EURO 1984: Tudo o que precisa de saber

No seu único EURO como jogador, a estrela da Juventus, Michel Platini, teve um impacto enorme. Conheça todos os detalhes do torneio.

Francois Domergue comemora após marcar pela França frente a Portugal nas meias-finais do UEFA EURO 1984
Francois Domergue comemora após marcar pela França frente a Portugal nas meias-finais do UEFA EURO 1984 Icon Sport via Getty Images

Quem ganhou o EURO 1984?

Resumo da final do EURO 1984: França 2-0 Espanha
Resumo da final do EURO 1984: França 2-0 Espanha

A França tornou-se no único país anfitrião até ao momento a vencer o alargado Campeonato da Europa da UEFA, após bater a Espanha por 2-0 na final realizada no Parc des Princes, em Paris, a 27 de Junho de 1984. Michel Platini inaugurou o marcador com aquele que foi o seu nono golo na fase final – um recorde que ainda se mantém – num livre em que o guardião Luis Arconada não conseguiu segurar a bola. O francês Yvon Le Roux foi expulso nos últimos minutos, mas ainda assim os anfitriões voltaram a marcar, com Bruno Bellone a facturar. Platini recordou: "Foi o primeiro grande título ganho pela França numa modalidade colectiva, por isso foi um grande momento para o futebol francês em particular e o desporto francês no geral".

Quais foram os melhores marcadores do EURO 1984?

Michel Platini marcou nove golos no EURO 1984, que continua a ser um recorde da competição (nenhum outro jogador marcou mais do que seis). Único jogador do plantel a actuar no estrangeiro, o médio-ofensivo da Juventus marcou o golo vitorioso dos "bleus" frente à Dinamarca na primeira jornada e depois apontou "hat-tricks" perfeitos em triunfos consecutivos, frente a Bélgica e Jugoslávia. Também facturou na vitória sobre Portugal nas meias-finais e na final ante a Espanha.

Karl-Heinz Rummenigge, do Bayern Munique, tinha sido o melhor marcador na fase de qualificação, com sete golos pela República Federal da Alemanha. Os germânicos tiveram uma ponta de sorte rumo à fase final, após terem terminado com os mesmos 11 pontos que a Irlanda do Norte (que venceu duas vezes no Grupo 6), só tendo confirmado o apuramento na derradeira jornada, com uma vitória sobre a Albânia, garantida por Gerd Strack aos 79 minutos.

Onde se realizou o EURO 1984?

Resumo: Veja os nove golo de Platini no EURO 1984
Resumo: Veja os nove golo de Platini no EURO 1984

A primeira fase final a oito equipas teve lugar em sete estádios. O Parc des Princes, em Paris, foi o palco do jogo inaugural e da final, com os restantes a realizarem-se no Stade Vélodrome (Marselha), Stade de Gerland (Lyon), Stade Geoffroy-Guichard (Saint-Etiénne), Stade Félix-Bollaert (Lens), Stade de la Beaujoire (Nantes) e Stade de la Meinau (Estrasburgo), estes dois últimos recém-construídos.

Quem treinou a equipa vencedora do EURO 1984?

Michel Hidalgo foi o seleccionador da França entre 1976 e 1984. Jogador da equipa do Reims que perdeu frente ao Real Madrid na primeira final da Taça dos Clubes Campeões Europeus, em 1956, tinha conduzido a França até às meias-finais do Campeonato do Mundo de 1982, onde foi eliminada pela República Federal da Alemanha no desempate por penalties. "Sob o seu comando, praticámos um futebol fantástico", recordou Michel Platini. "Apostou num meio-campo com quatro jogadores criativos que a qualquer altura podiam mudar o curso de um jogo. Um dos grandes méritos de Michel Hidalgo foi encontrar forma de incluir vários Nºs10 no meio-campo".

Quem foi o capitão vitorioso do EURO 1984?

Michel Platini foi o capitão da França bem como o seu goleador temível no EURO 1984 (marcou nove dos 14 golos da equipa na fase final). Médio extremamente dotado tecnicamente, conquistou o campeonato italiano e a Taça dos Clubes Vencedores de Taças com a Juventus em 1984 antes de regressar a casa para disputar o EURO. O seu exemplo inspirou futuras estrelas, com Zinédine Zidane a admitir: "Quando era miúdo e jogava com os meus amigos, queria sempre ser como o Platini".

