A história das bolas do EURO

Desde a Telstar Elast em 1968 até à Uniforia do próximo Verão, o UEFA.com apresenta todas as bolas de jogo do EURO.

O UEFA.com dá-lhe a conhecer a história de todas as bolas de jogo do Campeonato da Europa da UEFA.

UEFA EURO 2020


Não há registo de ter havido um design ou um nome especificamente feitos para a bola de jogo oficial usada nas edições de 1960 ou 1964.

1968: Telstar Elast

A adidas Telstar recebeu o nome do satélite de comunicações Telstar, que tinha forma essencialmente esférica e era pontilhado com painéis solares, parecido com a bola de futebol.

1972: Telstar Durlast

A bola do torneio na Bélgica foi uma nova encarnação da sua antecessora de quatro anos antes; a Telstar Durlast apresentou um novo revestimento e uma actualização tecnológica que aumentou a sua resistência à água.

1976: Telstar Durlast

A estratificação adicional desta bola tornou-a ainda mais resistente à água.

1980: Tango River Plate

O primeiro do novo design Tango utilizado num EURO. Tinha sido usado no Campeonato do Mundo da FIFA de 1978 e fazia referência à cultura do país anfitrião da prova, a Argentina.

1984: Tango Mundial

A primeira bola sem ser de couro, feita com um novo material e um sistema de camadas melhorado para aumentar o amortecimento. Esta foi a primeira bola oficial de jogo a ter um design específico do EURO para o torneio.

1988: Tango Europa

Foram acrescentadas melhorias no revestimento e na vedação da costura para proteger a bola de ser penetrada pela água.

1992: Etrusco Unico

Também utilizada no Campeonato do Mundo de 1990, em Itália, e nos Jogos Olímpicos de Verão de 1992, em Barcelona, esta bola recebeu o nome e o design em honra da história antiga da Itália e da arte dos Etruscos. Três cabeças de leões etruscos adornam cada uma das 20 tríades Tango.

1996: Questra Europa

A primeira bola oficial do EURO colorida era uma variante da Questra utilizada no Campeonato do Mundo de 1994, nos Estados Unidos. O design do EURO '96 incorporou leões e rosas vermelhas, símbolos da anfitriã Inglaterra.

2000: Terrestra Silverstream

O nome e o design desta bola estão relacionados com as vias navegáveis das nações organizadoras, Bélgica e Países Baixos. Marcou um avanço tecnológico para a adidas, com uma nova camada externa que tornou a bola mais suave ao toque, mais fácil de controlar e mais precisa.

2004: Roteiro

A Roteiro faz referência às Descobertas dos navegadores portugueses – principalmente Vasco da Gama – nos séculos XV e XVI. Pela primeira vez num grande torneio todas as bolas de jogo tiveram a inscrição, no círculo central, dos nomes das equipas, da data, do estádio e das coordenadas.

2008: Europass

Composta por 14 painéis em vez dos habituais 32, a Europass exibia uma textura especial na sua superfície, projectada para proporcionar ainda mais aderência a guarda-redes e jogadores de campo. Na final foi lançada uma bola prateada Europass Gloria.

2012: Tango 12

Assinalando o regresso da série Tango da década de 1980, o design da bola de jogo do UEFA EURO 2012 incluía um contorno colorido inspirado nas bandeiras das co-anfitriãs Polónia e Ucrânia. Gravados no design Tango estavam três gráficos comemorativos da arte decorativa do corte de papel, uma tradição das áreas rurais daqueles dois países.

2016: Beau Jeu

Utilizada para a fase de grupos do EURO 2016, a Beau Jeu – "Belo Jogo" na tradução – era azul, branca e vermelha em homenagem à bandeira tricolor da França. Integrou igualmente destaques prateados em referência ao troféu do Campeonato da Europa. A partir da fase a eliminar entrou em campo uma variante da Beau Jeu, a Fracas.

2020: Uniforia

Apresentada em Novembro de 2019, o nome Uniforia teve origem na união e euforia que a mais prestigiada competição de selecções nacionais pode trazer. O EURO 2020 decorrerá em 12 países europeus diferentes e marcará o 60º aniversário da competição. A Uniforia foi projectada para comemorar essa inclusão.

O seu design apresenta linhas arrojadas e negras no estilo de pincelada a percorrer a bola, simbolizando o esbatimento dos limites e a passagem das fronteiras como reflexo do novo formato transcontinental da competição. Esses traços largos são intercalados com flashes de cores claras e brilhantes, representando a diversidade do torneio e a união de diferentes culturas.

Descarregue a app do EURO

Conteúdos relacionados