O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Löw: Gomez dá algo diferente à Alemanha

O seleccionador da Alemanha, Joachim Löw, explicou a opção pelo goleador Mario Gomez, enquanto Michael O'Neill elogiou a exibição do seu guarda-redes, Michael McGovern, e o apoio dos adeptos.

EURO 2016 highlights: Northern Ireland 0-1 Germany
EURO 2016 highlights: Northern Ireland 0-1 Germany

Joachim Löw, seleccionador da Alemanha
Mario Gomez marcou o golo [da vitória], confirmando o que tínhamos visto nos treinos durante a semana. Foi bom experimentar um tipo de jogador diferente no ataque: um verdadeiro número nove em vez de um 'falso' nove. Ele gosta de jogar no meio e foi importante porque o adversário esteve compacto e isso deu-lhes algo em que pensar, libertando jogadores como Thomas Müller, que teve um par de oportunidades.

Joshua Kimmich esteve muito bem na direita. Teve algumas boas arrancadas, fez cruzamentos e nunca pareceu nervoso. É um rapaz muito inteligente e também esteve bem no jogo aéreo, pelo que fiquei bastante satisfeito com a exibição dele.

Não estou preocupado com o facto de Thomas Müller não ter marcado. Se não tivesse tido ocasiões, ficaria mais preocupado, mas dispôs de três ou quatro flagrantes e isso mostra que ele está a jogar bem. Esteve perto de marcar e estou certo de que o irá conseguir no próximo jogo.

Mesut Özil, médio da Alemanha e melhor em campo
Queríamos ter marcado mais golos neste jogo. Criámos várias oportunidades e isso foi positivo, até porque não tinha acontecido contra a Polónia [na segunda jornada]. Dominámos por completo e conseguimos o mais importante, que era conquistar os três pontos. O nível deste torneio é muito elevado. As melhores equipas europeias estão a defrontar-se e isso reflecte-se no equilíbrio dos resultados.

Michael O'Neill, seleccionador da Irlanda do Norte
Os adeptos são magníficos, as canções são magníficas e espero que continuem a cantá-las no fim-de-semana.

Temos esperança de não ir para casa. De qualquer maneira, não me parece que os adeptos o façam. Queríamos garantir um lugar nos oitavos-de-final, mas nunca seria fácil jogar contra os campeões do mundo.

Foi muito difícil para nós, mas aguentámo-nos bem e defendemos de forma excelente. Michael McGovern [o guarda-redes da Irlanda do Norte] teve uma tarde fantástica e agora esperamos ter a oportunidade de jogar na fase a eliminar.