O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Antevisão: Hungria - Portugal

Fernando Santos acredita que Cristiano Ronaldo vai marcar à Hungria, num jogo em que Portugal tentará juntar-se nos "oitavos" ao um adversário que, apesar de já apurado, quer segurar o primeiro lugar.

Fernando Santos continua a acreditar que Portugal vai chegar à final deste EURO 2016
Fernando Santos continua a acreditar que Portugal vai chegar à final deste EURO 2016 ©Panoramic
  • Portugal está em terceiro no Grupo E à entrada para o último jogo, a dois pontos da líder Hungria
  • Os portugueses ganharam os cinco jogos oficiais entre as duas selecções
  • As duas vitórias mais recentes aconteceram na qualificação para o Mundial 2010
  • Portugal marcou três golos em cada um dos dois jogos com os húngaros na fase de apuramento para o UEFA EURO 2000
  • As duas equipas ficaram no mesmo grupo da qualificação para o Mundial 2018


Equipas prováveis
Hungria: Király; Lang Guzmics, Juhász, Kádár; Nagy, Gera; Dzsudzsák, Kleinheisler, Lovrencsics; Szalai.
De fora: Fiola
Em dúvida: Böde
Falham o próximo jogo se virem um cartão amarelo: Kádár, Kleinheisler, Nagy, Németh

Portugal: Rui Patrício; Vieirinha, Ricardo Carvalho, Pepe, Eliseu; William Carvalho, João Moutinho, Renato Sanches; Ricardo Quaresma, Cristiano Ronaldo, Nani.
De fora: não há
Em dúvida: André Gomes (coxa), Raphaël Guerreiro (coxa)
Falham o próximo jogo se virem um cartão amarelo: Pepe, Quaresma

Bernd Storck, seleccionador da Hungria
Quem diria antes do torneio que estaríamos em primeiro com quatro pontos e Portugal precisaria de uma vitória para se qualificar. Todos os elogios são insuficientes para a minha equipa. Temos de continuar a fazer o que fizemos nos dois últimos jogos e teremos de jogar com disciplina na defesa. Eles vão pressionar-nos porque têm uma equipa de classe mundial.

Toda a gente está sempre a fazer perguntas sobre Cristiano Ronaldo. Há outras jogadores de classe mundial nesta equipa, que já ganharam a Champions League e que contribuíram muito. Teremos de lutar todos juntos e de jogar com bravura. Não podemos ter medo e esperamos impor o nosso estilo de jogo. Não será só o nº7 deles a jogar.

Tento sempre dar o exemplo. Preparo sempre a minha equipa para o que vai defrontar. É por isso que não tenho medo nem estou preocupado. Analisamos sempre o adversário, para que os nossos jogadores saibam o que esperar. Não penso que sejamos suficientemente fortes para fazer o nosso jogo e destruir Portugal, por isso teremos de os estudar.

Fernando Santos inventiva Ronaldo
Fernando Santos inventiva Ronaldo

Fernando Santos, seleccionador de Portugal
Acredito nos meus jogadores. Por que razão iria começar a ser pessimista de repente? Toda a gente acreditava na nossa equipa há dois dias. Fizemos um grande jogo [contra a Áustria] e agora toda a gente nos questiona. Isso faz-me confusão. Temos sido exemplares. Trabalhámos muito, estamos empenhados e temos jogadores de qualidade. Por que não iria acreditar neles? Isso não faz sentido. Acredito que vamos lá chegar [à final].

Estou certo de que [Cristiano Ronaldo] vai superar tudo e que fará o que faz melhor. E o que ele faz melhor é marcar golos. Estou certo de não acusará ansiedade. Vai continuar a marcar os livres directos e os penalties.

Não penso que a Hungria vá jogar de forma defensiva. É verdade que eles podem nem estar dependentes de outros resultados, mas uma equipa não muda de estilo do dia para a noite. Têm jogadores que trabalham muito e que são muito fortes. A força da Hungria é colectiva. Gostam de circular a bola e de atacar. O que espero deles é o que vi nos jogos anteriores.

Repóteres da equipa do UEFA.com
Matthew Watson-Broughton, Hungria (@UEFAcomMattWlB)
A Hungria está a viver um autêntico conto-de-fadas! Quem diria que a Hungria já estaria qualificada antes de entrar em campo para o seu terceiro jogo? A primeira tarefa está, pois, cumprida. Agora segue-se a segunda, que passa por garantir um dos dois primeiros lugares, Storck pode rodar a equipa, mesmo mantendo o esquema de 4-2-3-1, por uma questão de continuidade.

Ronaldo orgulhoso, mas frustrado
Ronaldo orgulhoso, mas frustrado

Joseph Walker, Portugal (@UEFAcomJoeW)
Fernando Santos e a sua equipa estão numa posição que ninguém podia prever quando o sorteio se realizou, mas os factos são simples: estão em terceiro à entrada para a última jornada do Grupo F. O pormenor é que este tem sido um dos grupos mais equilibrados e uma vitória colocará, com alto grau de probabilidade, Portugal no topo. Com um registo de 50 remates e apenas um golo, a equipa terá de ser eficaz se quiser evitar uma saída prematura da competição. Todos os olhos estarão postos em Cristiano Ronaldo, Nani e Ricardo Quaresma para selar o apuramento.

Últimos resultados (todos os jogos, os mais recentes primeiro)
Hungria: EVDEEVDVEE
Portugal
: EEVDVVDVDV

Sabia que?
O único encontro entre os dois países numa fase final aconteceu no Mundial 1966, com uma vitória de Portugal por 3-1, na jornada de estreia, em Old Trafford. Ambas as selecções conseguiriam a qualificação, à frente de Brasil e Bulgária. Saiba mais na extensa retrospectiva do encontro.

Siga o jogo nas redes sociais (#HUNPOR)
@UEFAEURO
UEFA EURO no Facebook
UEFA EURO no Instagram