Combata a COVID-19 seguindo as indicações da Organização Mundial de Saúde e os cinco passos da FIFA para travar a propagação da doença.

1. Lavar as mãos 2. Tossir para o antebraço 3. Não tocar no rosto 4. Manter a distância física 5. Ficar em casa.
Mais informação >
 

EURO 2016: Tudo o que precisa de saber

Portugal compensou a derrota na final de 2004 batendo a anfitriã França. O UEFA.com recorda a edição mais recente do EURO.

Portugal celebra a vitória na final do EURO 2016
Portugal celebra a vitória na final do EURO 2016 VI-Images via Getty Images

Quem ganhou o EURO 2016?

Resumo da final do EURO 2016: Portugal 1-0 França
Resumo da final do EURO 2016: Portugal 1-0 França

Portugal venceu a França por 1-0 após prolongamento na final do EURO 2016, no Stade de France, a 10 de Julho de 2016, com o suplente Éder a marcar o tento solitário aos 109 minutos, numa partida em que os anfitriões não conseguiram aproveitar o factor-casa. Os "bleus" pareciam ter ascendente quando Cristiano Ronaldo, a estrela de Portugal, foi substituído aos 25 minutos, devido a lesão. No entanto, o capitão luso inspirou a sua equipa rumo à vitória a partir de fora. "Antes do prolongamento o Cristiano Ronaldo disse-me que eu ia marcar o golo da vitória", disse Éder. "Ele transmitiu-me força e energia positiva".

Quais foram os melhores marcadores do EURO 2016?

O francês Antoine Griezmann terminou a fase final como melhor marcador, com seis golos. O jogador de 25 anos não estava propriamente feliz quando recebeu a Bota de Ouro após a final, dizendo ao UEFA.com que o torneio tinha sido "cruel e magnífico ao mesmo tempo". O avançado do Atlético Madrid também foi eleito Jogador do Torneio pela equipa de observadores técnicos da UEFA.

Veja todos os golos de Griezmann no UEFA EURO 2016
Veja todos os golos de Griezmann no UEFA EURO 2016

O polaco Robert Lewandowski marcou 13 golos na fase de qualificação, igualando o recorde estabelecido pelo norte-irlandês David Healy no apuramento para o EURO 2008. O avançado do Bayern Munique iniciou a campanha com quatro golos frente a Gibraltar, seguindo-se algumas exibições menos conseguidas antes de regressar em força, com um "hat-trick" ante a Geórgia. Nos últimos cinco jogos no Grupo D marcou nove golos.

Onde se realizou o EURO 2016?

A França recebeu o EURO 2016, depois de já ter acolhido a competição em 1960 e 1984, a que se juntaram o Campeonato do Mundo de 1998 (venceu estas duas últimas competições). O Stade de France, em Saint-Denis, foi o escolhido para a final, com jogos a realizarem-se também em Bordéus (Stade de Bordeaux), Lens (Stade Bollaert-Delelis), Lille (Stade Pierre Mauroy), Lyon (Stade de Lyon), Marselha (Stade Vélodrome), Nice (Stade de Nice), Paris (Parc des Princes), Saint-Etienne (Stade Geoffroy Guichard) e Toulouse (Stadium de Toulouse).

Resumo: Veja os dez melhores golos do UEFA EURO 2016
Resumo: Veja os dez melhores golos do UEFA EURO 2016

Quem orientou a equipa vencedora do EURO 2016?

Fernando Santos foi o arquitecto do triunfo português. O experiente treinador passou pelos três principais clubes lusos (Porto, Sporting e Benfica) e assumiu o cargo de seleccionador em 2014, após quatro anos à frente da selecção grega. Em declarações sobre a sua filosofia vitoriosa, após a vitória na final do EURO, disse: "Sempre disse aos jogadores que temos muito talento, mas que precisamos lutar mais, correr mais e ser mais concentrados do que os nossos adversários".

Quem foi o capitão vitorioso do EURO 2016?

Cristiano Ronaldo capitaneou Portugal rumo ao sucesso no EURO 2016
Cristiano Ronaldo capitaneou Portugal rumo ao sucesso no EURO 2016 Getty Images

A participar pela quarta vez num EURO, Cristiano Ronaldo liderou Portugal de forma exemplar, inclusive encorajando a equipa junto à linha lateral após ter saído lesionado na final. Durante o torneio bateu o recorde de internacionalizações de Portugal, pertença de Luís Figo (128), igualou o recorde de Michel Platini, com nove golos em fases finais do EURO, e terminou a prova com 21 jogos em fases finais, quebrando o registo de Bastian Schweinsteiger (18). Ronaldo disse que o seu desejo de sucesso no EURO 2016 se deveu à derrota com a Grécia na final de 2004: "Isto era algo que desejava há muito tempo, desde 2004".

