O UEFA.com funciona melhor noutros browsers
Para a melhor experiência possível recomendamos a utilização do Chrome, Firefox ou Microsoft Edge.

Embaixadores do UEFA EURO 2020

Lendas do EURO de 12 países, entre os quais seis da selecção de Portugal, formam um equipa de estrelas com 34 jogadores para a 16ª fase final da prova.

Michael Laudrup e Brian Laudrup
Michael Laudrup e Brian Laudrup Ritzau Scanpix/AFP via Getty Ima

Andrey Arshavin (RUS)

• 6 jogos no EURO/2 golos
• Extremo que venceu a Taça UEFA de 2008 com o Zenit; Transferência recorde do Arsenal quando foi contratado em 2009
• Ponto alto no EURO: dois golos e duas assistências que ajudaram a Rússia a atingir as meias-finais do UEFA EURO 2008

Patrik Berger (CZE)

• 7 jogos no EURO/1 golo
• Extremo de classe que venceu o EURO de Sub-16 em 1990 e, mais tarde, a Taça UEFA de 2001 com o Liverpool
• Ponto alto no EURO: apontou o penalty que adiantou a República Checa na final do EURO '96

Angelos Charisteas (GRE)

O momento de glória de Charisteas no EURO
O momento de glória de Charisteas no EURO

• 9 jogos no EURO/4 golos
• Avançado possante autor de 25 golos em 88 internacionalizações pela Grécia
• Ponto alto no EURO: golo de cabeça que permitiu o surpreendente triunfo da Grécia na final do UEFA EURO 2004

Deco (POR)

• 9 jogos no EURO/1 golo
• Médio criativo nascido no Brasil e duas vezes vencedor da UEFA Champions League
• Ponto alto no EURO: chegar à final do UEFA EURO 2004 com Portugal

Alessandro Del Piero (ITA)

• 13 jogos no EURO/1 golo
• “Fantasista” vencedor da UEFA Champions League em 1996 e melhor marcador de sempre da Juventus (290 golos)
• Ponto alto no EURO: chegar à final em 2000 no segundo dos quatro torneios em que participou

Marcel Desailly (FRA)

• 12 jogos no EURO/0 golos
• Defesa combativo de Marselha, Milan e Chelsea; vencedor do Campeonato do Mundo de 1998 com a França

• Ponto alto no EURO: vencedor em 2000 e eleito para a Equipa Oficial do Torneio

Youri Djorkaeff (FRA)

• 10 jogos no EURO/3 golos
• Atacante vencedor do Campeonato do Mundo de 1998; vencedor de troféus europeus com Paris e Inter
• Ponto alto no EURO: ajudou a França a vencer a edição de 2000 com dois golos na fase final

Jean-François Domergue (FRA)

• 5 jogos no EURO/2 golos
• Defesa-esquerdo da excelente selecção francesa que conquistou o EURO '84, prova na qual somou cinco das suas nove internacionalizações
• Ponto alto no EURO: bisou na épica vitória, por 3-2, ante Portugal nas meias-finais em 1984

Luis Fernandez (FRA)

• 8 jogos no EURO/1 golo
• Exímio recuperador de bolas que era o complemento perfeito para o jogo ofensivo da selecção de França
• Ponto alto no EURO: preponderante no triunfo sobre o seu país de nascença, a Espanha, na final de 1984, em Paris

Steffen Freund (GER)

• 4 jogos no EURO/0 golos
• Incansável médio-defensivo que ainda é encarado com saudade pelos adeptos de Schalke, Borussia Dortmund e Tottenham
• Ponto alto no EURO: disputou quatro jogos na caminhada da Alemanha rumo à conquista do EURO '96, apesar de ter falhado a final, devido a lesão

Paul Gascoigne (ENG)  

©Getty Images

• 5 jogos no EURO/1 golo
• Carismático e talentoso médio que se tornou um herói nacional inglês durante o Campeonato do Mundo de 1990
• Ponto alto no EURO: o seu fantástico golo no triunfo (2-0) em Wembley contra a Escócia, no EURO '96

Alain Giresse (FRA)

• 5 jogos no EURO/1 golo
• Diminutive, zestful midfielder known as Moteur (motor) who knitted play together for France
• Ponto alto no EURO: o maravilhoso golo que apontou frente à Bélgica na fase de grupos de 1984

