Golos marcantes do EURO: primeiro, 50º, 100º, 500º e mais

O que liga Nani, Marco van Basten, Thierry Henry e Xavi Hernández?

Nani festeja o seu golo frente à Islândia no UEFA EURO 2016
Nani festeja o seu golo frente à Islândia no UEFA EURO 2016

Já passaram mais de 60 anos desde que o jugoslavo Milan Galić apontou o primeiro golo da fase final inaugural do EURO, naquele que foi apenas um dos nove tentos de uma partida que continua a deter o recorde de mais golos marcados na história do torneio.

Foi preciso esperar 24 anos para Alain Giresse marcar o golo número 100 da competição, mas com a fase final a ser progressivamente expandida, decorreram apenas mais 24 anos até o improvável Xavi Hernández assinar o tento número 500 da prova.

Olhamos para todos os golos marcantes, com o destaque a ir para o internacional português Nani e para o único jogador que consegue constar duas vezes na lista (tão ou mais surpreendente que Xavi).

Golos marcantes do EURO

Veja o golo acrobático de Shaqiri no EURO 2016
Veja o golo acrobático de Shaqiri no EURO 2016

1 Milan Galić (Jugoslávia - França, 1960)
50 Dragan Džajić (Jugoslávia - RFA, 1976)
100 Alain Giresse (França - Bélgica, 1984)
150 Marco van Basten (Países Baixos - Inglaterra, 1988)
200 Kim Vilfort (Dinamarca - Alemanha, 1992)
250 Jan Suchopárek (República Checa - Rússia, 1996)
300 Zlatko Zahovič (Eslovénia - Espanha, 2000)
350 Giorgos Karagounis (Grécia - Portugal, 2004)
400 Thierry Henry (França - Suíça, 2004)
450 Darijo Srna (Croácia - Alemanha, 2008)
500 Xavi Hernández (Espanha - Rússia, 2008)
550 Giorgos Karagounis (Grécia - Rússia, 2012)
600 Nani (Portugal - Islândia, 2016)
650 Xherdan Shaqiri (Suíça - Polónia, 2016)

O golo de Éder no prolongamento que valeu a Portugal a conquista do UEFA EURO 2016 foi o 687º em fases finais da competição, pelo que não será preciso esperar muito para ser atingido o tento número 700 no UEFA EURO 2020.

Conteúdos relacionados