O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Finlândia - Bélgica: retrospectiva do UEFA EURO 2020, factos e estatísticas

A história sugere que Finlândia e Bélgica podem terminar o Grupo B com mais um jogo equilibrado em São Petersburgo.

O avançado belga Romelu Lukaku festeja após marcar contra a Finlândia em 2016
O avançado belga Romelu Lukaku festeja após marcar contra a Finlândia em 2016 AFP via Getty Images

Finlândia e Bélgica concluem a participação no Grupo B em São Petersburgo, com a história a sugerir uma disputa acirrada em perspectiva.

• A Bélgica venceu os seus dois primeiros jogos, frente à Rússia em São Petersburgo (3-0) e à Dinamarca em Copenhaga (2-1), qualificando-se para os oitavos-de-final com um jogo por disputar e garantirá o primeiro lugar com um empate ou uma vitória.

• Depois da derrotar a Dinamarca por 1-0, a Finlândia perdeu pelo mesmo resultado com a Rússia e está empatada com este adversário nos três pontos. Os finlandeses seguirão em frente com uma vitória ou um empate se a Rússia perder com a Dinamarca no outro jogo que fecha o Grupo B. A Finlândia terminará no topo do grupo se vencer e a Rússia não.

Confrontos anteriores

• Pouca coisa separou as equipas nos 11 jogos disputados até ao momento; a Finlândia somou quatro vitórias, contra três da Bélgica, e marcou 19 golos, menos um do que o adversário.

• Os dois últimos encontros entre os dois conjuntos foram particulares, ambos na Bélgica, e terminaram 1-1, com o tento do empate a surgir sempre perto do final. No último deles, Romelu Lukaku marcou aos 89 minutos de jogo, depois de Kasper Hämäläinen ter inaugurado o marcador aos oito minutos da segunda parte do encontro disputado em Bruxelas, a 1 de Junho de 2016; em Ghent, a 9 de Fevereiro de 2011, com Markku Kanerva a ser o treinador interino dos nórdicos, Roni Porokara empatou aos 90, depois de Axel Witsel ter colocado a Bélgica na frente um minuto depois da hora.

• Esses dois empates aumentaram a invencibilidade da Finlândia contra a Bélgica para sete partidas (V4 E3), série iniciada após a derrota por 6-1 na qualificação para o Campeonato do Mundo da FIFA, em Waregem, em Outubro de 1968, com Lon Polleunis a fazer um "hat-trick" para os da casa. A Bélgica somou três vitórias e um empate nos quatro primeiros jogos entre as equipas, na qualificação para os Mundiais de 1954 e 1970.

• Os únicos encontros entre as equipas no EURO foram na caminhada para o UEFA EURO 2008, quando a Finlândia venceu por 2-0 em Helsínquia, graças aos golos de Jonatan Johansson e Alexei Eremenko, seguido de um empate sem golos em Bruxelas. Nenhum dos conjuntos chegou à fase final, com a Finlândia a terminar em quarto no Grupo A, com 24 pontos, um lugar e seis pontos acima dos "diabos vermelhos".

Factos do EURO: Finlândia

• A Finlândia está a fazer a estreia no Campeonato da Europa da UEFA. O mais próximo que esteve estado de uma fase final foi no UEFA EURO 2008, quando não conseguiu derrotar Portugal no último jogo da qualificação, permitindo que a equipa da casa se apurasse com um 0-0 no Porto.

• A Finlândia é o 34º país a qualificar-se para o EURO.

• Os finlandeses nunca se qualificaram para um Campeonato do Mundo, pelo que este é o seu torneio de estreia numa grande competição. São um dos dois países a participarem pela primeira vez no EURO, sendo o outro a Macedónia do Norte, no Grupo C.

• A equipa de Markku Kanerva venceu seis dos dez jogos na qualificação para o UEFA EURO 2020 (4D) e terminou em segundo no Grupo J, atrás da Itália.

Veja o golo de Pukki que selou a presença da Finlândia no EURO
Veja o golo de Pukki que selou a presença da Finlândia no EURO

• Teemu Pukki marcou dez dos 16 golos da Finlândia na qualificação e fez ainda uma assistência, pelo que esteve envolvido em 68,75 por cento dos golos na qualificação.

• Esta é a segunda partida da Finlândia em São Petersburgo, onde perdeu contra a Rússia, um dos 11 anfitriões do UEFA EURO 2020, na segunda jornada.

