O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Ronaldo motivado após empate "louco" com a Hungria

Cristiano Ronaldo bisou e não escondeu a satisfação por ajudar Portugal a marcar encontro com a Croácia nos oitavos-de-final, após empatar a três com a Hungria, enquanto Bernd Storck elogiou a sua equipa.

EURO 2016 highlights: Hungary 3-3 Portugal
EURO 2016 highlights: Hungary 3-3 Portugal

Cristiano Ronaldo, avançado de Portugal e Melhor em Campo
Foi um jogo louco. Estivemos três vezes fora do Europeu e andámos sempre atrás do resultado. Foi um jogo complicado, estava muito calor, mas acabámos por passar,ainda que em terceiro lugar. Queríamos ganhar o jogo e o grupo, ou terminar no segundo lugar, mas conseguimos a qualificação. Espero ganhar o próximo jogo.

[Sobre marcar em quatro EUROs] É mais um recorde, gosto de dizer que eles surgem de forma natural. Não posso negar que não esteja feliz, mas a prioridade era passar aos oitavos-de-final e agora vamos defrontar uma equipa muito difícil.

Penso que será um jogo de 50-50. A Croácia tem excelentes jogadores. Não é qualquer equipa que ganha à Espanha, por isso tem o nosso respeito. Temos as nossas armas, sabemos o nosso valor e vamos jogar olhos nos olhos.

Fernando Santos, seleccionador de Portugal
Queríamos terminar em primeiro lugar, era isso que tínhamos em mente, para seguir em frente, e não desta forma. Nestes três jogos fizemos mais do que suficiente para terminar em primeiro lugar. Depois dos dois primeiros desafios, disse que a equipa estava a jogar bem, mas não conseguimos marcar. Hoje foi o oposto. Conseguimos atacar e marcar golos, tivemos mais oportunidades, mas não fomos tão sólidos na defesa.

Declarações exclusivas de Cristiano Ronaldo
Declarações exclusivas de Cristiano Ronaldo

Quero elogiar os meus jogadores. Ficámos três vezes em desvantagem depois de remates felizes, mas conseguimos empatar três vezes e ainda tentámos marcar o quarto golo. No final, a Hungria deixou de jogar. Tentámos pressionar, mas sabíamos que o mais importante era garantir a qualificação.

O Cristiano Ronaldo é assim. Tem de marcar porque é um vencedor. Joga no ataque e alimenta-se de golos. Este jogo aumentou os seus índices de confiança. É um jogador confiante e determinado, mas isto vai aumentar a sua confiança para o jogo contra a Croácia.

A partir de agora tudo é diferente. O próximo jogo é uma final, Este jogo já o era. Até ao derradeiro jogo do torneio, tudo são finais. Temos de ter capacidade de luta e de sacrifico para ganhar, pois essa é a única forma de ganharmos jogos. Penso que vamos levar a melhor.

A Croácia é um dos adversários de peso e tentámos evitá-la. Ficou em primeiro no grupo da Espanha e isso prova que é muito forte. Basta olhar para os seus jogadores. Há algumas equipas que são favoritas, outras que têm ambições de chegar longe, e a Croácia é uma delas. Sei que vamos defrontar um adversário forte e que uma das equipas vai ser eliminada. Espero que não seja Portugal.

Nani, avançado de Portugal
Foi mais um jogo difícil, mas temos de destacar a excelente atitude da equipa. Estivemos três vezes em desvantagem e conseguimos responder imediatamente da melhor maneira. Isso mostrou a excelente atitude de uma equipa forte, que é psicologicamente forte e não se deixa abater, mesmo quando está em dificuldades.

Agora vamos ter um jogo a eliminar. Penso que tudo vai ser diferente e vamos começar a nossa série de vitórias. A Croácia é muito forte, mas viemos para este EURO com a ambição de querer ganhar. Para ganhar temos de defrontar qualquer adversário, temos de vencer todas as equipas que aparecerem no nosso caminho e vamos começar com a Croácia.

Dzsudzsák orgulhoso da 'fantástica' Hungria
Dzsudzsák orgulhoso da 'fantástica' Hungria

Bernd Storck, seleccionador da Hungria
Estamos felizes por passarmos à fase seguinte. Sabíamos que teríamos de jogar de forma mais defensiva do que nos primeiros jogos, porque Portugal é uma grande equipa. Com a defesa bem organizada, queríamos aproveitar ao máximo as transições. Fizemos um bom jogo e não permitimos que Portugal tivesse muitas oportunidades, mas quando o Ronaldo tem a bola, pode fazer a diferença. É um jogador de classe mundial, um jogador perigoso que nem sempre conseguimos controlar.

Acreditei na minha equipa desde o início. Mudámos cinco jogadores. Sempre disse que tenho 23 jogadores que estão ao mesmo nível, o desempenho da equipa foi excepcional. Aprendemos em todos os jogos. A equipa tem vindo a evoluir de jogo para jogo. Estamos muito felizes por termos evoluído tanto.

Os jogadores da Hungria comemoram a qualificação
Os jogadores da Hungria comemoram a qualificação©Getty Images

Zoltán Gera, médio da Hungria
Estamos a realizar um percurso fantástica. Participar neste campeonato e terminar em primeiro lugar no grupo é uma experiência única. Tem um grande significado para a equipa. É uma experiência fantástica, estamos ansiosos pelo próximo jogo. Mal podemos esperar para voltar a entrar em campo.