Ruud Gullit (NED)

Final do EURO '88: O golo de Gullit e o TAL remate de primeira
Final do EURO '88: O golo de Gullit e o TAL remate de primeira

• 9 jogos no EURO/1 golo
• Médio holandês elegante e versátil vencedor duas vezez vencedor da Taça dos Campeões com o Milan
• Ponto alto no EURO: autor de um golo pela Holanda no triunfo sobre a União Soviética na final de 1988

Thomas Helmer (GER)

• 9 jogos no EURO/0 golos
• Versátil defesa que disputou duas fases finais do EURO e que chegou a ser o jogador mais caro da Bundesliga
• Ponto alto no EURO: um dos esteios defensivos que permitiu à Alemanha sofrer apenas três golos no EURO '96

Thierry Henry (FRA)

• 11 jogos no EURO/6 golos
• Goleador lendário do Arsenal e vencedor da UEFA Champions League em 2009 com o Barcelona
• Ponto alto no EURO: autor de três golos na caminhada da França até ao título em 2000

Giorgos Karagounis (GRE)

• 10 jogos no EURO/2 golos
• O general do meio-campo da Grécia durante 15 anos, era preponderante na defesa e no ataque
• Ponto alto no EURO: o fantástico golo logo aos seis minutos do jogo inaugural do EURO 2004, que colocou a Grécia no caminho certo rumo à conquista do torneio

Christian Karembeu (FRA)

• 5 jogos no EURO/0 golos
• Médio-defensivo juntou os triunfos na UEFA Champions League e no Campeonato do Mundo em 1998
• Ponto alto no EURO: ajudar a França a vencer o UEFA EURO 2000

Jürgen Klinsmann (GER)

• 13 jogos no EURO/5 golos
• Ponta-de-lança letal da Alemanha; vencedor da Taça UEFA ao serviço de Inter (1991) e Bayern (1996)
• Ponto alto no EURO: vencedor do Campeonato do Mundo de 1990, marcou três golos que ajudaram a Alemanha a conquistar o EURO '96

Miroslav Klose (GER)

• 13 jogos no EURO/3 golos
• Goleador de créditos firmados, ainda mais sempre que vestia a camisola da selecção alemã
• Ponto alto no EURO: marcou nos dois triunfos por 3-2 que permitiram à Alemanha atingir a final de 2008

Patrick Kluivert (NED)

O 'hat-trick' de Kluivert nos quartos-de-final do EURO 2000
O 'hat-trick' de Kluivert nos quartos-de-final do EURO 2000

• 9 jogos no EURO/6 golos
• Excelente ponta-de-lança do Barcelona e da Holanda; campeão europeu com o Ajax em 1995
• Ponto alto no EURO: autor de cinco golos no UEFA EURO 2000, partilhando o prémio de Bota de Ouro, na caminha da Holanda até às meias-finais

Henrik Larsson (SWE)

• 10 jogos no EURO/4 golos
• Lenda do ataque do Celtic; fez as assistências para dois golos no triunfo do Barcelona na final da UEFA Champions League de 2006
• Ponto alto no EURO: o sensacional cabeceamento frente à Bulgária na caminhada da Suécia até aos quartos-de-final em 2004

Brian Laudrup (DEN)

• 8 jogos no EURO/3 golos
• Jogador criativo somou 82 jogos pela Dinamarca; brilhou na Europa com as camisolas de Brøndby, Bayern e Rangers
• Ponto alto no EURO: estrela do triunfo da Dinamarca em 1992, embora sem marcar

Luís Figo (POR)

• 14 jogos no EURO/2 golos
• Extremo elegante de Portugal; mostrou a sua classe ao serviço de Barcelona, Real Madrid e Inter
• Ponto alto no EURO: alcançar as meias-finais no UEFA EURO 2000 e a final quatro anos depois

Maniche (POR)

• 6 jogos no EURO/2 golos
• Médio versátil vencedor da Taça UEFA em 2003 e da UEFA Champions League em 2004 com o Porto
• Ponto alto no EURO: marcar um golo soberbo nas meias-finais que levou Portugal a discutir o título no UEFA EURO 2004