Qual foi o formato do EURO 2016?

Realizado entre 10 de Junho e 10 de Julho, o EURO 2016 foi a primeira fase final do EURO com 24 equipas. Os dois primeiros classificados de cada grupo seguiram para a fase a eliminar, onde se registou a inclusão de uma nova fase, os oitavos-de-final, acompanhados pelos quatro melhores segundos classificados de entre os seis grupos.

Quantas equipas participaram no EURO 2016?

Pela primeira vez a fase final contou com 24 equipas, enquanto a fase de qualificação foi disputada por 53 federações-membro da UEFA, com a anfitriã França qualificada automaticamente.

Como funcionou a fase de qualificação do EURO 2016?

Os 53 participantes foram divididos em nove grupos (sete com seis equipas e um com cinco), apurando-se directamente os dois primeiros de cada grupo e o melhor terceiro classificado (Turquia). Os restantes oito terceiros classificados participaram num "play-off" a duas mãos para decidir as últimas quatro vagas, que foram preenchidas por Hungria, República da Irlanda, Suécia e Ucrânia.

Qual foi a Equipa do Torneio do EURO 2016?

Aaron Ramsey foi um de dois galeses a integrar a Equipa do Torneio, escolhida pela UEFA
Aaron Ramsey foi um de dois galeses a integrar a Equipa do Torneio, escolhida pela UEFAGetty Images

O francês Antoine Griezmann foi eleito Jogador do Torneio, com Ioan Lupescu, responsável pela equipa técnica da UEFA, a explicar que o avançado do Atlético Madrid foi uma "ameaça em todos os jogos em que participou". A Equipa do Torneio, escolhida pela UEFA, foi a seguinte:

GR: Rui Patrício (Portugal)
DF: Jérôme Boateng (Alemanha)
DF: Joshua Kimmich (Alemanha)
DF: Raphaël Guerreiro (Portugal)
DF: Pepe (Portugal)
MD: Dimitri Payet (França)
MD: Toni Kroos (Alemanha)
MD: Joe Allen (País de Gales)
MD: Aaron Ramsey (País de Gales)
AV: Antoine Griezmann (França)
AV: Cristiano Ronaldo (Portugal)

Memórias do UEFA EURO 2016
Memórias do UEFA EURO 2016

Quem marcou o primeiro golo no EURO 2016?

O francês Olivier Giroud fez de cabeça o golo inaugural do EURO 2016
O francês Olivier Giroud fez de cabeça o golo inaugural do EURO 2016 Getty Images

Olivier Giroud marcou o primeiro golo da fase final, inaugurando o marcador na vitória por 2-1 da França sobre a Roménia, no Stade de France, a 10 de Junho de 2016. O avançado do Arsenal foi um de seis jogadores que marcaram três golos nesta edição, e levou a melhor sobre o compatriota Dimitri Payet na luta pela Bota de Bronze (atrás de Antoine Griezmann e Cristiano Ronaldo): para além dos golos, os dois jogadores gauleses fizeram duas assistências, só que Payet jogou mais 50 minutos do que Giroud.

O arménio Henrikh Mkhitaryan apontou o primeiro golo da Qualificação Europeia, aos 50 minutos da derrota por 2-1 da Arménia frente à Dinamarca, a 7 de Setembro de 2014. Nessa altura, o médio estava no auge da carreira, ao serviço do Borussia Dortmund. Melhor marcador da selecção arménia e filho de Hamlet Mkhitaryan, antiga estrela do Pyunik Yerevan, mais tarde marcou e ajudou o Manchester United a vencer o Ajax por 2-0 na final da UEFA Europa League de 2016/17.

A Islândia empatou a um golo com Portugal na sua estreia numa fase final do EURO
A Islândia empatou a um golo com Portugal na sua estreia numa fase final do EUROGetty Images

Cinco factos essenciais sobre o EURO 2016?

• A final entre Portugal e França no Stade de France foi a 15ª na história do EURO mas a primeira a terminar sem golos ao fim de 90 minutos.

• Com 18 anos e 328 dias, Renato Sanches quebrou o recorde de Cristiano Ronaldo (fixado em 2004) como jogador mais jovem a alinhar numa final do EURO.

• Gábor Király, guarda-redes titular da Hungria, tornou-se no jogador mais velho a participar numa fase final do EURO, com 40 anos e 75 dias.

• A Islândia, que somou apenas quatro pontos na fase de qualificação do EURO 2012, tornou-se no primeiro país com menos de um milhão de habitantes (329.000, para ser mais preciso) a atingir a fase final de uma grande competição de selecções.

• Apenas 15 dos 51 jogos do EURO 2016 foram ganhos pela equipa que teve mais posse de bola. A Islândia, que alcançou os quartos-de-final, teve uma média de 36 por cento.

Conteúdos relacionados

Topo