O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Modrić satisfeito com apuramento da Croácia

"O nosso lugar é na fase final", explicou Luka Modrić, depois de ajudar a equipa de Slaven Bilić a afastar a Turquia, com um total de 3-0, e a garantir a presença no UEFA EURO 2012.

Os croatas comemoram o apuramento
Os croatas comemoram o apuramento ©Getty Images

A Croácia não conseguiu repetir a sensacional exibição da primeira mão, em Istambul, mas os adeptos enregelados que estiveram no Stadion Maksimir não se queixaram, pois puderam comemorar a quarta qualificação, em cinco tentativas desde 1996, para a fase final de um Campeonato da Europa.

Depois do triunfo por 3-0 na última sexta-feira, a Croácia era a grande favorita para seguir em frente, por isso, no final do encontro, vivia-se um sentimento de satisfação pela passagem à fase final.

"Estamos felizes por superar um adversário complicado como a Turquia", explicou o médio do Tottenham Hotspur FC, Luka Modrić. "Considero que merecemos esta qualificação e que o nosso lugar é na fase final."

O guarda-redes Stipe Pletikosa concordou. "A Turquia foi um adversário difícil para o 'play-off', por isso estamos felizes com o 3-0. Esta noite o relvado estava gelado e não jogámos muito bem, mas sabíamos qual era o nosso objectivo. Eles criaram uma boa oportunidade na primeira parte, mas depois dominámos o encontro e merecemos seguir em frente."

A equipa de Guus Hiddink estava obrigada a marcar cedo, para tentar anular a vantagem confortável dos croatas, e esteve muito perto de inaugurar o marcador aos cinco minutos. Um remate de longa distância de Selçuk İnan saltou à frente de Pletikosa, ultrapassou o guarda-redes e foi devolvido pelo poste. A bola ficou ao dispor de Colin Kazım Richards, mas o guarda-redes do FC Rostov evitou o golo com uma defesa por instinto e impediu que os visitantes ganhassem ascendente no encontro e pudessem sonhar em anular a desvantagem da primeira mão.

"Tivemos um boa oportunidade para marcar no primeiro tempo, mas não acertei no alvo", lamentou o médio do Galatasaray AŞ. "Foi um remate instintivo, mas o guarda-redes fez uma boa defesa. Era muito difícil anular uma desvantagem de três golos."

Em vez de lamentar o objectivo falhado, Kazım Richards preferiu aceitar a derrota com desportivismo e encarar o futuro de forma positiva. "Agora vamos pensar nos jogos de qualificação para o Campeonato do Mundo, que é o nosso próximo objectivo", explicou. "Quero felicitar os jogadores croatas, merecem estar na fase final."

O defesa croata Josip Šimunić afirmou que o UEFA EURO 2012 é uma recompensa para os adeptos, depois de uma fase de qualificação que começou bem, mas que por vezes pareceu estar em risco. "Os adeptos voltaram a estar excelentes", explicou o defesa-central do GNK Dinamo Zagreb. "Esperamos que muitos deles possam apoiar a equipa na fase final. Fomos alvo de algumas críticas durante os jogos da fase de grupos, mas mais uma vez conseguimos a qualificação. É a quarta em cinco tentativas. Considero uma proeza incrível para um país com apenas quatro milhões de habitantes."