O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

República Checa 0-1 Inglaterra: Sterling garante primeiro lugar no grupo

Raheem Sterling marcou de cabeça logo aos 12 minutos o golo que chegou para a Inglaterra ultrapassar a República Checa no primeiro lugar do Grupo D.

 Raheem Sterling festeja o único golo do jogo
Raheem Sterling festeja o único golo do jogo POOL/AFP via Getty Images

Um cabeceamento de Raheem Sterling bem cedo no jogo, após grande assistência de Jack Grealish, ofereceu à Inglaterra o triunfo de que precisava para terminar como vencedora do Grupo D, ultrapassando a República Checa, que caiu para o terceiro posto mas também segue para os oitavos-de-final.

República Checa-Inglaterra: como tudo aconteceu, reacções

O jogo em poucas palavras

A precisar de ganhar para ultrapassar a República Checa no topo do Grupo D, a Inglaterra entrou muito bem no jogo, com Sterling a tentar um chapéu que embateu na trave logo aos dois minutos Mas, dez minutos depois, não perdoou, encostando de cabeça para o fundo das redes após assistência perfeita de Jack Grealish, na esquerda.

Harry Kane viu, de seguida, Tomáš Vaclík negar-lhe o golo com uma grande defesa, numa primeira parte que continuava a ser de sentido único, até que Jordan Pickford teve de se aplicar para defender um remate de Tomáš Holeš e Tomáš Souček rematou ligeiramente ao lado.

Sterling cabeceia para o único golo do jogo
Sterling cabeceia para o único golo do jogoPOOL/AFP via Getty Images

A segunda parte foi jogada a um ritmo bem mais lento e poucas ocasiões de perigo trouxe. A Inglaterra ainda voltou a colocar a bola nas redes, mas havia fora de jogo, e perto do fim, Tomáš Pekhart desperdiçou uma rara oportunidade para a República Checa. Mas as duas selecções já estavam apuradas.

Estrela do Jogo: Saka em evidência
Estrela do Jogo: Saka em evidência

Estrela do Jogo: Bukayo Saka (Inglaterra)

“Com uma boa primeira parte, Saka ajudou a Inglaterra a chegar ao golo e à vitória”
David Moyes, Observador Técnico da UEFA

Conheça todas as Estrelas do Jogo Heineken do UEFA EURO 2020.

Reacções

Gareth Southgate, seleccionador da Inglaterra: "Começámos muito bem, estivemos bem com bola e mostrámos estabilidade quando a não tivemos. E isto tudo depois de termos tido de mudar alguns jogadores de um dia para o outro, sem estarmos à espera. [Saka] Bukayo tem-nos impressionado bastante e esta noite esteve fantástico sempre que recebeu a bola."

HArry Kane remata para defesa de Tomáš Vaclík
HArry Kane remata para defesa de Tomáš VaclíkPOOL/AFP via Getty Images

Raheem Sterling, autor do golo da Inglaterra: "Se não se sofre golos é mais fácil ganhar quando se marca. E nós temos feito isso muito bem. O objectivo inicial era ganharmos o grupo e foi o que fizemos. Agora temos de continuar com a mesma solidez e concretizar as oportunidades que formos criando."

Jaroslav Šilhavý, seleccionador da República Checa: "Quanto Saka e Sterling fizeram mudanças de velocidade com bola, foi muito complicado travá-los. No golo que sofremos deixámos Sterling completamente sem marcação. Esperávamos que a Inglaterra pressiona-se desde cedo e foi o que aconteceu. Eles procuraram desde logo o golo e conseguiram-no."

Tomáš Souček, médio da República Checa: Podíamos ter feito mais e levado mais deste jogo. Não começámos bem e a Inglaterra dominou a primeira parte. Mas melhorámos no segundo tempo, que foi mais equilibrado. Ainda assim, faltou-nos alguma calma e devíamos ter criado mais oportunidades de golo."

Principais estatísticas

  • A Inglaterra ganhou quatro dos seus últimos cinco jogos por 1-0 e não sofre golos há cinco partidas.
  • Sterling marcou 14 golos nos seus últimos 19 jogos pela Inglaterra
  • A Inglaterra ganhou todos os 12 jogos em que Sterling marcou.
  • Sterling é o primeiro jogador da Inglaterra a marcar mais do que um golo numa fase final do EURO desde Wayne Rooney e Frank Lampard, em 2004
  • Gareth Southgate orientou a Inglaterra pelo 57º jogo, igualando assim o número de internacionalizações que teve como jogador; mais ninguém representou a Inglaterra por mais do que 50 vezes quer como jogador, quer como treinador.

Equipas

República Checa: Vaclík; Coufal, Čelůstka, Kalas, Bořil; Souček, Holeš (Vydra 84); Masopust (Hložek 64), Darida (Král 64), Jankto (Ševčík 46); Schick (Pekhart 75)

Inglaterra: Pickford; Walker, Stones (Mings 79), Maguire, Shaw; Phillips, Rice (Henderson 46); Saka (Sancho 84), Grealish (Bellingham 68), Sterling (Rashford 67); Kane

O que se segue

República Checa – apurada como uma das quatro melhores terceiras classificadas
Inglaterra – apurada como vencedora do Grupo F, vai a defrontar em Wembley nos oitavos-de-final, a 29 de Junho, o segundo do Grupo F.