O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Perfil dos participantes no UEFA EURO 2020: País de Gales

O nosso guia rápido dos participantes no UEFA EURO 2020 debruça-se sobre o País de Gales.

A selecção do País de Gales viveu uma noite memorável frente à Bélgica em 2016
A selecção do País de Gales viveu uma noite memorável frente à Bélgica em 2016

Historial no EURO

Participações anteriores: 1
Melhor no EURO: meias-finais (2016)

Inspirado por Gareth Bale, o seleccionador Chris Coleman conduziu o País de Gales a uma memorável meia-final na sua única participação no EURO. Os adeptos viajaram até França às dezenas de milhares em 2016, com o slogan "Together Stronger", num exemplo perfeito do vínculo entre jogadores e adeptos. O apoio colorido e vibrante dos galeses à sua equipa foi até reconhecido com um prémio da UEFA pela sua notável contribuição para o sucesso do torneio.

Jogadores-chave

Veja este livre soberbo de Bale no EURO 2016
Veja este livre soberbo de Bale no EURO 2016

Gareth Bale (90 internacionalizações, 33 golos)
Melhor marcador de todos os tempos do País de Gales, Bale é a figura central desta equipa há mais de uma década. Agora com 31 anos, a sua experiência no seio deste jovem conjunto provou ser inestimável durante a qualificação, enquanto a sua qualidade inquestionável combinada com o compromisso e paixão por representar o seu país tornam-no num adversário temível.

Aaron Ramsey (61 internacionalizações, 16 golos)
Talvez o jogador mais talentoso tecnicamente da selecção do País de Gales, as oportunidades de Ramsey durante a fase de qualificação foram limitadas devido a lesão. No entanto, brilhou ao marcar os dois golos contra os Países Baixos na última jornada, garantindo a vaga do País de Gales no EURO. Rejuvenescido na sua função ofensiva e versátil no meio-campo da Juventus esta época, Ramsey vai querer voltar a mostrar o seu talento este Verão.

Golos memoráveis no EURO

• Parecia natural que Bale marcasse o primeiro golo do País de Gales numa fase final do EURO e assim foi, num livre típico contra a Eslováquia, em Bordéus, na primeira jornada, dando o mote para uma famosa vitória por 2-1 na partida inaugural. As celebrações eufóricas que se seguiram tornaram-se numa imagem definidora da competição.

• O defesa Neil Taylor marcou apenas um golo em toda a sua carreira internacional - e logo no maior palco. O tento de Taylor ajudou a equipa de Coleman a uma vitória convincente por 3-0 sobre a Rússia na ronda final dos jogos da fase de grupos de 2016, que confirmou o País de Gales como vencedor do Grupo B, à frente da rival Inglaterra.

Golo de Robson-Kanu diante da Bélgica
Golo de Robson-Kanu diante da Bélgica

• Qualquer adepto galês se lembra onde estava quando Hal Robson-Kanu iludiu três belgas em Lille, com uma rotação e um remate em grande estilo, na vitória por 3-1 nos quartos-de-final.

Momentos inesquecíveis

• A única participação do País de Gales em grandes torneios antes de 2016 foi no Campeonato do Mundo da FIFA em 1958. Não admira, portanto, que o ambiente em Bordéus para o jogo de estreia, contra a Eslováquia, fosse uma celebração com a qual gerações anteriores só podiam sonhar. O entoar do hino nacional - Hen Wlad Fy Nhadau - não será esquecido pelos afortunados que marcaram presença no jogo.

• A Bélgica era a grande favorita nos quartos-de-final e parecia que o sonho havia acabado quando Radja Nainggolan colocou os "diabos vermelhos" na frente do marcador. No entanto, o capitão Ashely Williams inspirou a reviravolta com o empate antes do intervalo, com Robson-Kanu e Sam Vokes a garantirem uma das maiores vitórias de sempre do País de Gales.

UEFA.tv: Resumo do País de Gales 3-1 Bélgica


Estatísticas

Todos os golos do País de Gales rumo ao EURO 2020
Todos os golos do País de Gales rumo ao EURO 2020

Mais jogos na fase final
6: Neil Taylor, Gareth Bale, Chris Gunter, Joe Ledley, Joe Allen, James Chester, Ashley Williams
5: Wayne Hennessey, Aaron Ramsey, Hal Robson-Kanu, Ben Davies

Mais golos na fase final
3: Gareth Bale
2: Hal Robson-Kanu

A ter em atenção: Apesar de ter perdido a meia-final devido a suspensão, Ramsey fez quatro assistências no EURO 2016, o máximo no torneio ao lado do belga Eden Hazard.

Sabia que?

• Portugal registou apenas uma vitória nos 90 minutos a caminho da vitória no EURO 2016, precisamente contra o País de Gales, nos quartos-de-final.

• O País de Gales ficou no Pote 4 no sorteio da fase de grupos do EURO 2016.