EURO 2004: Tudo o que precisa de saber

A Grécia de Otto Rehhagel protagonizou uma das maiores surpresas na história do EURO; o UEFA.com recorda esse torneio em 2004.

Georgios Karagounis comemora após marcar frente a Portugal no jogo de abertura do EURO 2004
Georgios Karagounis comemora após marcar frente a Portugal no jogo de abertura do EURO 2004 AFP via Getty Images

Quem ganhou o EURO 2004?

A Grécia iniciou o UEFA EURO 2004 como claro "outsider", com hipóteses de 80-1 em relação à conquista do título, mas causou surpresa global ao vencer o anfitrião Portugal por 1-0 na final de Lisboa, a 4 de Julho, graças ao cabeceamento de Angelos Charisteas após canto de Angelos Basinas. Os pupilos de Otto Rehhagel mantiveram a solidez defensiva face aos inúmeros ataques lusos no Estádio da Luz e acabaram por prevalecer, com o capitão Theodoros Zagorakis a recordar: "Quando o árbitro apitou para o fim, foi como se as luzes se apagassem – mais um vazio na minha memória – e fiquei com um sorriso idiota na face durante vários minutos. Momentos inacreditáveis".

Resumo da final do EURO 2004: Grécia 1-0 Portugal
Resumo da final do EURO 2004: Grécia 1-0 Portugal

Quem foram os melhores marcadores no EURO 2004?

O checo Milan Baroš foi o goleador do EURO 2004, com cinco golos. O único jogo em que não marcou foi o único que a República Checa não venceu, nas meias-finais, frente à Grécia. Foi um torneio fabuloso para o avançado, que tinha acabado de recuperar de uma fractura na perna, e seguiu-se mais glória no ano seguinte, quando ajudou o Liverpool a ganhar a UEFA Champions League.

Milan Baroš: Todos os seus golos no EURO 2004
Milan Baroš: Todos os seus golos no EURO 2004

O esloveno Ermin Šiljak foi o destaque na fase de qualificação, com nove golos em nove jogos, tendo o espanhol Raúl González como mais directo perseguidor (sete golos). O avançado natural de Ljubljana jogou em França, Suíça, Suécia e Grécia, mas alinhava na China durante a qualificação do EURO. Marcou oito golos na fase de grupos e o restante aconteceu na eliminação da Eslovénia no "play-off", frente à vizinha Croácia, por 2-1.

Onde se realizou o EURO 2004?

O EURO 2004 foi a primeira fase final de selecções seniores realizada em Portugal e contou com dez estádios, construídos de raiz ou renovados substancialmente. Lisboa (Estádio da Luz e Estádio José Alvalade) e Porto (Estádio do Dragão e Estádio do Bessa) forneceram dois recintos, realizando-se também jogos em Aveiro (Estádio Municipal de Aveiro), Braga (Estádio Municipal de Braga), Coimbra (Estádio Cidade de Coimbra), Faro/Loulé (Estádio Algarve), Guimarães (Estádio D. Afonso Henriques) e Leiria (Estádio Dr. Magalhães Pessoa).

Quem orientou a equipa vencedora do EURO 2004?

Otto Rehhagel liderou a Grécia rumo ao sucesso no EURO 2004
Otto Rehhagel liderou a Grécia rumo ao sucesso no EURO 2004 Bongarts/Getty Images

O alemão Otto Rehhagel tornou-se no primeiro treinador estrangeiro a levar uma equipa à conquista do EURO, sendo elogiado por ter transformado uma equipa mediana em campeã europeia. O "Rei Otto" também apurou o conjunto helénico para o UEFA EURO 2008 e o Campeonato do Mundo de 2010, deixando a selecção após a eliminação no torneio realizado na África do Sul. Isso aconteceu a seis semanas de completar 72 anos, mas a década passada ao comando da Grécia conseguiu superiorizar-se aos importantes feitos alcançados na sua pátria, onde é o único homem com mais de 1000 jogos na Bundesliga como jogador e treinador.

Quem foi o capitão vitorioso no EURO 2004?

O grego Theodoros Zagorakis foi eleito Jogador do Torneio, após ter liderado em campo a sua equipa à conquista do troféu Henri Delaunay. O médio de 32 anos do AEK Atenas não marcou na fase final - o seu primeiro golo aconteceu apenas à 101ª internacionalização, frente à Dinamarca, sete meses depois - mas personificou o espírito da equipa, explicando: "Quer quer que jogasse dava o que tinha e o que não tinha pela equipa".

