Sadygov premiado pelas 100 internacionalizações

A UEFA continua a premiar os jogadores que atingem as 100 internacionalizações, e desta vez foi Rashad F Sadygov, do Qarabağ, o primeiro azeri a atingir tal marca.

©AFP

A UEFA continua a premiar os jogadores que atingem as 100 internacionalizações, e desta vez foi Rashad F Sadygov, capitão do Azerbaijão, a receber o boné e a medalha comemorativos.

O jogador de 33 anos cumpriu o centenário no sábado, em Baku, no encontro com a Itália, relativo ao Grupo H de qualificação para o UEFA EURO 2016, pouco mais de 14 anos após a sua estreia internacional, frente à Suécia, a 7 de Outubro de 2001. O defesa-central é o primeiro jogador do Azerbaijão a atingir os 100 jogos, tendo mais de 20 de vantagem sobre Aslan Kerimov, o segundo mais internacional, mas que entretanto já terminou a carreira. Curiosamente, o primeiro jogo em casa do veterano defesa foi frente aos "azzurri", em Setembro de 2002.

"Estou satisfeito por os adeptos me terem felicitado pelo 100º jogo ao serviço da selecção", disse após a derrota por 3-1. "Foi agradável ver o quanto me adoram, mas não posso fazer promessas acerca do meu futuro. Ainda não decidi se vou participar na próxima fase de qualificação. Queríamos vencer a Itália, só que não conseguimos. Não jogámos da forma que tínhamos idealizado. Temos de reconhecer que a Itália é muito forte e jogou bem, tanto no ataque como na defesa".

Sadygov é o capitão do Qarabağ, que está a disputar o Grupo J da UEFA Europa League, e já marcou quatro golos pelo seu país, numa carreira em que representou o Neftçi e os turcos do Kayserispor, Kocaelispor e Eskisehirspor.

Topo