Quem se apurou para o UEFA EURO 2020?

República Checa, Inglaterra, França e Turquia juntaram-se a Bélgica, Itália, Rússia, Polónia, Ucrânia e Espanha na fase final do UEFA EURO 2020.

Getty Images

Mantenha-se a par de todas as equipas já apuradas para o UEFA EURO 2020.

SORTEIO DO EURO: 30 DE NOVEMBRO

No primeiro dia de jogos na nona jornada, Turquia e França asseguraram um lugar na fase final do torneio.

BÉLGICA

Registo no Grupo I: J8 V8 E0 D0 GM30 GS1
Melhor marcador no apuramento: Romelu Lukaku (6)
Melhor desempenho no UEFA EURO: finalista vencido (1980)
UEFA EURO 2016: quartos-de-final: perdeu por 3-1 ante o País de Gales

A Bélgica foi a primeira apurada
A Bélgica foi a primeira apurada

Seleccionador: Roberto Martínez
Um antigo médio espanhol que se afirmou como treinador no futebol inglês, Martínez lidera os destinos da Bélgica desde 2016.

Jogador-chave: Eden Hazard
Agora no Real Madrid, o veloz e tecnicista médio ofensivo já contabiliza mais de 100 internacionalizações pela Bélgica aos 28 anos de idade, sendo capaz de marcar golos com a mesma facilidade com que assiste os seus colegas.

Jogador a seguir: Youri Tielemans
Um dos elementos mais jovens (22 anos) entre um conjunto de jogadores já com créditos firmados, o versátil médio do Leicester tem um temível remate de longa distância, para além de uma excelente qualidade de passe.

Sabia que?
Os “diabos vermelhos” são a melhor selecção do mundo, de acordo com o “ranking” actual da FIFA.

REPÚBLICA CHECA

Registo no Grupo A: J7 V5 E0 D2 GM13 GS10
Melhor marcador no apuramento: Patrik Schick (4)
Melhor desempenho no UEFA EURO: vencedor (1976, como Checoslováquia)
UEFA EURO 2016: fase de grupos

Seleccionador: Jaroslav Šilhavý
Detentor do recorde de maior número de internacionalizações na seleção checa (465), o técnico de 58 anos conquistou dois títulos antes de assumir o comando da selecção, em Setembro de 2018.

Jogador-chave: Vladimír Darida
Centrocampista que actua no Hertha Berlim, comanda pelo exemplo e inspirou a vitória surpresa de Outubro sobre a Inglaterra.

Jogador a seguir: Tomáš Souček
A força motriz do meio-campo. Foi Jogador da temporada em 2018/19 na Rep. Checa, com o Slávia de Praga a conquistar o título.

Sabia que?
A República Checa esteve sempre presente no Campeonato da Europa da UEFA como nação independente, atingindo sete fases finais consecutivas.

INGLATERRA

Registo no Grupo A: J7 V7 E0 D1 GM33 GS5
Melhor marcador no apuramento: Harry Kane (11)
Melhor desempenho no UEFA EURO: terceiro lugar (1968)
UEFA EURO 2016: oitavos-de-final, perdeu 2-1 com a Islândia

Seleccionador: Gareth Southgate
Mais lembrado por um penalty falhado nas meias-finais do EURO '96, tem realizado um trabalho notável no comando da selecção.

Jogador-chave: Raheem Sterling
Passou de extremo a avançado eficáz no Manchester City, sob o comando de Josep Guardiola. Marcou dez golos nas últimas dez partidas pela Inglaterra.

Jogador a seguir: Jadon Sancho
A Inglaterra não terá um jogador tão maduro aos 19 anos desde Wayne Rooney.

Sabia que?
Os Três Leões foram 43 eliminatórias consecutivas do Campeonato da Europa e da Copa do Mundo sem derrotas até a derrota de outubro para a República Tcheca.

FRANÇA

Registo no Grupo H: J8 V6 E1 D1 GM21 GS5
Melhor marcador no apuramento: Olivier Giroud (5)
Melhor desempenho no UEFA EURO: vencedor (1984, 2000)
UEFA EURO 2016: finalista, perdeu 1-0 frente a Portugal (ap)

A França apurou-se pela sexta vez consecutiva
A França apurou-se pela sexta vez consecutiva

Seleccionador: Didier Deschamps
Deschamps foi o capitão do Bleus na vitória do Campeonato do Mundo de 1998 e no EURO 2000. Seleccionador de França desde 2012, levou os gauleses à glória no Campeonato do Mundo em 2018 e pode garantir o segundo título internacional da sua carreira de treinador em 2020.

