase de grupos em duas fases finais (1988 e 2000).

• O EURO '92 assinalou a primeira fase final onde as camisolas tinham o nome dos jogadores.

UEFA.tv: a memorável vitória da Dinamarca