Itália termina com reinado de Espanha

Itália 2-0 Espanha
Os italianos desforraram-se das derrotas dos dois últimos Europeus e afastaram a campeã graças a golos de Giorgio Chiellini e Graziano Pellè.

EURO 2016 highlights: Italy 2-0 Spain
EURO 2016 highlights: Italy 2-0 Spain

  • Giorgio Chiellini dá vantagem à Itália com o sétimo golo pela selecção
  • Graziano Pellè confirma o triunfo no período de compensação
  • Itália domina, mas De Gea brilha ao evitar o avolumar do resultado
  • A Espanha tinha derrotado a Itália nos últimos dois Campeonatos da Europa, incluindo na final de 2012
  • Os vencedores vão defrontar a Alemanha nos quartos-de-final, sábado, em Bordéus
  • Todos os preparativos e reacção do jogo


Os golos de Giorgio Chiellini e Graziano Pellè permitiram à Itália vingar a derrota na final de 2012 e eliminar a Espanha, vencedora dos dois últimos Campeonatos da Europa.

A primeira oportunidade de golo do encontro foi criada pelos italianos. Alessandro Florenzi marcou um livre aos nove minutos e Pellè surgiu a cabecear forte e colocado, com David de Gea a responder com uma boa estirada.

 

A Itália voltou a ameaçar aos 25 minutos, Mattia De Sciglio cruzou tenso para um bom cabeceamento de Marco Parolo, mas o remate passou ao lado do alvo. A equipa de Antonio Conte ganhou vantagem aos 33 minutos. Éder marcou de forma violenta um livre em zona frontal, De Gea não conseguiu segurar e Chiellini aproveitou para marcar na recarga.

 

No último minuto da primeira parte Emanuele Giaccherini avançou pela esquerda, tirou alguns adversários da frente e desferiu um remate espectacular, mas De Gea evitou o 2-0 com uma defesa extraordinária.

 

A equipa de Vicente Del Bosque só criou a primeira jogada de perigo aos 49 minutos, quando Cesc Fàbregas cruzou para uma cabeceamento de Álvaro Morata, mas a bola saiu fraca e à figura de Gianluigi Buffon. Os italianos voltaram a estar perto do 2-0 aos 55 minutos, Pellè isolou Éder com um toque de calcanhar, mas De Gea saiu da baliza e evitou o golo de forma sensacional.

 

Espanha continuou a tentar responder e, aos 70 minutos, Andrés Iniesta assistiu de calcanhar Aritz Aduriz, que tinha entrado ao intervalo, e o remate de pé esquerdo do basco não passou muito longe do alvo. Iniesta rematou de primeira de fora da área aos 76 minutos, mas Buffon desviou com segurança. O guarda-redes italiano teve de voar no minuto seguinte, desta vez para desviar um disparo de Gerard Piqué.

 

A Itália voltou a ficar perto do golo aos 85 minutos, o suplente Lorenzo Insigne saiu veloz num contra-ataque, mas De Gea defendeu. No último minuto foi Buffon que brilhou na outra área, quando defendeu um remate à queima-roupa de Piqué. Os italianos chegaram ao 2-0 em período de compensação, na conclusão de uma transição rápida, Matteo Darmian cruzou da direita, a bola sofreu um desvio e sobrou para Pellè que não deu hipóteses a De Gea.

Topo