Antevisão: Suécia - Bélgica

É o tudo ou nada para a Suécia e, com o anúncio da despedida de Zlatan Ibrahimović e do seleccionador Erik Hamrén no final do EURO, não falta motivação.

Zlatan Ibrahimović (Suécia)
Zlatan Ibrahimović (Suécia) ©Getty Images


Equipas prováveis
Suécia: Isaksson; Lindelöf, Johansson, Granqvist, Olsson; Larsson, Ekdal, Källström, Forsberg; Berg, Ibrahimović 

Em dúvida: Lustig (virilha)
Em risco de suspensão: Lindelöf, Olsson

Bélgica: Courtois; Meunier, Alderweireld, Vermaelen, Vertonghen; Witsel, Nainggolan; Mertens, De Bruyne, Hazard; Lukaku.
Em dúvida: Dembélé (tornozelo), Carrasco (tornozelo)
Em risco de suspensão: 
Vermaelen, Vertonghen

Declarações dos treinadores
Erik Hamrén, Suécia
O Zlatan tem uma grande importância para nós, como mostrou no passado. Na qualificação foi decisivo na maioria dos nossos jogos, é muito importante no nosso ataque, mas não consegue jogar sozinho. Temos de jogar melhor ofensivamente como equipa.

Devemos começar ao ataque e correr o risco de sofre um golo ou devemos entrar de forma mais cautelosa? Ainda tenho mais algum tempo para tentar encontrar esse equilíbrio, mas temos de respeitar a Bélgica. Eles têm um ataque poderoso e alguns jogadores muito talentosos. Temos de os travar. Se o conseguirmos, também iremos dispor das nossas oportunidades.

Se pensarmos que podemos entrar em campo e fazer tudo aquilo que queremos, esquecendo a qualidade dos nossos rivais, iremos ser castigados. Temos de usar a cabeça para os anular. A minha mensagem para os jogadores é que está tudo em aberto. Se conseguirmos um bom resultado, continuamos na luta, se o resultado for mau, estamos fora do EURO.

Marc Wilmots, Bélgica
Zlatan pode ser um perigo, porque deve ser o seu último jogo e vai querer, obviamente, despedir-se em grande, mas isso irá depender de nós. Devemos evitar qualquer ligação emocional. O seleccionador vai abandonar, o Ibrahimović vai abandonar, outros jogadores vão abandonar. É um problema da Suécia, não é nosso.

Esta é mais uma final da Taça. Espero que a nossa equipa tenha muita posse de bola, a faça circular bem e obrigue os nossos adversários a correr o mais possível. Espero também que consigamos criar muitas oportunidades que, espero, concretizemos.

A Suécia é uma equipa muito compacta, que defende bem com duas linhas sólidas de quatro e dois jogadores no ataque que são muito talentosos. Por isso, nós também temos de ser muito cautelosos e compactos.

Guia de forma (todas as competições, os mais recentes em primeiro)
Suécia: DEVEEDEVVV
Bélgica: VDVEVDVVVV

Sabia que?
A co-anfitriã Bélgica, com o actual seleccionador Marc Wilmots a titular, venceu a Suécia por 2-1 no jogo de abertura do UEFA EURO 2000, graças aos golos de Bart Goor e Émile Mpenza. No entanto, nenhuma das equipa chegou aos quartos-de-final. 

Siga o jogo nas redes sociais (#SWEBEL)
@UEFAEURO
UEFA EURO on Facebook
UEFA EURO on Instagram

Topo