EURO 1972: Tudo o que precisa de saber

Gerd Müller marcou quatro golos no triunfo da República Federal da Alemanha na fase final. O UEFA.com recorda esse torneio.

Gerd Müller am acção durante a final do EURO 1972
Gerd Müller am acção durante a final do EURO 1972

Quem ganhou o EURO 1972?

A União Soviética não conseguiu estar à altura da República Federal da Alemanha na final do EURO 1972. Günter Netzer e Franz Beckenbauer foram imperiais no meio-campo e Gerd Müller, a arma mortífera dos germânicos, bisou pela segunda vez na fase final. Herbert Wimmer apontou o outro golo no triunfo por 3-0 dos alemães, naquela que foi a vitória com maior diferença de golos numa final do EURO até 2012. "Tudo funcionou", recordou. "A equipa tinha uma boa harmonia e os jogadores entendiam-se na perfeição. Isso aconteceu dentro e fora do relvado. Não se podia pedir mais".

Quem foram os melhores marcadores do EURO 1972?

Resumo da final do EURO 1972: República Federal da Alemanha 3-0 URSS
Resumo da final do EURO 1972: República Federal da Alemanha 3-0 URSS

Finalizador exímio, Gerd Müller foi o melhor marcador do torneio, com quatro golos, depois de já o ter sido na fase de qualificação, com sete (seis na fase de grupos e um nos quartos-de-final). De facto, é o único jogador a ter-se sagrado melhor marcador na qualificação e na fase final de um EURO.

O "Der Bomber" chegou ao torneio na Bélgica após uma época 1971/72 em que marcou 40 golos pelo Bayern Munique na Bundesliga – a melhor temporada da sua carreira. A sua reputação cresceu ainda mais graças ao golo da vitória na final do Campeonato do Mundo, dois anos depois. O colega Franz Beckenbauer disse a seu respeito: "A sua aceleração era incrível. Nos treinos defrontava-o e nunca tinha hipóteses".

Onde se realizou o EURO 1972?

A Bélgica recebeu o torneio em 1972, com os quatro jogos a realizarem-se em estádios diferentes. O Stade Émile Versé, em Bruxelas, e o Bosuilstadion, em Antuérpia, foram utilizados nas meias-finais. A Bélgica bateu a Hungria no jogo de atribuição do terceiro lugar, realizado no Stade Marcel Dufrasne, em Liège, enquanto o jogo decisivo teve lugar no Estádio Heysel, em Bruxelas.

Quem orientou a selecção vencedora no EURO 1972?

Resumo: Veja todos os golos de Gerd Müller no EURO 1972
Resumo: Veja todos os golos de Gerd Müller no EURO 1972

O germânico Helmut Schön foi treinador-jogador do Hertha Berlim antes de assumir o comando técnico da "Mannschaft". Aproveitando o talento de Bayern Munique e Borussia Mönchengladbach, teve à sua disposição um lote incrível de jogadores em 1972: Beckenbauer recuou no terreno para se tornar no primeiro de grandes defesas organizadores de jogo; o ofensivo lateral-esquerdo Paul Breitner e o avançado Uli Hoeness foram duas jovens inclusões soberbas; já Günter Netzer voltou a ser chamado e adicionou espectáculo e confiança ao meio-campo. Dois anos volvidos, a República Federal da Alemanha sagrou-se campeã mundial, mas Schön disse: "A equipa de 1972 foi a melhor que fiz alinhar".

Quem foi o capitão vitorioso no EURO 1972?

Beckenbauer capitaneou a República Federal da Alemanha à conquista do seu primeiro EURO, comandando a partir da sua nova posição como líbero, ajudando a equipa a dominar em 1972. O "Kaiser" também liderou o Bayern Munique, clube da sua cidade-natal, à conquista de três títulos consecutivos na Taça dos Clubes Campeões Europeus, entre 1974 e 1976, sendo ainda eleito Jogador Europeu do Ano, em 1972 e 1976. Também foi seleccionador da República Federal da Alemanha, com quem ganhou o título mundial em 1990.

Qual foi o formato do EURO 1972?

Este torneio teve a mesma estrutura que aquele realizado quatro anos antes. A fase de qualificação consistiu em 32 equipas divididas em oito grupos de quatro, com jogos realizados ao longo de 1970 e 1971. Os vencedores de grupos apuraram-se para os quartos-de-final, realizados a duas mãos, em Abril e Maio de 1972. Os quatro apurados seguiram então para a fase final, na Bélgica, entre 14 e 18 de Junho.