Qual foi o formato do EURO 1984?

Realizado entre 12 e 27 de Junho, o EURO 1984 foi a sétima edição da competição e a segunda a ter uma fase de grupos, com oito participantes divididos em dois grupos de quatro (até 1980, a fase final era composta por duas mias-finais, o jogo de atribuição do terceiro lugar e a final). Os vencedores dos grupo (França e Espanha) defrontaram os segundos classificados (Portugal e Dinamarca) nas meias-finais. Pela primeira vez, não se realizou jogo de atribuição do terceiro lugar.

Quantas equipas participaram no EURO 1984?

Resumo: Os melhores golos do EURO 1984
Resumo: Os melhores golos do EURO 1984

Oito equipas participaram na fase final, enquanto 32 países estiveram envolvidos na fase de qualificação. A França garantiu a presença na qualidade de anfitrião.

Como funcionou a fase de qualificação do 1984 EURO?

Tal como em edições anteriores, a competição de 1984 começou com uma fase de grupos de qualificação, com 32 equipas divididas em quatro grupos de cinco e três de quatro. Todas se defrontaram em casa e fora, com o primeiro de cada grupo (dois pontos pela vitória e um pelo empate) a seguir para a fase final. A luta foi intensa: A Bélgica foi a única equipa a vencer o grupo com mais do que um ponto.

Qual foi a Equipa do Torneio do EURO 1984?

GR: Harald Schumacher (República Federal da Alemanha)
DF: Morten Olsen (Dinamarca)
DF: João Pinto (Portugal)
DF: Andreas Brehme (República Federal da Alemanha)
DF: Karlheinz Förster (República Federal da Alemanha)
MD: Frank Arnesen (Dinamarca)
MD: Alain Giresse (França)
MD: Jean Tigana (França)
MD: Michel Platini (França)
MD: Fernando Chalana (Portugal)
AV: Rudi Völler (República Federal da Alemanha)

Harald Schumacher, da República Federal da Alemanha, fez parte da Equipa do Torneio
Harald Schumacher, da República Federal da Alemanha, fez parte da Equipa do TorneioIcon Sport via Getty Images

Quem marcou o primeiro golo no EURO 1984?

Michel Platini marcou o primeiro golo da fase final, aos 78 minutos do jogo inaugural da França, frente à Dinamarca. Até essa altura, o jogador de 28 anos estava a ser bem marcado por Klaus Berggreen, mas conseguiu encontrar espaço para rematar à baliza, beneficiando de um ligeiro desvio na cabeça de um defesa para desfeitear Ole Qvist.

O romeno Florea Văetuş tinha apontado o primeiro golo na fase de qualificação. O duelo da sua equipa ante o Chipre, a 1 de Maio de 1982, abriu caminho para a prova em França, e o avançado do Dinamo Bucareste inaugurou o marcador aos 16 minutos de um triunfo por 3-1 em Hunedoara. O antigo jogador recordou: "Foi um momento de grande alegria, talvez o melhor da minha carreira, porque me estreei a marcar pela selecção e logo na minha cidade-natal".

Cinco factos essenciais sobre o EURO 1984

• A França continua a ser o único anfitrião a vencer o torneio desde a expansão da fase final, em 1980. Cinco equipas da casa atingiram as meias-finais, enquanto Portugal foi finalista vencido em 2004.

• A França foi implacável no ano em que ganhou o EURO: disputou 12 jogos oficiais em 1984 e ganhou todos.

• O receio de um desempate por penalties ajudou a França a inverter uma desvantagem de 2-1 frente a Portugal no prolongamento das meias-finais. Michel Platini recorda-se: "O Jean Tigana disse-nos que nunca tinha ganho um desempate! Assim, demos o máximo para evitar os penalties!"

• A finalista Espanha estabeleceu um recorde na fase de qualificação, tornando-se na primeira equipa a marcar dez ou mais golos numa partida. Foi na goleada a Malta por 12-1, batendo a concorrência dos Países Baixos na luta pelo apuramento graças aos golos marcados.

• Péno foi a mascote oficial da fase final. Era um galo desenho-animado que envergava um equipamento da França com o Nº84 nas costas.

Conteúdos relacionados