Portugal regressa às vitórias, Alemanha e França em óptima forma

Portugal foi mais forte do que a Bélgica, a Alemanha goleou a Itália e a França bateu a Rússia, enquanto Inglaterra e Suíça perderam em casa frente a ausentes do EURO.

Portugal regressa às vitórias, Alemanha e França em óptima forma
©Getty Images

Alemanha 4-1 Itália(Kroos 24, Götze 45, Hector 59, Özil 75; El Shaarawy 83)
 Alemanha: Ter Stegen; Rüdiger, Mustafi, Hummels; Rudy, Hector (Ginter 85); Kroos (Kramer 90), Özil; Müller (Can 69), Draxler (Volland 85); Götze (Reus 61)

Itália: Buffon; Darmian, Bonucci (Ranocchia 61), Acerbi; Motta (Parolo 68), Montolivo; Florenzi (De Silvestri 61), Giaccherini (El Shaarawy 69); Bernardeschi, Zaza (Antonelli 78), Insigne (Okaka 68)

Uma excelente exibição defensiva e uma eficácia a toda a prova no ataque garantiram à Alemanha uma goleada sobre a Itália, em Munique, uma resposta forte à derrota de sábado ante a Inglaterra, em Berlim. Thomas Müller, pela primeira vez capitão da selecção de Joachim Löw, assistiu Toni Kroos e Mario Götze para golos na primeira parte, antes de Jonas Hector estrear-se a marcar pela Alemanha e Mesut Özil converter um penalty. A Itália raramente ameaçou mas conseguiu um golo de consolação quando um remate de Stephan El Shaarawy de longe desviou no seu colega da Roma, Antonio Rüdiger, e entrou.

Inglaterra 1-2 Holanda (Vardy 41; Janssen 50p, Narsingh 77)
Inglaterra:
Forster; Walker, Stones, Smalling (Jagielka 70), Rose (Clyne 58); Milner (Alli 82), Drinkwater (Dier 85), Barkley, Lallana (Kane 70); Sturridge (Walcott 58), Vardy.

Como planeado, o seleccionador de Inglaterra, Roy Hodgson, realizou oito alterações na equipa inicial que venceu por 3-2 na Alemanha, no sábado. Promoveu a estreia de Danny Drinkwater e o regresso de Daniel Sturridge após ano e meio de ausência. O colega de Drinkwater no Leicester City, Jamie Vardy, que saiu do banco para marcar em Berlim, abriu o activo em Wembley, ao finalizar uma excelente jogada que teve a participação de John Stones, Adam Lallana e Kyle Walker. Os visitantes empataram quando Vincent Janssen, no seu primeiro jogo internacional como titular, converteu uma grande penalidade, na sequência de uma mão na bola de Danny Rose. Luciano Narsingh ditou a segunda derrota inglesa em 18 jogos desde o último Campeonato do Mundo, e a primeira em casa desde Novembro de 2013.

França 4-2 Rússia(Kanté 8, Gignac 38, Payet 64, Coman 76; Kokorin 56, Zhirkov 68)
França
: Lloris; Evra (Mathieu 46, Digne 54), Sakho, Varane, Sagna ; Diarra, Kanté, Pogba (Sissoko 69); Gignac (Giroud 79), Griezmann (Payet 62), Martial (Coman 46)

Rússia: Akinfeev (Lodygin 46); V Berezutskiy, A Berezutskiy, Kuzmin, Zhirkov (Smolnikov 69); Golovin (Glushakov 79), Dzagoev ; Shirokov (Mamaev 69), Shatov (Samedov 88), Kokorin (Smolov 80) ; Dzyuba

No dia do seu 25º aniversário, N'Golo Kanté marcou o primeiro golo pela selecção, na primeira vez que foi titular pela França, uma finalização na grande área após passe de Antoine Griezmann. A seguir, um livre do mesmo Griezmann foi aproveitado por um cabeceamento em mergulho de André-Pierre Gignac. Alekandr Kokorin reduziu, mas o outro aniversariante francês, Dimitri Payet, comemorou os seus 29 anos com um golo através de livre. Yuri Zhirkov deu nova esperança à Rússia, mas um remate de ângulo apertado de Kingsley Coman concluiu um período de 20 minutos no qual foram apontados quatro golos. "Les bleus" regressam ao Stade de France dentro de 73 dias, para o jogo de abertura do UEFA EURO 2016, frente à Roménia.

