Antevisão do Tottenham - Ajax: tudo o que precisa de saber

O Tottenham tem algumas baixas por lesão, mas Mauricio Pochettino diz que é impossível "estar cansado" para a meia-final com o Ajax.

Christian Eriksen, Jan Vertonghen, Toby Alderweireld e Davinson Sánchez são todos antigos jogadores do Ajax
Christian Eriksen, Jan Vertonghen, Toby Alderweireld e Davinson Sánchez são todos antigos jogadores do Ajax ©AFP/Getty Images
  • Pochettino diz que é impossível "estar cansado" para o jogo com o Ajax

  • Holandeses eliminaram Real Madrid e Juventus

  • Spurs querem estar pela primeira vez numa final da Taça dos Campeões

  • Anfitriões não podem contar com os atacantes Kane e Son

  • Eriksen, Vertonghen, Alderweireld, Sánchez já jogaram no Ajax

JOGUE NO FANTASY FOOTBALL

Opinião dos repórteres do UEFA.com

Daniel Thacker, Tottenham: O Tottenham não tem alguns jogadores importantes - com destaque para Harry Kane e Heung-Min Son - mas a equipa de Mauricio Pochettino não deixará de mostrar a ambição e combatividade habituais, já que sonha com a primeira presença numa final da UEFA Champions League. A derrota do Tottenham no fim-de-semana não permite tirar grandes conclusões, já que esta época os londrinos têm estado ao seu melhor nível na Europa. Penso que os Spurs vão levar uma curta vantagem para a segunda mão em Amsterdão.

Derek Brookman, Ajax: Os holandeses não devem abdicar do seu estilo de futebol atacante, assente na posse de bola, que lhes permitiu chegar tão longe. Vão tentar ter a bola, pressionar alto e trocar rapidamente de posições. É uma equipa que beneficiou de cinco golos de defesas na fase de grupos e já atingiu o impressionante número de 160 golos em todas as competições na época de 2018/19. Penso que não irão regressar em branco do norte de Londres. Com Kane e Son lesionados nos Spurs, os jogadores de Erik ten Hag têm uma oportunidade de ouro para ficar em vantagem na eliminatória.

Equipas prováveis

Tottenham: Lloris; Trippier, Alderweireld, Sánchez, Rose; Dier, Wanyama, Eriksen; Alli, Lucas; Llorente
De fora: Kane (tornozelo), Lamela (tendão da coxa), Aurier (tendão da coxa), Winks (anca), Son (suspenso
Em dúvida: Sissoko (virilha), Vertonghen (coxa)

Ajax: Onana; Tagliafico, Blind, De Ligt, Mazraoui; De Jong, Van de Beek, Schöne; Neres, Tadić, Ziyech
De fora: Bandé (gémeos)
Em dúvida: Mazraoui (tornozelo)

Duelo decisivo

Christian Eriksen frente a Frenkie de Jong: Desde que trocou os gigantes holandeses pelos Spurs em 2013, Eriksen tornou-se num dos melhores médios do mundo, mesmo  que De Jong, aos 21 anos, não fique muito atrás em qualquer avaliação. A baixas do Tottenham levam a que a criatividade do dinamarquês assuma ainda maior importância, se De Jong levar a melhor neste duelo, então o Ajax pode levar vantagem, basta ver o que aconteceu em Madrid e Turim. "Ele não tem muitas época ao mais alto nível", afirmou Eriksen ao UEFA.com na semana passada. "Mas o que já conseguiu é excelente. Ele e o Ajax merecem respeito por aquilo que tem jogado”.

Os Spurs perderam pela primeira vez no seu novo estádio no sábado
Os Spurs perderam pela primeira vez no seu novo estádio no sábado©Getty Images

Onde ver

Os adeptos podem encontrar aqui o(s) parceiro(s) de transmissão da UEFA Champions League

Guia de forma

Tottenham
Último jogo: Tottenham 0-1 West Ham (27/04)
Forma: DVDDVVVDDV

Ajax
Último jogo: Ajax 4-2 Vitesse (23/04)
Forma: VVVVEVVVDV

Mauricio Pochettino, treinador do Tottenham

Vai ser uma noite mágica, porque jogar nas meias-finais no nosso novo estádio é algo que ninguém poderia imaginar há poucos meses. É impossível estar cansado neste jogo, impossível não estar motivado. É tudo psicológico.

Vamos ter energia. São duas mãos, amanhã vamos ter a primeira parte de um jogo, a segunda será em casa do Ajax. Será muito importante a forma como abordamos o jogo e como lidamos com o encontro nos 90 minutos.

Erik ten Hag, treinador do Ajax

Queremos continuar esta evolução. É incrível estarmos nas meias-finais da Champions League. Ninguém pensaria no início da época que uma equipa holandesa chegaria até aqui. Já conseguimos algo, mas queremos mais.

Podemos ser mais eficazes e converter as nossas oportunidades. Queremos estar confiantes, mas não podemos ser ingénuos. Já fizemos muitos jogos esta época. Acho que temos boas hipóteses, acredito na minha equipa, nos jogadores que vão estar em campo e na estratégia que preparámos.

Topo