O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Veloso acredita em Portugal

O médio Miguel Veloso debateu com o UEFA.com a estreia da selecção de Portugal no UEFA EURO 2012, falou do próximo embate com a Dinamarca e dos seus desejos para o que resta da prova.

Miguel Veloso em conversa com o UEFA.com
Miguel Veloso em conversa com o UEFA.com ©UEFA.com

Miguel Veloso tem sido uma escolha regular no meio-campo da selecção de Portugal e debateu com o UEFA.com a estreia da equipa das "quinas" no UEFA EURO 2012, o próximo embate com a Dinamarca e os seus desejos para o que resta da competição na Polónia e na Ucrânia.

Sobre o arranque no Grupo B, Veloso assegurou que a derrota diante da Alemanha já faz parte do passado, defendendo que a selecção lusa deu excelente réplica apesar da derrota por 1-0. "Temos a consciência daquilo que fizemos dentro de campo frente à Alemanha. Apesar de não termos alcançado o resultado que queríamos, fizemos uma boa exibição. Demonstrámos a união existente no grupo, mesmo depois de sofrermos o golo, sabendo que não é fácil defrontar uma selecção como a Alemanha. Após o golo demos uma resposta positiva."

No que toca ao decisivo duelo com os dinamarqueses, o médio de 26 anos referiu que "a selecção entra para todos os jogos para ganhar, independentemente do adversário. É assim que estamos a encarar o encontro com a Dinamarca. Vamo-nos preparar da melhor forma para conseguirmos vencer." No que respeita à pressão existente após a derrota na estreia, anotou: "Existe sempre pressão, porque na selecção portuguesa há sempre o objectivo de ganhar. Contra a Dinamarca não será diferente."

Veloso falhou a última vitória sobre a Dinamarca, em Outubro de 2010 (3-1), e na derrota em Copenhaga (2-1) entrou aos 65 minutos. No entender do jogador, o facto de ambas as equipas se conhecerem bem não é relevante: "São jogos diferentes. Esta competição tem outra responsabilidade e nós vamos fazer o nosso melhor para conseguir os três pontos. A Dinamarca defende muito bem e contra a Holanda exploraram com sucesso o contra-ataque, mas nós vamos tentar travá-los."

"Temos respeito por todas as selecções mas penso que as outras equipas também nos respeitam, até porque temos um óptimo conjunto, constituído por excelentes jogadores. Sabemos que a Dinamarca fez um resultado muito bom contra a Holanda, venceram merecidamente, mas nós temos de fazer o nosso trabalho dentro do campo e lutar até ao último minuto pela vitória", adiantou o centrocampista do Genoa CFC.

Sobre o facto de fazer novamente parceria com João Moutinho no centro do terreno, jogador que conhece bem dos tempos do Sporting, assim como Nani, Veloso assegurou: "É importante conhecermos bem os nossos companheiros. Se jogarmos algum tempo juntos isso ainda fortalece mais o grupo, uma vez que sabemos melhor o que os nossos colegas podem fazer dentro do campo."

No que toca ao desempenho de Paulo Bento na selecção, treinador com quem também trabalhou no Sporting, Veloso disse que "tem sido fantástico no assumir da responsabilidade que é orientar este grupo. Quando chegou à selecção o apuramento para o EURO 2012 não era um objectivo fácil mas tem todo o mérito pelo trabalho que tem desenvolvido. Está a fazer um óptimo trabalho e há que dar continuidade a esse mesmo trabalho."

Sobre o facto de Portugal se ter estreado no UEFA EURO 2004 com uma derrota e de ter alcançado depois a final, o atleta referiu que pode até inspirar os jogadores. "Inspiramo-nos e desejamos que isso aconteça novamente, mas primeiro temo-nos de focar no jogo com a Dinamarca, na certeza que lutaremos até ao último minuto pela vitória."