O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

URSS demasiado forte para a Dinamarca

Dinamarca 0-3 URSS
Viktor Ponedelnik e Valentin Ivanov marcaram pelos campeões de 1960 rumo à segunda final seguida.

Viktor Ponedelnik (segundo da direita) esteve em grande forma pela União Soviética
Viktor Ponedelnik (segundo da direita) esteve em grande forma pela União Soviética ©Hulton Archive

A União Soviética, campeã europeia em título, mostrou ser muito superior à amadora Dinamarca e impôs-se por 3-0 na meia-final do Campeonato da Europa de 1964.

A Dinamarca mostrou boa forma na qualificação, mas não conseguiu fazer frente à equipa soviética, que contava com jogadores como Viktor Ponedelnik, Lev Yashin e Ivanov Valentin, que tinham integrado a equipa que, quatro anos antes, havia vencido a primeira edição de um Europeu.

EURO 1964: Tudo o que precisa saber

Ole Madsen era uma das estrelas da Dinamarca, tendo marcado os seis golos ao Luxemburgo na ronda anterior, mas desta vez não encontrou forma de ultrapassar Lev Yashin e o duro Albert Schesternev em Barcelona. Os detentores do troféu continuavam a ser uma equipa notável, reforçada com o pequeno Igor Chislenko, que se revelaria um grande jogador no Mundial de 1966, e com Valeri Voronine, um médio também muito talentoso.

Resumo: Os melhores golos do EURO 1964

Voronine inaugurou o marcador com um remate colocado após um canto e, logo a seguir, o diabólico duo atacante voltou a facturar, com Ponedelnik a marcar após uma boa assistência de Chislenko. Ivanov fez uma das jogadas que o celebrizaram, passando por três defesas, antes de bater o guarda-redes adversário e estabelecer o resultado final. A Dinamarca lutou com determinação, mas a União Soviética revelou-se demasiado forte.

EURO 1964: Equipa do Torneio

Equipas

Dinamarca: Leif Nielsen; Jens Hansen, Kaj Hansen, Bent Hansen, Larsen; Erling Nielsen, Bertelsen, Sørensen; Madsen (c), Thorst, Danielsen
Suplentes: nenhum
Treinador: Poul Petersen

URSS: Yashin; Shustikov, Shesternyov, Mudrik, Anichkin; Voronin, Chislenko, Ivanov (c), Ponedelnik, Gusarov, Khusainov
Suplentes: nenhum
Treinador: Konstantin Beskov

Árbitro: Rosario Lo Bello (Itália)