Regresso ao Jogo: a UEFA está a preparar-se para o regresso seguro das suas competições de elite.
Saiba mais >
 

"Play-off" do EURO 2020: Tudo o que precisa de saber

Quando e quais são jogos? Como funciona? Recordes e estatísticas.

Escócia e Israel também se defrontaram na fase de grupos da UEFA Nations League
Escócia e Israel também se defrontaram na fase de grupos da UEFA Nations League UEFA via Getty Images

O que é o "play-off"?

Dezesseis equipas irão lutar pelos quatro lugares ainda em aberto no UEFA EURO 2020 através do renovado "play-off" da competição. Quando tudo estiver terminado, conheceremos os 24 finalistas e todos os jogos da fase de grupos do EURO 2020.

Quais são os jogos, quando e onde?

Os jogos foram determinados por uma série de sorteios realizados em Novembro. As selecções listadas em primeiro lugar são anfitriãs dos encontros, incluindo nas finais – ou seja, por exemplo, o vencedor do jogo entre Bulgária e Hungria irá receber a final do Caminho A.

Após decisão do Comité Executivo da UEFA os jogos das meias-finais do "play-off" da Qualificação Europeia terão lugar a 8 de Outubro e 12 de Novembro.

Meias-finais do "play-off"

Caminho A: Bulgária - Hungria (19h45), Islândia - Roménia (19h45)
Caminho B: Bósnia e Herzegovina - Irlanda do Norte (19h45), Eslováquia - República da Irlanda (19h45)
Caminho C: Noruega - Sérvia (19h45), Escócia - Israel (19h45)
Caminho D: Geórgia - Bielorrússia (17h00), Macedónia do Norte - Kosovo (19h45)

Finais do "play-off"

Caminho A: Bulgária/Hungria - Islândia/Roménia (19h45) 
Caminho B: Bósnia e Herzegovina/Irlanda do Norte - Eslováquia/República da Irlanda (19h45)
Caminho C: Noruega/Sérvia - Escócia/Israel (por confirmar)
Caminho D: Geórgia/Bielorrússia - Macedónia do Norte/Kosovo (17h00)

O "play-off" é uma situação nova?

Houve um "play-off" em cinco das últimas seis edições do EURO, tendo começado com uma decisão num só jogo entre os Países Baixos e a República da Irlanda, em Anfield, para o EURO '96. No entanto, o "play-off" do UEFA EURO 2020 tem um formato muito diferente. Pela primeira vez, as equipas disputam mais do que uma eliminatória e, ao contrário do aconteceu anteriormente, todas se qualificaram para participar através da UEFA Nations League e não da Qualificação Europeia.

Como funciona o "play-off"?

Os 16 vencedores dos grupos da UEFA Nations League tiveram lugar garantido no "play-off" antes da Qualificação Europeia. Se tivessem sido apurados através de seus grupos de qualificação, a vaga seria preenchida pela selecção seguinte mais bem classificada no ranking na sua liga. Caso uma liga não tivesse quatro equipas para competir (tal como a Liga A), as vagas restantes eram alocadas a equipas de outra liga, de acordo com o ranking geral da UEFA Nations League rankings).

As selecções sabem quem irão jogar na fase final do EURO?

As equipas dos Caminhos B e C sabem:

• O vencedor do Caminho B vai para o Grupo E ao lado de Espanha, Suécua e Polónia
• O vencedor do Caminho C vai para o Grupo D ao lado de Inglaterra, Croácia e República Checa

Nos Caminhos A e D é mais complicado.

Se a Roménia se qualificar como vencedora do Caminho A:

• A Roménia vai para o Grupo C ao lado de Países Baixos, Ucrânia e Áustria
• O vencedor do Caminho D vai para o Grupo F ao lado de Portugal, França e Alemanha

Se Bulgária, Hungria ou Islândia se qualificarem como vencedoras do Caminho A:

• O vencedor do Caminho A vai para o Grupo F ao lado de Portugal, França e Alemanha
• O vencedor do Caminho D vai para o Grupo C ao lado de Países Baios, Ucrânia e Áustria

Eliminatórias do "play-off" do EURO até agora

1996: República da Irlanda 0–2 Países Baixos, Anfield
2000: Escócia 1–2tot Inglaterra (0–2 1–0)
2000: Israel 0–8tot Dinamarca (0–5 0–3)
2000: Eslovénia 3–2tot Ucrânia (2–1 1–1)
2000: República da Irlanda 1–1tot Turquia (1–1 0–0, a Turquia venceu devido aos golos fora)
2004: Escócia 1–6tot Países Baixos (1–0 0–6)
2004: Croácia 2–1tot Eslovénia (1–1 1–0)
2004: Rússia 1–0tot País de Gales (0–0 1–0)
2004: Letónia 3–2tot Turquia (1–0 2–2)
2004: Espanha 5–1tot Noruega (2–1 3–0)
2012: Turquia 0–3tot Croácia (0–3 0–0)
2012: Estonia 1–5tot República da Irlanda (0–4 1–1)
2012: República Checa 3–0tot Montenegro (2–0 1–0)
2012: Bósnia e Herzegovina 2–6tot Portugal (0–0 2–6)
2016: Ucrânia 3–1tot Eslovénia (2–0 1–1)
2016: Suécia 4–3tot Dinamarca (2–1 2–2)
2016: Bósnia e Herzegovina 1–3tot República da Irlanda (1–1 0–2)
2016: Noruega 1–3tot Hungria (0–1 1–2)

