O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Le Rendez-Vous: "um convite" para o EURO 2016

Jacques Lambert, presidente da EURO 2016 SAS, explica que o "slogan" do torneio, "Le Rendez-Vous", é um convite aos adeptos para desfrutarem do festival de futebol em França.

Jacques Lambert, presidente da EURO 2016 SAS
Jacques Lambert, presidente da EURO 2016 SAS ©UEFA.com

Depois do lançamento do logótipo do UEFA EURO 2016, em Junho, foi agora revelado aquele que será o slogan da competição: Le Rendez-Vous. O presidente da EURO 2016 SAS, Jacques Lambert, explica a ideia por detrás deste lema e diz por que razão se enquadra perfeitamente no torneio.

Qual é o propósito deste slogan?

Jacques Lambert: Com este slogan, a UEFA pretende passar uma mensagem simples a todos os amantes do futebol espalhados pelo mundo: preparem-se para um torneio fantástico a partir de 10 de Junho de 2016 e partilharem algumas celebrações inesquecíveis. Com 24 selecções do mais alto nível, estão reunidas todas as condições para uma reunião futebolística de excelência em 2016.

O que significa este slogan para si?

Jacques Lambert: Le Rendez-Vous é muito mais do que um simples recordar das datas – de 10 de Junho a 10 de Julho de 2016 – e dos recintos – as dez cidades anfitriãs francesas. A UEFA está a enviar um convite a todos os adeptos de futebol espalhados pelo mundo e a todos os amantes de grandes eventos para se encontrarem e partilharem as emoções de um torneio de alto nível. É, ao mesmo tempo, um convite da França a todos os que a queiram visitar e descobrir as inúmeras atracções turísticas e culturais que o anfitrião do EURO 2016 tem para oferecer.

A principal inspiração para a recente apresentação da identidade visual do UEFA EURO 2016 foi "a arte do futebol". Pode dar-nos uma ideia de como a França pensa tirar partido dos seus valores artísticos e culturais?

Jacques Lambert: O património cultural de França é o centro da inspiração para o logótipo do torneio, no qual motivos artísticos e futebolísticos misturam-se em torno da Taça Henri Delaunay.

Esta inspiração é também guiada pela influência do nosso trabalho na promoção do EURO junto de todos aqueles que se encontram envolvidos neste evento: cidades anfitriãs, governo, família do futebol francês, patrocinadores, cadeias emissoras e todas as organizações que trabalham para promover o nosso país. Cabe a cada um deles sublinhar o valor do património da França e partilhar as forças e os atributos nos quais a sua reputação se baseia: desempenho, cultura, tecnologia, património, gastronomia, natureza, etc.

Pode apresentar-nos o panorama geral dos projectos actualmente em curso?

Jacques Lambert: Estamos a menos de 1000 dias do jogo de abertura. A equipa organizadora está a ganhar forma e o trabalho com os nossos principais parceiros está a intensificar-se. Os prazos referentes à construção ou renovação dos estádios estão a ser cumpridos.

Há várias datas que serão importantes em 2014. Do ponto de vista desportivo, teremos a realização do sorteio da fase de qualificação, no Palais des Congrès Acropolis, em Nice, a 23 de Fevereiro. Dele sairão os grupos a disputar pelas 53 selecções que lutarão para estar ao lado da França na primeira fase final composta por 24 equipas. Os jogos de qualificação arrancarão depois em Setembro.

Em termos de organização, os pacotes de hospitalidade serão colocados à venda na próxima Primavera e está prevista para o início do Outono de 2014 a apresentação da mascote da prova. E, depois da inauguração do novo estádio de Nice, no mês passado, as remodelações dos estádios em Marselha e de Saint-Etienne estarão concluídas antes do arranque da temporada de 2014/15.

Quais são os maiores desafios para um EURO bem-sucedido em França?

Jacques Lambert: O EURO 2016 é um evento de dimensão enorme para o futebol francês. O primeiro desafio – modernizar infra-estruturas envelhecidas – já está a ser concretizado. Com a construção de quatro novos estádios e a renovação de cinco outros, a França coloca-se em linha com as principais nações europeias nesta vertente.

O segundo desafio é o de levar a cabo uma organização de nível internacional, e a França já demonstrou o seu saber nesta área. A nossa missão é a de trabalhar em conjunto com a UEFA para levar a cabo o melhor evento possível. Com mais selecções [24], mais jogos [51] e mais espectadores [estima-se a presença de 2,5 milhões de pessoas], o EURO 2016 vai oferecer mais futebol, mais intensidade e mais espectáculo.

Mas o nosso maior desafio é organizar um enorme evento público, um encontro pacífico de adeptos e nacionalidades. Para este grande Rendez-Vous, é nossa ambição – como deixámos bem expresso nas primeiras páginas do nosso dossier de candidatura – reunir em 2016 o melhor do futebol, da Europa e de França.