Quantas equipas participaram no EURO 1972?

Resumo: Os melhores golos do EURO 1972
Resumo: Os melhores golos do EURO 1972

Quatro equipas estiveram presentes na fase final do EURO 1970. A anfitriã Bélgica estreou-se numa fase final, tal como a República Federal da Alemanha, que viria a erguer o troféu. A União Soviética participava pela quarta vez seguida (após 1960, 1964 e 1968), enquanto a Hungria já tinha estado na fase final de 1964.

Como funcionou a qualificação para o 1972 EURO?

Trinta e duas equipas entraram na qualificação para o EURO 1972. A Islândia foi o único membro da UEFA ausente, não participando desde 1964. A pedido de Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte, o então Campeonato Internacional Britânico deixou de servir como meio de qualificação para a edição de 1972.

Qual foi a Equipa do Torneio do EURO 1972?

Gerd Müller, da República Federal da Alemanha, remata à baliza na final do EURO 1972
Gerd Müller, da República Federal da Alemanha, remata à baliza na final do EURO 1972dpa Picture-Alliance/AFP

GR: Evgeni Rudakov (União Soviética)
DF: Revaz Dzodzuashvili (União Soviética)
DF: Franz Beckenbauer (República Federal da Alemanha)
DF: Paul Breitner (República Federal da Alemanha)
DF: Murtaz Khurtsilava (União Soviética)
MD: Uli Hoeness (República Federal da Alemanha)
MD: Günter Netzer (República Federal da Alemanha)
MD: Herbert Wimmer (República Federal da Alemanha)
AV: Raoul Lambert (Bélgica)
AV: Jupp Heynckes (República Federal da Alemanha)
AV: Gerd Müller (República Federal da Alemanha)

Quem marcou o primeiro golo no EURO 1972?

O alemão Müller marcou o primeiro golo do EURO 1972, aos 24 minutos da meia-final frente à Bélgica, em Antuérpia, ganha por 2-1 e com ambos os tentos da sua autoria. O "Der Bomber" marcou 365 golos em 427 jogos da Bundesliga ao serviço do Bayern, 66 deles em 74 jogos das competições europeias. Pela selecção os números foram ainda mais impressionantes, com 68 golos em 62 jogos, 11 deles na campanha do Campeonato da Europa da UEFA de 1972.

O primeiro golo da fase de qualificação foi marcado pelo checoslovaco Milan Albracht, aos 30 minutos do empate a um frente à Finlândia, em Praga, a 7 de Outubro de 1970. O avançado, três vezes campeão checoslovaco ao serviço do Baník Ostrava, e com cinco internacionalizações no currículo (dois golos marcados), fez parte da selecção da Checoslováquia que participou no Mundial de 1970. Mais tarde viria a orientar clubes na sua nativa Eslováquia.

Cinco factos-chave sobre o EURO 1972

O inglês Bobby Moore saúda o germânico Franz Beckenbauer antes de um jogo da fase de qualificação
O inglês Bobby Moore saúda o germânico Franz Beckenbauer antes de um jogo da fase de qualificaçãoPopperfoto via Getty Images

• A campeã República Federal da Alemanha dominou a votação para Jogador Europeu do Ano de 1972, com Franz Beckenbauer, Gerd Müller e Gunter Netzer a terminarem em primeiro, segundo e terceiro, respectivamente.

• A vitória por 3-0 sobre a União Soviética na final deu início a uma série prolongada, com República Federal da Alemanha e mais tarde Alemanha a apurarem-se para nove finais em 13 possíveis (EURO e Mundial), entre 1972 e 1996.

• O bis de Gerd Müller na final frente à URSS aconteceu apenas 23 dias após ter marcado quatro o mesmo adversário, numa goleada por 4-1 num jogo amigável.

• Caso algum jogo do EURO '72 tivesse terminado empatado após prolongamento, teria sido decidido no desempate por penalties. O EURO '68 tinha decidido jogos através do lançamento de moeda ao ar, enquanto a final precisou de um jogo de repetição para decidir o campeão.

• No total, Müller marcou 85 golos (por clube e selecção) em 1972, recorde que vigorou até Lionel Messi facturar 91 em 2012. Müller disse a propósito de Messi: "Ele só tem um defeito, que é não jogar pelo Bayern".

Conteúdos relacionados