Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

Destaque do EURO 2004: A importância de Luís Figo

Confessamos a nossa admiração por Luís Figo, cuja ilustre carreira de quase duas décadas incluiu liderar Portugal até à final do UEFA EURO 2004.

Luís Figo com a braçadeira de capitão de Portugal nas meias-finais do EURO 2004 contra a Holanda
Luís Figo com a braçadeira de capitão de Portugal nas meias-finais do EURO 2004 contra a Holanda Bongarts/Getty Images

Vencedor da Bola de Ouro, Luís Figo era conhecido pelas acelerações e fintas estonteantes, por fazer assistências primorosas e marcar livres na perfeição. Com a braçadeira de capitão, o então jogador do Real Madrid guiou Portugal até à final do UEFA EURO 2004, perdida em casa frente à surpreendente Grécia.

EURO 2004

• A Grécia começou logo por surpreender Portugal no jogo de abertura, no Porto. Chegou à vantagem de 2-0, antes de Cristiano Ronaldo, perto do fim, estrear-se a marcar pela selecção nacional, na sequência de um canto de Figo. Para o camisola 7, a derrota do anfitrião por 2-1 "não foi um resultado justo". "Tentámos lutar, mas perdemos a bola muitas vezes e perdemos o controlo do meio-campo", afirmou Figo.

Resumos do EURO 2004: Portugal afasta Inglaterra nos penáltis
Resumos do EURO 2004: Portugal afasta Inglaterra nos penáltis

• Fernando Couto ficou de fora no jogo seguinte e cedeu a braçadeira de capitão a Figo. A precisar de vencer, Portugal não vacilou e, quatro dias depois, bateu a Rússia, reduzida a dez jogadores, por 2-0. Seguiu-se o triunfo por 1-0 sobre a Espanha, partida em que Luiz Felipe Scolari colocou Figo num papel mais central no terreno. E foi o então nº7 de Portugal o autor do passe para o golo de Nuno Gomes, entrado no decorrer da segunda parte.

• Nos quartos-de-final, com Portugal a perder desde cedo frente à Inglaterra, Figo acabou substituído aos 75 minutos, mas o anfitrião acabou por vencer no desempate por grandes penalidades.

Resumo do EURO 2004: Portugal 2-1 Holanda
Resumo do EURO 2004: Portugal 2-1 Holanda

• O golaço de Maniche na vitória por 2-1 sobre a Holanda, nas meias-finais, encheu as medidas, mas foi Figo a arrecadar o prémio de melhor em campo após conduzir Portugal até à sua primeira final de um grande torneio.

• Após a surpresa inicial, a Grécia voltou a bater os homens de Scolari, desta feita por 1-0 e em Lisboa, tornando Portugal na primeira nação a perder o EURO em casa. Tendo anunciado "uma pausa" na selecção um mês após a final, Figo voltaria para envergar a camisola das cinco quinas no Campeonato do Mundo da FIFA de 2006.

O que talvez não saiba

• Elemento fundamental da denominada "geração de ouro" do futebol lusitano, Figo brilhou ao lado de Rui Costa e João Pinto na vitória de Portugal no Campeonato do Mundo de Sub-20 da FIFA de 1991. O trio chegou depois às meias-finais do EURO 2000 e do Mundial de 2006, tendo sido também finalista vencido no EURO 2004.

Hino de Portugal: Figo e companhia na final do EURO 2004
Hino de Portugal: Figo e companhia na final do EURO 2004

• Vencedor da Bola de Ouro em 2000 – ano em que trocou o Real Madrid pelo rival Barcelona –, Figo tornou-se no segundo jogador português a ganhar o prestigiado troféu depois de Eusébio. Em 2001, conquistou o prémio de Jogador do Ano para a FIFA.

• Em 2001, foi agraciado com a Ordem do Infante Dom Henrique pelos serviços prestados a Portugal.

• Figo, que pensa que "os portugueses têm uma capacidade natural para aprender novas línguas", fala cinco idiomas: português, castelhano, inglês, italiano e francês. Embora nunca tenha jogado em Inglaterra, confessou em determinada altura: "Tive de melhorar o meu inglês para seduzir a minha mulher [sueca]."

• Figo conquistou o seu primeiro troféu de clubes da UEFA com o Barcelona em 1996/97, a Taça dos Vencedores das Taças, antes de erguer a Supertaça Europeia da UEFA nessa mesma temporada. Em 2001/02, ganhou a UEFA Champions League e a Supertaça pelo Real Madrid.

O que disse

"Portugal tem jogadores fantásticos e jovens com valor. Podemos estar felizes, pois temos uma grande equipa em formação."

Resumo da final do EURO 2004: Grécia 1-0 Portugal
Resumo da final do EURO 2004: Grécia 1-0 Portugal

"Senti que desperdicei uma grande oportunidade [no EURO 2004], não apenas eu, mas também os meus companheiros de equipa, que viveram esta competição tão intensamente e as pessoas que nos apoiaram tanto."

"Guardo boas memórias [do EURO 2004]. Recordo o que vivemos nesses jogos e as muitas manifestações de apoio que recebemos por parte do público. Tentámos dar-lhes algo para festejar, mas infelizmente não conseguimos."

O que disseram

"Quando era criança, o Figo usava a camisola 7 no Sporting. Tal como qualquer criança que sonhava ser futebolista, também eu queria ser como o Figo. Queria usar o número 7.”
Cristiano Ronaldo, capitão de Portugal

Figo e Cristiano Ronaldo no EURO 2004
Figo e Cristiano Ronaldo no EURO 2004 AFP via Getty Images

"Podem colocar Figo numa cabina telefónica juntamente com 11 adversários que ele encontra o caminho até à porta. Dribla-os a todos e acha a saída."
Carlos Queiroz, antigo treinador de Figo na selecção de Portugal (em todos os escalões) e no Real Madrid

"Num plantel [do Real Madrid] cheio de talento e egos, seria fácil para os jogadores perderem-se na multidão, mas nunca houve o perigo de isso acontecer com o Figo."
Geoff Hurst, antigo internacional de Inglaterra e vencedor do Campeonato do Mundo

"É impossível parar o Figo a menos que toda a defesa ajude."
Javier Garrido, antigo defesa do Valência

Registo da carreira

Portugal: 127 jogos, 32 golos
Competições de clubes da UEFA: 142 jogos, 28 golos
Competições nacionais: 792 jogos,136 golos

Topo