Jogador-chave: Antoine Griezmann 
A influência do melhor jogador e goleador-mor do UEFA EURO 2016 na equipa tem sido maior com o passar do tempo; o dianteiro do Barcelona é agora um líder dentro e fora do campo.

Jogador a seguir: Clément Lenglet
Afirmou-se tranquilamente no Barcelona e estreou-se pelos Bleus em Junho de 2019. Parece ser a primeira escolha ao lado de Raphaël Varane no centro da defesa.

Sabia que?
França aparecerá no seu 13º torneio final consecutivo; eles não perdem desde o EURO '96 e chegaram a cinco finais nessa rodada, vencendo três deles.

ITÁLIA

Registo no Grupo J: J8 V8 D0 L0 GM25 GS3
Melhor marcador no apuramento: Andrea Belotti (4)
Melhor desempenho no UEFA EURO: vencedora (1968)
UEFA EURO 2016: quartos-de-final, perdeu frente à Alemanha no desempate por penalties

Seleccionador: Roberto Mancini
Um dos melhores jogadores da sua geração, embora nunca tenha tido muita sorte com a camisola “azzurri”, Mancini está desejoso de deixar a sua marca como seleccionador, isto depois de já ter conquistado troféus ao nível de clubes em Itália, na Inglaterra e na Turquia.

Jogador-chave: Marco Verratti
Tal como o seu treinador, o médio ainda não conseguiu transportar para a selecção italiana tudo o que tem alcançado a nível de clubes. O futebol baseado na posse de bola apresentado por Mancini assenta, porém, que nem uma luva ao jogador do Paris Saint-Germain.

Jogador a seguir: Gianluigi Donnarumma
Aos 20 anos de idade, o guarda-redes Donnarumma já é um veterano, uma vez que já joga futebol ao mais alto nível há várias temporada. Porém, a responsabilidade de substituir Gianluigi Buffon não podia ser maior.

Sabia que?
O triunfo da Itália sobre o Liechtenstein, em Março, assinalou a primeira vez em 57 anos que a “squadra azzurra” venceu por 6-0; bateram a Turquia pela mesma margem em 1962.

POLÓNIA

Registo no Grupo G: J8 V6 E1 D1 GM13 GS2
Melhor marcador no apuramento
: Robert Lewandowski (5)
Melhor desempenho no UEFA EURO
: quartos-de-final (2016)
UEFA EURO 2016
: quartos-de-final, perdeu frente a Portugal nos penalties

Robert Lewandowski continua a marcar pela Polónia
Robert Lewandowski continua a marcar pela PolóniaGetty Images

Seleccionador: Jerzy Brzęczek
Medalha de prata com a Polónia nos Jogos Olímpicos de 1992 durante os seus tempos de jogador, o antigo médio orientou o GKS Katowice e o Wisła Płock antes de assumir o comando técnico da selecção polaca em Julho do ano passado.

Jogador-chave: Robert Lewandowski
O jogador com mais internacionalizações e golos pela Polónia, o ponta-de-lança do Bayern Munique continua a ser um dos mais temíveis goleadores do futebol mundial, sendo prova disso mesmo o “hat-trick” que assinou frente à Letónia na Jornada 7.

Jogador a seguir: Krzysztof Piątek
O avançado do AC Milan marcou 22 golos na edição transacta da Serie A – 13 dos quais pelo seu anterior clube, o Génova – e apresenta uma média de um tento a cada dois jogos desde que começou a representar a Polónia.

Sabia que?
O seleccionador Brzęczek é o tio do veterano médio polaco Jakub Błaszczykowski.

RÚSSIA

Registo no Grupo I: J8 V7 E0 D1 GM27 GS4
Melhor marcador no apuramento: Artem Dzyuba (9)
Melhor desempenho no UEFA EURO:
vencedora (1960, como URSS), meias-finais (2008)
UEFA EURO 2016:
fase de grupos

Artem Dzyuba foi o melhor marcador da Rússia na fase de apuramento
Artem Dzyuba foi o melhor marcador da Rússia na fase de apuramento 

Seleccionador: Stanislav Cherchesov
O antigo guarda-redes internacional russo do Spartak Moscovo assumiu o cargo de seleccionador no Verão de 2016 e, após dois anos de altos e baixos, levou a Rússia aos quartos-de-final do Mundial de 2018..

Jogador-chave: Artem Dzyuba
O alto ponta-de-lança do Zenit é o capitão de equipa da Rússia e o actual melhor marcador, com 24 golos.

Jogador a seguir: Dmitri Barinov
O médio de 23 anos de idade estreou-se pela Rússia no último Verão e está a viver o melhor ano da sua carreira. Marcou o golo que permitiu ao Lokomotiv Moscovo bater o Leverkusen na UEFA Champions League e tem brilhado igualmente a nível interno.

