Glasgow apresenta logótipo para o EURO 2020

A paixão e orgulho de Glasgow estiveram em destaque, com a cidade escocesa, uma referência futebolística por excelência, a revelar o seu logótipo de cidade anfitriã do EURO 2020.

Alex Ferguson (à direita) e Alan McRae, presidente da SFA, na cerimónia em Glasgow
Alex Ferguson (à direita) e Alan McRae, presidente da SFA, na cerimónia em Glasgow ©UEFA.com

A orgulhosa história futebolística de Glasgow esteve em destaque na apresentação do logótipo de cidade anfitriã do UEFA EURO 2020, esta terça-feira.

Numa cerimónia no Centro de Ciência de Glasgow, dignitários juntaram-se à Federação Escocesa de Futebol (SFA) e um convidado especial, o emblemático treinador Alex Ferguson, na celebração do início de uma aventura na qual o imponente Hampden Park receberá três jogos da fase de grupos e um dos oitavos-de-final.

Glasgow é uma de 12 cidades que vai receber jogos do EURO 2020, que servirá para comemorar o 60º aniversário da competição. Junta-se a Londres, Roma, Baku e Bucareste, que já revelaram o respectivo logótipo, estando previstas cerimónias para Amesterdão, Bilbau, Budapeste, Copenhaga, Dublin, Munique e São Petersburgo nas próximas semanas.

O logótipo de Glasgow para o EURO 2020
O logótipo de Glasgow para o EURO 2020©UEFA.com

A identidade visual do EURO 2020 prevê que o logótipo de cada cidade anfitriã tenha uma ponte icónica, servindo como símbolo de ligação entre os vários locais. Glasgow incorpora o impressionante Arco Clyde, que se estende pelo Rio Clyde.

Numa mensagem a Glasgow, Aleksander Čeferin, Presidente da UEFA, sublinhou a visão generalizada de que o EURO 2020 será "um torneio único e memorável em diversas formas."

"Que melhor forma para celebrar o futebol do que levar a fase final do EURO a todo o continente?", acrescentou.

História e paixão foram dois dos temas citados por Stewart Regan, director executivo da SFA, que explicou que o futebol está intrinsecamente ligado a Glasgow, à Escócia e a Hampden Park.

"As pessoas fazem Glasgow e Glasgow fará o EURO 2020", reflectiu. "Na qualidade de cidade anfitriã do UEFA EURO 2020, Hampden Park irá receber novos heróis em Glasgow e ajudar a escrever o próximo capítulo na longa e ilustre história da modalidade."

O estádio recebeu a final de 1960 da Taça dos Clubes Campeões Europeus, na qual o Real Madrid venceu o Eintracht Frankfurt por 7-3, e em 2002 foi palco do golo fabuloso de Zinédine Zidane, que ajudou o Real Madrid a vencer o Leverkusen na final da UEFA Champions League.

Veja o icónico remate de Zidane em Hampden Park
Veja o icónico remate de Zidane em Hampden Park

"Esta é uma oportunidade única para Glasgow e a Escócia receberem jogos deste prestigiado torneio", acrescentou Fiona Hyslop, secretária de estado da cultura, turismo e assuntos externos. "É provável que venha a ter um impacto económico significativo, para Glasgow e para a Escócia."

"Tive a sorte de jogar no famoso Hampden Park, de ver a emblemática equipa do Real Madrid, em 1960, e de lá triunfar como treinador do Aberdeen", disse Ferguson. "Aguardo com expectativa por ver Hampden ser parte de um histórico UEFA EURO 2020."

Fiona Hyslop, Alex Ferguson, Frank McAveety e Alastair Bell
Fiona Hyslop, Alex Ferguson, Frank McAveety e Alastair Bell©UEFA.com
Topo