Áustria 1-2 Turquia(Junuzović 22; Çalhanoğlu 43, Arda 56)
Áustria:
Özcan; Fuchs, Dragović (Prödl 59), Hinteregger, Klein (Garics 78); Alaba (Schöpf 78), Ilsanker; Arnautović, Junuzović (Hinterseer 72), Burgstaller (Jantscher 66); Okotie (Janko 66)

Turquia: Volkan Babacan; Gökhan Gönül (Şener Özbayraklı 46), Ahmet Çalık, Mehmet Topal, Caner Erkin (İsmail Köybaşı 69); Ozan Tufan, Selçuk İnan, Oğuzhan Özyakup (Volkan Şen 46, Yasin Öztekin 80); Arda Turan, Hakan Çalhanoğlu (Yunus Mallı 73); Cenk Tosun (Nuri Şahin 86)

Um misto e oportunidades desperdiçadas no ataque e de erros defensivos custou à Áustria, adversária de Portugal no Grupo F do UEFA EURO 2016, uma derrota frente à também finalista Turquia, em Viena. Ambas as formações mostraram desde o início vontade de atacar, mas foi a formação orientada por Marcel Koller que criou as principais ocasiões. Zlatko Junuzović finalizou um bom cruzamento de Marko Arnautović a meio da primeira parte e a Áustria mostrou-se determinada a aumentar a vantagem. Porém, Hakan Çalhanoğlu marcou num fantástico livre directo em cima do intervalo e depois Arda Turan aproveitou um erro do guarda-redes Ramazan Özcan para colocar os turcos na frente. A Áustria teve ocasiões para empatar, mas não o conseguiu.

©AFP/Getty Images

Grécia 2-3 Islândia (Fortounis 19p 31; Traustason 34, Ingason 70, Sigthórsson 82)
Islândia: Kristinsson (Halldórsson 46); Sævarsson, Hermannsson, Ingason, Skúlason; Gudmundsson, Gunnarsson (B Bjarnason 46), Hallfredsson (Sigurdsson 46), Traustason (E Bjarnason 46); Bödvarsson (Finnbogason 83), Kjartansson (Sigthórsson 61).

A Islândia, também adversária de Portugal no Grupo F, realizou oito alterações em relação à derrota de quinta-feira por 2-1 na Dinamarca, e voltou a começar mal, numa formação de 3-5-2 - aos 31 minutos já perdia por 2-0. No entanto, a Islândia reagiu e Arnór Traustason somou o terceiro golo em seis partidas e recolocou a Islândia na discussão do resultado. O defesa Sverrir Ingason empatou através do seu primeiro golo a nível internacional e o suplente Kolbeinn Sigthórsson fez o tento da vitória.

Portugal 2-1 Bélgica (leia a crónica aqui) (Nani 20, Ronaldo 40; Romelu Lukaku 62)
Portugal: Rui Patrício; Cedric, Pepe, José Fonte, Raphael Guerreiro; Danilo (Danny 87), Adrien Silva (Renato Sanches 45), André Gomes (William Carvalho), João Mário (Bernardo Silva 45); Nani (Eder 61), Ronaldo (Quaresma 61).

Bélgica: Courtois; Gillet (J Lukaku 59), Denayer (Boyata 86), Vermaelen, Lombaerts; Nainggolan, Witsel, Fellaini (Dembele 79); Chadli, Mertens (Batshuayi 67), R Lukaku.

Suécia 1-1 República Checa (Berg 14; Vydra 26)
 Suécia: Isaksson; Salomonsson (Lustig 81), Nilsson Lindelöf (Milosevic 65), Granqvist, Olsson; Durmaz (Larsson 45), Lewicki (Wernbloom 63), Källström (Hiljemark 45), Forsberg; Ibrahimović, Berg (Guidetti 45)

República Checa: Vaclík; Gebre Selassie, Sivok (Brabek 60), Suchý, Pudil; Darida (Frydek 60), Marecek (Rada 72); Skalák (Sural 60), Kolár, Krejcí; Vydra (Necid 72)

República da Irlanda 2-2 Eslováquia (Long 21, McClean 23; Stoch 13, McShane 44ag)
Irlanda:Elliot (Randolph 16); Christie, McShane, O'Shea (Pearce 46), Ward (Hayes 78); O'Kane (Pilkington 66), Whelan, McCarthy; Hoolahan (McGeady 73), McClean; Long (Brady 46).

Eslováquia: Kozáčik, Pekarík, Škrtel, Saláta, Švento (Tesák 88); Sabo (Duda 64), Greguš (Hrošovský 74), Šesták (Weiss 64), Hamšíik; Stoch (Mak 64); Vittek (Nemec 64).

Luxemburgo 0-2 Albânia (Sadiku 63, Çikalleshi 75)
Albânia:
Berisha (Shehi 61); Xhimshiti, Ajeti (Roshi 67), Veseli, Aliji (Lenjani); Basha, Shala (Sadiku 61), Memushaj (Rashica 61); Çikalleshi, Gashi.

Suíça 0-2 Bósnia e Herzegovina (Džeko 14, Pjanić 57)
Suíça:
Sommer; Lichtsteiner (Lang 65), Schär (Klose 46), Senderos, Rodríguez (Moubandjé 66); Fernandes (Zuffi 46), Xhaka, Kasami (Tarashaj 72); Steffen, Seferović, Mehmedi (Embolo 46)

Topo