Grupo B do UEFA EURO 2020: Dinamarca, Finlândia, Bélgica e Rússia

Tudo o que precisa de saber sobre as selecções que integram o Grupo B do UEFA EURO 2020.

Dinamarca (consulte os jogos aqui)

Confronto directo
v Bélgica V6 E3 D4 GM23 GS21
v Rússia V1 E1 D9 GM10 GS32
v Finlândia V39 E9 D11 GM154 GS58

Registo na qualificação: J8 V4 E4 L0 GM23 GS6
Melhor marcador na qualificação: Christian Eriksen (5)
Melhor desempenho no UEFA EURO: vencedor (1992)
UEFA EURO 2016: não se qualificou

Resumo: Dinamarca 6-0 Gibraltar
Resumo: Dinamarca 6-0 Gibraltar

Seleccionador: Åge Hareide
Internacional pela Noruega por 50 vezes, Hareide conquistou campeonatos em todos os países escandinavos enquanto treinador. Guiou a Dinamarca aos oitavos-de-final do Mundial de 2018.

Jogador-chave: Christian Eriksen
A aproximar-se rapidamente das 100 internacionalizações, o jogador de 27 anos está entre os melhores médios-ofensivos mundiais e, com a sua técnica apurada, é ele quem lidera a Dinamarca.

Jogador a seguir: Jacob Bruun Larsen
Avançado rápido que tenta seguir as pisadas de Marco Reus, Larsen afirmou-se esta temporada na primeira equipa do Dortmund e na selecção da Dinamarca.

Sabia que?
A Dinamarca não se conseguiu apurar para o EURO '92, mas foi chamada à última da hora para substituir a excluída Jugoslávia.

Finlândia (consulte os jogos aqui)

Confronto directo
v Dinamarca V11 E9 D39 GM58 GS154
v Belgium V4 E4 D3 GM19 GS20
v Russia V1 E5 D12 GM13 GS55

Registo na qualificação: J10 V6 E0 D4 GM16 GS10
Melhor marcador na qualificação: Teemu Pukki (10)
Melhor desempenho no UEFA EURO: estreante em fases finais
UEFA EURO 2016: não se qualificou

Veja a festa do apuramento no balneário da Finlândia
Veja a festa do apuramento no balneário da Finlândia

Selecionador: Markku Kanerva
Cinco vezes campeão finlandês com o HJK, Kanerva passou 12 anos à frente da selecção de sub-21 e como adjunto do treinador principal antes de assumir ele mesmo o leme em 2016.

Jogador-chave: Teemu Pukki
Há muito apontado como um goleador talentoso, Pukki está a confirmar a sua veia goleadora no Norwich desde que chegou ao clube, em 2018. Também na selecção os seus golos têm sido determinantes.

Jogador a seguir: Fredrik Jensen
Aos 22 anos, este extremo do Augsburgo tem dado cartas na selecção principal e está a começar a ganhar o hábito de marcar golos.

Sabia que?
Antes do apuramento da Finlândia, 33 das 55 federações que integram a UEFA já se tinham apurado para fases finais do EURO.

Bélgica (consulte os jogos aqui)

Confronto directo
v Rússia V6 E2 D4 GM21 GS17
v Dinamarca V4 E3 D6 GM21 GS23
v Finlândia V3 E4 D4 GM20 GS19

Registo na qualificação: J10 V10 E0 D0 GM40 GS3
Melhor marcador na qualificação: Romelu Lukaku (7)
Melhor desempenho no UEFA EURO: finalista vencido (1980)
UEFA EURO 2016: quartos-de-final, perdeu 3-1 com o País de Gales

Seleccionador: Roberto Martínez
Antigo médio espanhol, Martínez afirmou-se como treinador no futebol inglês e lidera os destinos da Bélgica desde 2016.

Jogador-chave: Eden Hazard
Agora no Real Madrid, o veloz e tecnicista médio-ofensivo já contabiliza mais de 100 jogos pela Bélgica aos 28 anos, sendo capaz de marcar golos com a mesma facilidade com que assiste os colegas.

Jogador a seguir: Youri Tielemans
O versátil médio do Leicester é um dos elementos mais jovens (22 anos) entre um conjunto de jogadores já com créditos firmados; tem um temível remate de longa distância, para além de uma excelente qualidade de passe.

Sabia que?
Os “diabos vermelhos” são a melhor selecção mundial, de acordo com o “ranking” actual da FIFA.

Rússia (consulte os jogos aqui)

Confronto directo
v Bélgica V4 E2 D6 GM17 GS21
v Dinamarca V9 E1 D1 GM32 GS10
v FinlÂndia V12 E5 D1 GM55 GS13

Registo na qualificação: J10 V8 E0 D2 GM33 GS8
Melhor marcador na qualificação: Artem Dzyuba (9)
Melhor desempenho no UEFA EURO: vencedor (1960, como URSS), meias-finais (2008)
UEFA EURO 2016: fase de grupos

Seleccionador: Stanislav Cherchesov
O antigo guarda-redes internacional russo do Spartak Moscovo assumiu o cargo de seleccionador no Verão de 2016 e, após dois anos de altos e baixos, levou a Rússia aos quartos-de-final do Mundial de 2018.

Jogador-chave: Artem Dzyuba
O alto ponta-de-lança do Zenit é o capitão de equipa da Rússia e o seu actual melhor marcador, com 24 golos.

Jogador a seguir: Dmitri Barinov
O médio de 23 anos estreou-se pela Rússia no último Verão e está a viver o melhor ano da sua carreira. Marcou o golo que permitiu ao Lokomotiv Moscovo bater o Leverkusen na UEFA Champions League e tem brilhado igualmente a nível interno.

Sabia que?
A Rússia já vai em cinco jogos seguidos sem conseguir vencer numa fase final de um EURO; o seu último triunfo coincidiu com uma goleada, por 4-1, frente à República Checa no UEFA EURO 2012.

Topo