O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Porque pode Portugal sagrar-se campeão?

Portugal não venceu qualquer jogo no EURO 2016 no tempo regulamentar, mas Joe Walker, do EURO2016.com, identifica três razões pelas quais poderá finalmente chegar ao título.

Portugal chegou às meias-finais em quatro das últimas cinco edições do EURO
Portugal chegou às meias-finais em quatro das últimas cinco edições do EURO ©AFP/Getty Images

Está na hora
Portugal tem personificado a frase "sempre a dama de honor e nunca a noiva" no que toca ao Campeonato da Europa da UEFA. A equipa das "quinas" foi quatro vezes semifinalista nas últimas cinco edições do EURO, e numa delas conseguiu ainda chegar à final, perdendo na prova da qual foi organizador, em 2004. Esta geração de futebolistas sofreu desilusões suficientes e terá aprendido com a eliminação diante da Espanha, nas meias-finais de 2012. Possui um misto de jovens promessas, como Renato Sanches e André Gomes, e a experiência de Cristiano Ronaldo, Pepe ou Ricardo Carvalho.

Ronaldo fala em vitória justa
Ronaldo fala em vitória justa

Tem Cristiano Ronaldo
O recordista de jogos em fases finais do EURO tornou-se, durante a fase de grupos, no primeiro jogador a marcar em edições diferentes do torneio. No entanto, não tem, mesmo de acordo com os seus extremamente elevados padrões, estado ao nível que todos esperam dele. Ainda assim, tem criado perigo de forma consistente e já marcou dois golos, além de ter feito duas assistências. Ronaldo também consegue fabricar um golo (para si ou para os outros) a partir do nada, e é garantidamente um jogador para os grandes jogos. Sabendo que esta pode ser a sua derradeira oportunidade para alcançar a glória com Portugal, entrará em campo com a missão de assegurar para a selecção o troféu internacional que teima em escapar.

Portugal tem beneficiado de enorme apoio em França
Portugal tem beneficiado de enorme apoio em França©Getty Images

Beneficia de apoio inacreditável 
Com a França a acolher a maior diáspora portuguesa no Mundo, houve alturas em que Portugal parecia estar mesmo a jogar em casa, tal era a quantidade de adeptos nos estádios onde decorre a prova. Centenas acolhem a selecção onde quer que esta vá - hotéis, estádios e aeroportos – e, após a vitória sobre a Croácia nos oitavos-de-final, mais de 500 pessoas esperaram, debaixo de chuva inclemente, a chegada da selecção lusa ao seu quartel-general em Marcoussis, o que aconteceu pelas 04h00. A sua paixão, crença e fome de vencer nunca desvaneceu e os adeptos têm uma enorme quota-parte no sucesso de Portugal até ao momento. Por isso, bem podem ajudar Portugal a conseguir o tão ambicionado título europeu.

Por outro lado...

Sorte pode chegar ao fim 
Portugal conseguiu apurar-se para as meias-finais do EURO 2016 sem ter ganho qualquer jogo durante o tempo regulamentar. Na fase a eliminar, somente um golo ao cair do pano e um desempate por grandes penalidades ajudaram a deixar os adversários pelo caminho. Mas a verdade é que não pode continuar a confiar sempre na diferença mínima: as três selecções envolvidas em desempates por penalties de forma consecutiva perderam o segundo. Portugal terá que encontrar a vitória que lhe tem escapado, preferencialmente nos 90 minutos, algo que ainda não conseguiu.