O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Antevisão: País de Gales - Eslováquia

Pela primeira vez em 20 anos vão defrontar-se dois estreantes na primeira jornada, com a Eslováquia pronta para enfrentar o País de Gales e Gareth Bale a "100 por cento".

A Eslováquia treinou no estádio em Bordéus
A Eslováquia treinou no estádio em Bordéus ©Getty Images
  • Primeira vez que dois estreantes no EURO vão defrontar-se na primeira jornada desde o Turquia-Croácia em 1996
  • No dia do 46º aniversário, Chris Coleman elogia a sensacional recuperação de Joe Ledley de uma fractura numa perna 
  • Seleccionador da Eslováquia, Ján Kozák, afirmou ao UEFA.com que Tomáš Hubočan ainda terá de fazer um teste físico
  • Gareth Bale a "100 por cento" para defrontar adversário contra o qual se tornou no mais jovem marcador de sempre do País de Gales
  • Siga os nossos repórteres para saber tudo sobre as equipas: @UEFAcomMPitman e @UEFAcomRastoH
  • Outro jogo do Grupo B: Inglaterra-Rússia (20h00 de Portugal Continental, sábado, Marselha)

Equipas prováveis
País de Gales: Hennessey; Gunter, Taylor, Chester, Williams, Davies; King, Allen; Ramsey, Bale; Robson-Kanu.
Em dúvida: Ledley (perna)

Eslováquia: Kozáčik; Pekarík, Škrtel, Ďurica, Hubočan (Švento); Hrošovský, Kucka; Mak, Hamšík, Weiss; Ďuriš.
Em dúvida: Hubočan (calcanhar)

Chris Coleman comemora o 46º aniversário
Chris Coleman comemora o 46º aniversário©Panoramic

Coach quotes
Chris Coleman, seleccionador do País de Gales
Estamos muito satisfeitos por estar aqui. Pensamos que nunca se tornaria realidade, mas estamos aqui. Estamos muito motivados e ansiosos pelo desafio de amanhã. Os resultados serão o que forem, mas queremos deixar a nossa nação orgulhosa. Temos de jogar ao nosso nível e depois desfrutar do momento. Não podemos esquecer que foram estes jogadores que nos trouxeram até aqui. Os nossos valores fundamentais têm de ser os mesmos. Temos de estar concentrados na nossa exibição. É um momento em que temos de jogar da forma como sempre fizemos, mas também temos de desfrutar.

Foi isto que sempre quisemos. O importante é o que vai acontecer, o próximo desafio. Sempre que surgiram desafios, estes jogadores estiveram à altura. Estes rapazes vão conseguir. Foi fantástico a forma como o Joe Ledley recuperou para estar aqui. Está pronto para jogar amanhã. Mostrou aquilo de que é feito, física e mentalmente, o mérito é todo dele.

A entrada em campo vai ser um momento especial, mas não nos podemos esquecer que estamos aqui para jogar. Quero ver os jogadores a divertirem-se e a mostrarem o que são capazes, eles merecem. Só temos de fazer o que nos levou ao sucesso. Entrar em campo e cantar o hino nacional vai ser incrível. Todos querem ganhar o primeiro jogo. É muito moralizador abordar os jogos seguintes já com uma vitória.

Ján Kozák está preparado para o País de Gales e para Gareth Bale
Ján Kozák está preparado para o País de Gales e para Gareth Bale©Getty Images

Ján Kozák, seleccionador da Eslováquia
Ainda tenho uma dúvida na constituição da equipa, que é o defesa Tomáš Hubočan. Só depois do treino saberemos se está em condições de jogar. Estamos a preparar o primeiro jogo num EURO em 36 anos [A Checoslováquia participou pela última vez 1980], mas tenho idade suficiente para estar nervoso. Claro que a Inglaterra é favorita para ganhar o nosso grupo, tem a melhor equipa e sabe lidar com a pressão mas, na minha opinião, as outras três selecções têm as mesmas hipóteses. Nunca orientei uma equipa num EURO, mas participei num como jogador, é sempre emotivo.

Não gostaria de entrar em detalhes [sobre defrontar o Gareth Bale], mas já deixei uma pista quando disse que o respeito, mas o País de Gales não é apenas o Bale. É um jogo de equipa. Eles têm outros grandes jogadores, que alinham nas melhores equipas inglesas. Nunca seria um perigo para os adversários se não tivesse a equipa a apoiá-lo.

Guia da selecção do País de Gales
Guia da selecção do País de Gales

Repórteres do UEFA.com
Mark Pitman, País de Gales (@UEFAcomMPitman)
Coleman comemorou o 46º aniversário na véspera do primeiro jogo do País de Gales na fase final de uma grande competição desde 1958, mas os festejos estão dependentes da forma como a sua equipa jogar frente à Eslováquia. Os galeses treinaram ao longo da semana na tranquila localidade de Dinard, partilhando sensações positivas com os habitantes locais e com a imprensa, mas estarão bem consciente do desafio complicado que é a Eslováquia.

O “talismã” Gareth Bale afirmou estar a "100 por cento" e será decisivo para o rendimento do seu país em França. A recuperação do médio Joe Ledley veio moralizar ainda mais a equipa que, com os milhares de adeptos que viajaram até Bordéus, deve criar um excelente ambiente.

Rastislav Hríbik, Eslováquia (@UEFAcomRastoH)
O primeiro jogo numa fase final pode ser um momento de grande nervosismo, mas a experiência da Eslováquia na fase final do Campeonato do Mundo de 2010 pode ser muito útil, enquanto a vitória por 3-1 sobre a Alemanha num encontro particular a 29 de Maio não deixa de ser um bom presságio. Matúš Kozacik é um guarda-redes fiável e joga atrás de uma defesa organizada pelo capitão Martin Škrtel, pelo que têm condições para resistir a Gareth Bale e companhia. O poder criativo de Marek Hamšík e motor de Juraj Kucka no meio-campo defensivo devem ser suficientes para servir Michal Ďuriš no ataque.

Guia de forma (todas as competições, o mais recente primeiro)
País de Gales: DDEDVDEVVV
Eslováquia: EVVEEVVVDE

Marek Hamšík estava pensativo na sexta-feira
Marek Hamšík estava pensativo na sexta-feira©Getty Images

Sabia que?
A primeira vez que estas equipas se defrontaram, em Cardiff, a 7 de Outubro de 2006, a Eslováquia venceu por 5-1 e Gareth Bale tornou-se no marcador mais jovem de sempre do País de Gales com 17 anos. Os galeses ganharam por 5-2 fora de casa no segundo jogo.

Acompanhe o jogo nas redes sociais (#WALSVK)
@UEFAEURO
UEFA EURO on Facebook
UEFA EURO on Instagram