Theodoros Zagorakis, capitão da Grécia, foi eleito Jogador do Torneio em 2004
Theodoros Zagorakis, capitão da Grécia, foi eleito Jogador do Torneio em 2004Icon Sport via Getty Images

Qual foi o formato do EURO 2004?

Dezasseis equipa participaram na fase final em Portugal, que decorreu entre 12 de Junho e 4 de Julho. Como já era habitual nesta altura, as equipas foram divididas em quatro grupos de quatro (a vitória valia três pontos) com os vencedores dos grupos a defrontarem os segundos classificados nos quartos-de-final, a primeira eliminatória da fase a eliminar.

Quantas equipas participaram no EURO 2004?

O EURO 2004 teve 16 equipas e na fase de qualificação participaram 50 (todas as federações-membro da UEFA menos Portugal, qualificado automaticamente como anfitrião).

Como funcionou a qualificação para o EURO 2004?

Resumo: Os melhores golos do EURO 2004
Resumo: Os melhores golos do EURO 2004

As 50 equipas foram divididas em dez grupos, com jogos em casa e fora, realizados entre Setembro de 2002 e Novembro de 2003 (a vitória valia três pontos). Os vencedores de grupos apuravam-se automaticamente para a fase final, enquanto os dez segundos classificados defrontavam-se num "play-off" a duas mãos para preencher as restantes vagas para o torneio luso. Os apurados foram Espanha, Países Baixos, Croácia, Rússia e Letónia, que se estreou numa fase final da prova (bateu a Turquia).

Qual foi a Equipa do Torneio do EURO 2004?

GR: Petr Čech
DF: Traianos Dellas
DF: Ricardo Carvalho
DF: Giourkas Seitaridis
DF: Gianluca Zambrotta
MD: Maniche
MD: Pavel Nedvěd
MD: Theodoros Zagorakis
AV: Milan Baroš
AV: Cristiano Ronaldo
AV: Wayne Rooney

Quem marcou o primeiro golo do EURO 2004?

Com apenas 18 anos, Wayne Rooney marcou quatro golos no EURO 2004
Com apenas 18 anos, Wayne Rooney marcou quatro golos no EURO 2004Bob Thomas via Getty Images

Giorgios Karagounis marcou o primeiro golo do EURO 2004, ajudando a Grécia a vencer o anfitrião Portugal por 2-1. Após um mau alívio de Paulo Ferreira, o médio do Inter avançou rumo à área e rematou rasteiro com o pé direito a 25 metros da baliza, de nada valendo a estirada de Ricardo, colocando assim os forasteiros em vantagem. Na segunda parte, Angelos Basinas dilatou a vantagem na marcação de um penalty e Cristiano Ronaldo reduziu a diferença à beira do fim.

John Petersen, das Ilhas Faroé, apontou o primeiro golo da fase de qualificação, aos sete minutos do duelo com a Escócia, a 7 de Setembro de 2002. Seis minutos volvidos, o avançado aumentou para 2-0 em Toftir, mas uma resposta escocesa tardia, com tentos de Paul Lambert e Barry Ferguson, ditou o empate final a dois. Petersen também representou as Ilhas Faroé em andebol.

Cinco factos essenciais do EURO 2004

• Portugal foi o primeiro anfitrião a atingir a final de um Campeonato da Europa da UEFA desde a França, em 1984, e o único (até à França, em 2016) a perder o jogo decisivo.

• A Grécia venceu todos os jogos na fase a eliminar pelo mesmo resultado (1-0). Na fase de qualificação ficou à frente da Espanha, numa campanha em que os quatro últimos triunfos também foram por 1-0.

• Com 18 anos e 237 dias, Wayne Rooney tornou-se no jogador mais jovem a marcar numa fase final, ante a Suíça. Mas o recorde durou apenas quatro dias, batido pelo helvético Johan Vonlanthen (18 anos e 141 dias).

• A vitória por 1-0 da Grécia sobre Portugal na final fez dela a nona equipa a conquistar o título, num total de 12 edições do Europeu.

• O golo de Dmitri Kirichenko pela já eliminada Rússia, aos 68 segundos do duelo com a Grécia na fase de grupos, em Faro/Loulé, é o mais rápido na história do EURO.

Conteúdos relacionados