Lothar Matthäus (GER)

• 11 jogos no EURO/1 golo
• Jogador mais internacional da Alemanha (150 jogos); médio vencedor do Campeonato do Mundo em 1990
• Ponto alto no EURO: estreou-se pela selecção aos 19 anos no triunfo da República Federal da Alemanha no EURO de 1980

Steve McManaman (ENG)

• 6 jogos no EURO/1 golo
• Médio de grande classe do Liverpool duas vezes vencedor da UEFA Champions League com o Real Madrid
• Ponto alto no EURO: exibições impressionantes pela selecção de Inglaterra rumo às meias-finais do EURO '96

Gaizka Mendieta (ESP)

• 4 jogos no EURO/2 golos
• Talentoso médio espanhol duas vezes finalista da UEFA Champions League com o Valência
• Ponto alto no EURO: marcar à Jugoslávia e à França na caminhada da Espanha até aos quartos-de-final do UEFA EURO 2000

Antonios Nikopolidis (GRE)

• 9 jogos no EURO/0 golos
• Guarda-redes 90 vezes internacional pela Grécia; 11 vezes campeão ao serviço de Panathinaikos e Olympiacos
• Ponto alto no EURO: três jogos seguidos sem sofrer golos (incluindo a final) no triunfo da Grécia em 2004

Michael Owen (ENG)

• 7 jogos no EURO/2 golos
• Avançado goleador; marcou 40 vezes em 89 internacionalizações por Inglaterra, incluindo um golo soberbo à Argentina no França ’98
• Ponto alto no EURO: marcou no UEFA EURO 2000 e no UEFA EURO 2004

Nuno Gomes (POR)

• 14 jogos no EURO/6 golos
• Goleador durante quase 20 anos com as camisolas de Boavista, Benfica, Fiorentina e selecção de Portugal
• Ponto alto no EURO: marcou quatro golos na edição de 2000 e chegou à final em 2004

Michael Owen (ENG)

• 7 jogos no EURO/2 golos
• Avançado predador; marcou 40 golos em 89 internacionalizações pela Inglaterra, incluindo um fantástico tento frente à Argentina no Mundial de 1998, em França
• Ponto alto no EURO: logrou fazer o gosto ao pé no UEFA EURO 2000 e no UEFA EURO 2004

Robert Pires (FRA)

• 7 jogos no EURO/0 golos
• Médio criativo viveu os melhores anos da carreira no Arsenal; vencedor do Campeonato do Mundo de 1998 com a França
• Ponto alto no EURO: autor do passe para o “golo de ouro” de David Trezeguet na final do UEFA EURO 2000

Karel Poborský (CZE)

O chapéu de Poborský no EURO '96
O chapéu de Poborský no EURO '96

• 14 jogos no EURO/2 golos
• Extremo veloz e criativo campeão na República Checa e em Inglaterra
• Ponto alto no EURO: um chapéu memorável que valeu o triunfo sobre Portugal nos quartos-de-final de EURO '96

Carles Puyol (ESP)

• 8 jogos no EURO/0 golos
• Defesa autoritário; vencedor da UEFA Champions League com o Barcelona em 2006, 2009 e 2011
• Ponto alto no EURO: Espanha sofreu apenas dois golos nos cinco jogos em que Puyol esteve em campo no triunfo no UEFA EURO 2008

Ricardo Carvalho (POR)

• 11 jogos no EURO/0 golos
• Defesa inteligente e implacável, brilhou com as camisolas de Porto, Chelsea, Real Madrid e Mónaco 

• Ponto alto no EURO: chegou à final de 2004 e foi campeão (como jogador de campo mais velho) em 2016

Peter Schmeichel (DEN)

O triunfo da Dinamarca na final de 1992
O triunfo da Dinamarca na final de 1992

• 13 jogos no EURO/0 golos
• Guarda-redes excepcional e lider, ajudou o Manchester United a fazer a “tripla” em 1999 

• Ponto alto no EURO: decisivo no triunfo da Dinamarca em 1992 ao fazer várias defesas importantes na final com a Alemanha y

David Seaman (ENG)

• 7 jogos no EURO/0 golos
• Guarda-redes de topo que conquistou nove troféus ao serviço do Arsenal
• Ponto alto no EURO: a defesa que permitiu à Inglaterra levar a melhor sobre a Espanha nos quartos-de-final do EURO '96, no desempate por grandes penalidades

