O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Nulo junta Suíça à França nos oitavos-de-final

Suíça 0-0 França
Paul Pogba por duas vezes e Dimitri Payet acertaram nos ferros para a anfitriã, num empate apurou ambas as equipas.

EURO 2016 highlights: Switzerland 0-0 France
EURO 2016 highlights: Switzerland 0-0 France
  • França e Suíça terminam no primeiro e segundo lugares do Grupo A após empatarem em Lille
  • Paul Pogba acerta duas vezes na trave nos minutos iniciais
  • Substituto Dimitri Payet também vê a trave devolver um remate
  • Vencedora do Grupo A, a França defronta um dos quatro melhores terceiros nos oitavos-de-final
  • A Suíça, segunda classificada, enfrenta segundo classificado do Grupo C

França e Suíça empataram sem golos em Lille, resultado que valeu o apuramento de ambos nas duas primeiras posições do Grupo A para os oitavos-de-final.

EURO 2016: Tudo o que precisa de saber

O apuramento garantido na ronda anterior possibilitou que Didier Deschamps poupasse, por exemplo, a sua figura mais determinante na prova, Dimitri Payet, que só entrou aos 62 minutos, para o lugar de Kingsley Coman. Ao invés, promoveu os regressos de Paul Pogba e Antoine Griezmann, concedeu a titularidade a Andé-Pierre Gignac e lançou Yohan Cabaye, que se estreou na prova.

No lado suíço, a jovem esperança do ataque, Breel Embolo, ocupou o lugar de Haris Seferovic, que não fora feliz nos primeiros dois encontros. O jogo teve uma entrada fortíssima de França que, todavia, passou por apuros aos 7 minutos, quando, na sequência de um canto, Pogba quase marcou na própria baliza, valendo-lhe o helvético Johan Djourou estar caído sobre a linha de golo.

Resumo: As melhores defesas do EURO 2016
Resumo: As melhores defesas do EURO 2016

Depois, o médio da Juventus virou-se para a baliza certa e concluiu os primeiros 20 minutos com quatro fortes remates. Aos 11 minutos, Pogba teve um remate em arco que Yann Sommer tentou agarrar, mas acabou por deixar a bola ir à trave. Dois minutos depois, Sommer fez mesmo uma grande defesa sustendo um remate quase à queima-roupa.

Aos 16 minutos, no entanto, veio o grande momento do encontro até então, quando Pogba puxou do pé esquerdo para desferir um preciso remate que fez a bola embater com estrondo na trave.

Só então a França abrandou um pouco o ritmo, permitindo à Suíça mostrar um pouco o seu valor no contra-ataque. Admir Mehmedi beneficiou de espaço em zona frontal e rematou em arco, mas um pouco por cima. O intervalo chegou depois de um cabeceamento do central francês Laurent Koscielny que encontrou o homólogo suíço Fabian Schär pelo caminho.

EURO 2016: Dimitri Payet em destaque
EURO 2016: Dimitri Payet em destaque

A segunda parte foi menos movimentada que os minutos iniciais do primeiro tempo mas, ainda assim, conheceu momentos bastante interessantes. Gignac teve um bom lance individual concluído com um remate para a defesa segura de Sommer e Griezmann, após tabela com Gignac, também ficou perto do golo.

A meia-hora do fim, Didier Deschamps - que viu o guarda-redes Hugo Lloris igualar o seu recorde de 54 jogos como capitão da selecção francesa – lançou Payet no encontro, visando ganhar vantagem.

Tal não veio a acontecer, apesar de Payet ter ficado mesmo pertíssimo do golo, mas o seu remate sem a bola bater no chão embateu com estrondo na trave, o que impediu o médio do West Ham de festejar um tento como já fizera em cada uma das jornadas anteriores.

EURO 2016: Equipa do Torneio

Equipas

Suíça: Sommer; Rodríguez, Djourou, Schär, Lichtsteiner (c); Mehmedi (Lang 86), Xhaka, Džemaili, Behrami, Shaqiri (Fernandes 79); Embolo (Seferović 74)
Suplentes: Hitz, Bürki, Moubandje, Elvedi, Von Bergen, Frei, Zakaria, Tarashaj, Derdiyok
Treinador: Vladimir Petković

França: Lloris (c); Evra, Koscielny, Rami, Sagna; Pogba, Cabaye, Sissoko; Griezmann (Matuidi 77), Gignac, Coman (Payet 63)
Substitutes: Mandanda, Costil, Jallet, Kanté, Giroud, Martial, Schneiderlin, Mangala, Digne, Umtiti
Treinador: Didier Deschamps

Árbitro: Damir Skomina (Eslovénia)

Melhor em Campo: Yann Sommer (Suíça)