Recordes e estatísticas

Mais golos no "play-off"

3 Zlatan Ibrahimović (Suécia)
3 Robbie Keane (República da Irlanda)
3 Jon Dahl Tomasson (Dinamarca)
3 Ruud van Nistelrooy (Países Baixos)
3 Jon Walters (República da Irlanda)

Maior vitória no "play-off" (eliminatória)

Dinamarca 8–0tot Israel, 1999

Maior vitória no "play-off" (jogo)

Países Baixos 6–0 Escócia, 2003

"Play-off" com mais golos (eliminatória)

Dinamarca 8–0tot Israel, 1999
Bósnia e Herzegovina 2–6tot Portugal, 2011

"Play-off" com mais golos (jogo)

Portugal 6–2 Bósnia e Herzegovina, 2011

Marcar o primeiro golo

A equipa que marcou primeiro venceu 14 das 18 eliminatórias do "play-off" do EURO desde 2004. As exceções são:

2000: Eslovénia 3–2tot Ucrânia (2–1 1–1)
2000: República da Irlanda 1–1tot Turquia (1–1 0–0, a Turquia venceu devido aos golos fora)
2004: Escócia 1–6tot Países Baixos (1–0 0–6)
2004: Espanha 5–1tot Noruega (2–1 3–0)

Derrota na primeira mão

Apenas um país perdeu a primeira mão do "play-off" do EURO e foi apurado: em 2003, os Países Baixos viraram uma derrota por 1-0 na Escócia com uma vitória por 6-0 em casa.

"Hat-tricks" no "play-off

Ruud van Nistelrooy é o único jogador a ter marcado um "hat-trick" no "play-off", no triunfo dos Países Baixos sobre a Escócia, por 6-0, na segunda mão, em 2003.

Vitórias nas duas mãos

Apenas quatro selecções (entre 17) ganharam ambos os jogos de um "play-off" disputado a duas mãos:

Dinamarca (contra Israel, 1999)
Espanha (contra a Noruega, 2003)
República Checa (contra Montenegro, 2011)
Hungria (contra a Noruega, 2015)

Desempenho dos vencedores do "play-off" na fase final do EURO

• Meias-finais: Países Baixos (2004), Portugal (2012)
• Quartos-de-final: Países Baixos (1996), Turquia (2000), República Checa (2012)
• Oitavos-de-final: Hungria (2016), República da Irlanda (2016)

Os restantes 11 vencedores do "play-off" saíram da prova na fase de grupos.

Registo no "play-off" do EURO

Bósnia e Herzegovina*: V0 D2
Croácia: V2 D0
Dinamarca: V1 D1
Escócia*: V0 D2
Eslovénia: V1 D2
Espanha: V1 D0
Estónia: V0 D1
Hungria*: V1 D0
Inglaterra: V1 D0
Israel*: V0 D1
Letónia: V1 D0
Montenegro: V0 D1
Noruega*: V0 D2
País de Gales: V0 D1
Países Baixos: V2 D0
Portugal: V1 D0
República Checa: V1 D0
República da Irlanda*: V2 D2
Rússia: V1 D0
Suécia: V1 D0
Turquia: V1 D2
Ucrânia: V1 D1

*a disputar o "play-off" do UEFA EURO 2020

Trivia

• Duas selecões marcaram seis golos na segunda mão dos respectivos jogos do "play-off": os Países Baixos em 2003 e Portugal em 2011. Ambas chegaram às meias-finais no torneio em causa.

• Nunca houve uma eliminatória do "play-off" sem golos.

• Patrick Kluivert apontou o primeiro golo num "play-off": pelos Países Baixos, frente à Irlanda, a 13 de Dezembro de 1995. Também foi ele o autor do segundo tento!

História do "play-off" do EURO

• EURO ‘96: Primeiro "play-off" - disputado num só jogo, defrontaram-se em Anfield, campo neutro, os dois segundos classificados com menos pontos.

• EURO 2000: Introdução do "play-off" a duas mãos - quatro eliminatórias com os oito piores segundos classificados da fase de grupos de qualificação.

• EURO 2004: "Play-off" com duas mãos envolvendo os dez segundos classificados da fase de grupos de qualificação.

• EURO 2008: Não houve "play-off".

• EURO 2012: Regresso ao formato do EURO 2000, repetido para o EURO 2016.

• EURO 2020: Mais uma vez há eliminatórias de "play-off" a duas mãos, embora agora as selecções se qualifiquem com base no seu desempenho na UEFA Nations League 2018/19 e não na fase de grupos de qualificação.

Conteúdos relacionados

Topo