Clarence Seedorf (NED)

• 10 jogos no EURO/0 golos
• Médio talentoso capaz de fazer qualquer posição; único jogador a vencer a UEFA Champions League por três clubes diferentes
• Ponto alto no EURO: a ajudou a Holanda a atingir as meias-finais em 2000 e 2004

Marcos Senna (ESP)

• 5 jogos no EURO/0 golos
• Um médio talentoso numa excelente equipa do Villarreal e fantástico durante a conquista do UEFA EURO 2008 por parte da Espanha
• Ponto alto no EURO: converteu um penalty na vitória da Espanha frente à Itália nos quartos-de-final de 2008, no desempate por grandes penalidades

Alan Shearer (ENG)

• 9 jogos no EURO/7 golos
• Avançado poderoso melhor marcador de sempre da Premier League com 260 golos 

• Ponto alto no EURO: melhor marcador no EURO ’96 com cinco golos que ajudaram a Inglaterra a chegar às meias-finais 

Vladimír Šmicer (CZE)

• 11 jogos no EURO/4 golos
• Médio versátil e talentoso; marcou no triunfo do Liverpool na final da UEFA Champions League em 2005

• Ponto alto no EURO: marcou o golo do empate com a Rússia que permitiu aos checos ultrapassar a fase de grupos no EURO '96

Jean Tigana (FRA)

• 5 jogos no EURO/0 golos
• Uma combinação perfeita de técnica e pulmão fez dele, porventura, o melhor médio de meados dos anos 80
• Ponto alto no EURO: foi a sua iniciativa individual que deu origem ao golo da vitória da França no prolongamento das meias-finais de 1984

David Trezeguet (FRA)

• 7 jogos no EURO/3 golos
• Goleador temível destacou-se na Juventus e no Mónaco; tem média de um golo a cada dois jogos
• Ponto alto no EURO: autor do “golo de ouro” na vitória da França sobre a Itália na emocionante final de 2000

O 'golo de ouro' de Trezeguet
O 'golo de ouro' de Trezeguet

Vítor Baía (POR)

• 8 jogos no EURO/0 golos
• Guarda-redes muito titulado no Porto e no Barcelona; vencedor da UEFA Champions League em 2004 

• Ponto alto no EURO: defesa da grande penalidade de Arif Erdem que ajudou Portugal a chegar aos quartos-de-final do UEFA EURO 2000

Xabi Alonso (ESP)

• 12 jogos no EURO /2 golos
• Médio "box-to-box" que foi importante no triunfo do Liverpool na UEFA Champions League em 2005
• Ponto alto no EURO: comnquistar o título com Espanha em 2008 e 2012, com o triunfo no Campeonato do Mundo pelo meio

Xavi Hernández (ESP)

• 11 jogos no EURO/1 golo
• Maestro do meio-campo que ditou o ritmo do Barcelona e da selecção de Espanha que dominaram o futebol europeu neste século
• Ponto alto no EURO: ajudar a Espanha a conquistar o primeiro título em 44 anos em 2008 e voltar a ser campeão quatro anos depois

Theodoros Zagorakis (GRE)

• 6 jogos no EURO/0 golos
• Um médio-defensivo combativo que brilhou intensamente no EURO 2004
• Ponto alto no EURO: ergueu o troféu do EURO 2004 e foi eleito o melhor jogador do torneio como capitão da Grécia

Gianluca Zambrotta (ITA)

• 11 jogos no EURO/0 golos
• Defesa-lateral de espírito ofensivo decisivo na caminhada dos “azzurri” rumo ao triunfo no Mundial de 2006
• Ponto alto no EURO: eleito para a equipa ideal do UEFA EURO 2004 com excelentes exibições na fase de grupos

Christian Ziege (GER)

• 8 jogos no EURO/1 golo
• Defesa-esquerdo com clara propensão ofensiva e um especialista de bolas paradas, somou troféus na Alemanha, em Itália e em Inglaterra
• Ponto alto no EURO: marcou o primeiro golo da Alemanha no EURO '96, na sequência de uma excelente iniciativa individual frente à República Checa