Importante saber

Getty Images/iStockphoto

1. Certifique-se que o seu passaporte é válido pelo menos por mais seis meses a contar da data da viagem. Confira aqui se vai necessitar de visto.

Getty Images/iStockphoto

2. Os residentes na União Europeia (UE) dispõem de roaming gratuito em Inglaterra. Os adeptos oriundos de outros países devem verificar os custos junto das respectivas operadoras. É comum haver Wi-Fi gratuito nas áreas públicas, nos cafés e nos restaurantes.

3. A hora local é actualmente a UTC +1, ou seja:

  • Bilbau, Copenhaga, Munique: +1h
  • São Petersburgo: +2h
  • Bacu: +3h
Getty Images/iStockphoto

4. A moeda local é a libra esterlina (GBP). Os cartões de débito e de crédito são amplamente aceites em Inglaterra. As caixas multibanco (ATM) são igualmente abundantes e pode pagar em todo o lado com libras inglesas (tenha em atenção, contudo, que cabe ao vendedor decidir se aceita ou não notas emitidas por bancos escoceses). Alguns restaurantes e lojas de menor dimensão poderão recusar cartões de crédito, por isso é sempre bom ter algum dinheiro no bolso.

5. A maioria dos supermercados e lojas estão abertos sete dias por semana, mas aos domingos alguns dos estabelecimentos podem estar encerrados ou abrir por um período máximo de seis horas.

6. As gorjetas em Londres rondam, normalmente, os 10/15% da conta nos restaurantes, hotéis e táxis pretos. Quando for comer fora tenha atenção porque muitas vezes os restaurantes acrescentam taxas de serviço arbitrárias, pelo que é boa ideia conferir sempre tudo antes de pagar. Nos bares não é costume dar-se gratificações.

7. Vai precisar de um adaptador de tomadas, visto que estas são diferentes das que habitualmente existem na Europa continental.

Topo