Sabia que? 
A Rússia já vai em cinco jogos seguidos sem conseguir vencer numa fase final de um EURO; o seu último triunfo coincidiu com uma goleada, por 4-1, frente à República Checa no UEFA EURO 2012.

ESPANHA

Registo no Grupo F: J8 V6 E2 D0 GM19 GS5
Melhor marcador da fase de apuramento: Sergio Ramos, Rodrigo (4)
Melhor desempenho no UEFA EURO: vencedor (1964, 2008, 2012)
UEFA EURO 2016: oitavos-de-final, perdeu por 2-0 com a Itália

Rodrigo marcou um golo decisivo na Suécia
Rodrigo marcou um golo decisivo na Suécia

Seleccionador: Robert Moreno 
Eleito para o seu primeiro cargo de treinador senior em Junho, sucedeu a Luis Enrique - de quem era adjunto - que deixou o cargo por motivos pessoais.

Jogador-chave: Sergio Ramos
Pedra basilar numa defesa forte, Ramos também lidera a tabela de melhor marcador, já que é o marcador de penalties.

Jogador a seguir: Fabián Ruiz 
Uma das pedras mais importantes no meio-campo, inspirou a Espanha à glória no EURO Sub-21 neste Verão.

Sabia que? 
Ramos ultrapassou Iker Casillas com mais internacionalizações, acumulando 168 jogos pela para La Roja.

TURQUIA

Registo no Grupo H: J9 V6 E2 D1 GM16 GS3
Melhor marcador da fase de apuramento: Cenk Tosun (5)
Melhor desempenho no UEFA EURO: meias-finais (2008)
UEFA EURO 2016: fase de grupos

A Turquia empatou com a Islândia e apurou-se para a fase final
A Turquia empatou com a Islândia e apurou-se para a fase final

Seleccionador: Şenol Güneş
Antigo guarda-redes da Turquia, que conquistou seis títulos pelo Trabzonspor, Güneş orientou a selecção do seu país até ao terceiro lugar na sua mais recente presença no Campeonato do Mundo, em 2002. Ganhou dois campeonatos pelo Beşiktaş antes de regressar ao cargo na Turquia, em 2019.

Jogador-chave: Cenk Tosun
Güneş sabe como tirar o melhor proveito da principal referência ofensiva da Turquia, tendo trabalhado com o atacante do Everton durante uma passagem bem sucedida pelo Beşiktaş. Não é muito rápido ou de elevada estatura, mas é um trabalhador esforçado e um finalizador nato.

Jogador a seguir: Merih Demiral
Merih deixou o Alanyaspor para rumar ao Sassuolo em 2019, com o técnico Sergen Yalçin a referir: "A Turquia tem avançado para a próxima década". Rapidamente mudou-se para a Juventus, onde se espera um futuro promissor para o jovem avançado, que completa 22 anos antes do UEFA EURO 2020.

Sabia que?
A Turquia se classificou para cinco dos últimos sete EURO, tendo chegado à final pela primeira vez em 1996.

UCRÂNIA 

Registo no Grupo A: J6 V5 E1 D0 GM13 GS2
Melhor marcador no apuramento: Viktor Tsygankov, Ruslan Malinovskyi e Roman Yaremchuk (3)
Melhor desempenho no UEFA EURO: fase de grupos (2012, 2016)
UEFA EURO 2016: fase de grupos

Pepe durante o jogo em que a Ucrânia se apurou para o EURO
Pepe durante o jogo em que a Ucrânia se apurou para o EUROAFP via Getty Images

Seleccionador: Andriy Shevchenko
Avançado de eleição que venceu a UEFA Champions League de 2003 e a Bola de Ouro em 2004 durante a sua passagem no AC Milan, Shevchenko continua em quinto lugar no ranking de melhores marcadores de todas as competições de clubes da UEFA, com 67 remates certeiros.

Jogador-chave: Andriy Yarmolenko
Actual melhor marcador da Ucrânia com 36 golos (apenas Shevchenko, com 48, tem mais), Yarmolenko está em grande forma novamente, depois de uma paragem prolongada devido a lesão.

Jogador a seguir: Viktor Tsygankov
O jogador de 21 anos tem muita concorrência, pois Yarmolenko e Marlos podem jogar na sua posição de eleição, na ala direita, mas continua a ganhar o seu espaço.

Sabia que?
É a primeira vez que a Ucrânia se qualifica directamente para um EURO; os ucranianos foram co-anfitriões em 2012 e venceram a Eslovénia no “play-off”, tendo carimbado presença na fase final em 2016.

Topo