Factos do EURO: Bélgica

• Este é a segunda presença consecutiva da Bélgica na fase final do Campeonato da Europa da UEFA, o sexto EURO no total.

• A maior proeza de sempre dos “diabos vermelhos” foi a presença na final desta prova em 1980, quando perderam por 2-1 com a República Federal da Alemanha em Roma.

Veja o golo da vitória da Bélgica ante a Espanha, em 1980
Veja o golo da vitória da Bélgica ante a Espanha, em 1980

• Em 2016, na primeira presença da Bélgica na fase final do EURO desde que co-organizou o UEFA EURO 2000 com a Holanda, a equipa dirigida por Wilmots ficou no segundo lugar do Grupo E e bateu a Hungria por 4-0 nos oitavos-de-final - o triunfo mais folgado de sempre na fase final do EURO – mas não conseguiu evitar uma derrota por 3-1 com o País de Gales nos quartos-de-final.

• Desta feita, a equipa de Roberto Martínez venceu os dez jogos da qualificação e o Grupo I, elevando para oito os países que conseguiram alcançar a fase final com um registo perfeito, uma proeza que a Itália também conseguiu no UEFA EURO 2020. Das seis selecções anteriores que venceram todos os jogos do apuramento, só Espanha (2012) conseguiu alcançar o título.

• A triunfo por 9-0 sobre San Marino, a 10 de Outubro de 2019, foi a maior goleada de sempre da Bélgica num Campeonato da Europa.

• A Bélgica foi a equipa mais concretizadora da qualificação com 40 golos em dez jogos. Quinze jogadores diferentes marcaram pela Bélgica neste apuramento.

Todos os golos da Bélgica a caminho do EURO 2020
Todos os golos da Bélgica a caminho do EURO 2020

• Os “diabos vermelhos" sofreram apenas três golos, o melhor registo a par da Turquia.

• Eden Hazard e Kevin De Bruyne fizeram sete assistências na qualificação, menos uma apenas que o holandês Memphis Depay (oito). Hazard marcou cinco golos e De Bruyne quatro; Romelu Lukaku conseguiu sete golos e quatro assistências.

• Este é o quinto jogo da Bélgica em São Petersburgo, local onde bateu a Rússia na primeira jornada. Foi ali que perdeu por 1-0 ante a França na meia-final do Mundial de 2018, mas, no mesmo palco, venceria a Inglaterra por 2-0 no jogo para o terceiro lugar, quatro dias depois, graças aos golos de Thomas Meunier e Eden Hazard. A 16 de Novembro de 2019, a Bélgica venceu fora a Rússia, por 4-1, na qualificação para o UEFA EURO 2020, com Eden Hazard a bisar e Thorgan Hazard e Lukaku a marcarem os restantes tentos. Lukaku (2) e Meunier marcaram no triunfo sobre a Rússia na primeira ronda.

Ligações e curiosidades

• A vitória da Finlândia por 2-0 na qualificação para o UEFA EURO 2008 sobre a Bélgica, a 6 de Junho de 2007, marcou um momento significativo no futebol finlandês. Uma espécie de coruja, um bufo-real, pousou em cima da barra de uma das balizas do Estádio Olímpico de Helsínquia, o que fez com que o jogo estivesse interrompido por vários minutos. A Finlândia, treinada por Roy Hodgson, marcou os dois golos depois da partida do pássaro gigante, sendo que a partir daí a equipa adoptou a alcunha de Huuhkajat - 'Bufo-real' em finlandês.

• Jogou na Bélgica:

Jere Uronen (Genk 2016–)

• Jogaram juntos:

Jere Uronen e Timothy Castagne (Genk 2016/17)

• Pukki e Jason Denayer foram breves companheiros de equipa no Celtic, no Verão de 2014.

• Nacer Chadli e Dries Mertens (suplente utilizado) estrearam-se pela Bélgica num particular disputado em Fevereiro de 2011 contra a Finlândia, pela qual Joona Toivio também se estreou e Lukáš Hrádecký foi titular pela primeira vez na baliza.

• De Bruyne estreou-se pela Bélgica num particular disputado em Turku, a 11 de Agosto de 2010, ganhou pela Finlândia por 1-0.

• O Rangers de Glen Kamara obteve quatro vitórias em quatro jogos frente a clubes belgas na UEFA Europa League em 2020/21, batendo o Standard Liège na fase de grupos (2-0 f, 3-2 c) e Antuérpia nos oitavos-de-final (4- 3 f, 5-2 c). O internacional da Finlândia foi titular nas quatro partidas.