O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Nani encara missão com optimismo

Em entrevista ao UEFA.com, Nani enalteceu as qualidades da selecção portuguesa, depositando esperança num bom desempenho no UEFA EURO 2012, apesar da derrota na estreia.

Nani encara missão com optimismo
Nani encara missão com optimismo ©UEFA.com

Nani é tido como um dos melhores jogadores portugueses da actualidade e será, certamente, uma ameaça constante para a selecção da Dinamarca na segunda jornada do Grupo B do UEFA EURO 2012. Em entrevista ao UEFA.com, o extremo do Manchester United FC enalteceu as qualidades da equipa das "quinas", depositando esperança num bom desempenho na competição que se realiza na Polónia e na Ucrânia.

"A selecção demonstrou que tem qualidade frente à Alemanha", referiu o atleta, acrescentando: "Mostrámos que somos capazes de vencer frente a adversários de grande valor, como a Alemanha. Ficámos naturalmente desapontados, pois penso que merecíamos algo mais. Ainda assim, estamos confiantes para os dois jogos que faltam na fase de grupos."

No UEFA EURO 2004, Portugal também se estreou com uma derrota e acabou por chegar à final, algo que Nani espera que sirva como inspiração para o que resta do EURO. "No jogo com a Alemanha melhorámos em relação aos encontros anteriores e espero que essa evolução continue frente à Dinamarca. Era bom chegarmos à final e podermos dizer que evoluímos desde o jogo com a Alemanha. Isso seria muito bom para nós."

Para já, Nani prefere concentrar-se na Dinamarca, selecção que o extremo defrontou recentemente e contra a qual marcou dois golos na vitória por 3-1, em Outubro de 2010, e três em quatro partidas – um dos quais na estreia, a 1 de Setembro de 2006. No que toca à selecção nórdica, o atleta de 25 anos enumera as suas qualidades ofensivas e dá destaque à estreia no EURO 2012, onde um golo de Michael Krohn-Deli foi suficiente para derrotar a Holanda em Kharkiv.

"Penso que as principais virtudes da Dinamarca estão no seu ataque", avisou Nani. "Atacam muito bem e quando os defrontamos colocam-nos muitos problemas no jogo aéreo. Ainda assim, penso que estamos preparados para anular os seus pontos mais fortes."

Nani é um dos cinco capitães de equipa escolhidos por Paulo Bento, a par de Cristiano Ronaldo, Pepe, Bruno Alves e Raul Meireles, e tem visto com bons olhos a evolução da selecção das "quinas" sob o comando do seleccionador. "Tem-se assistido a uma mudança para melhor", apontou, tendo salientado a renovação gradual que sido operada na selecção.

"Alguns jovens jogadores têm tido mais oportunidades recentemente e têm aproveitado para demonstrar grande carácter e dedicação. Têm feito a sua evolução junto de outros jogadores mais experientes, o que te sido positivo. Vamos ser mais fortes no futuro", revelou Nani.

O extremo falhou o Campeonato do Mundo de 2010, devido a lesão, mas está a aproveitar ao máximo a experiência no UEFA EURO 2012. "Sim, quero recuperar o tempo perdido e desfrutar, o máximo de tempo possível, a presença no Europeu", finalizou.