Retrospectiva: Porto - Liverpool

Os golos da primeira mão de Naby Keïta e Roberto Firmino fazem com que o Liverpool chegue ao Porto com uma vantagem de 2-0 para a conclusão dos quartos-de-final.

Roberto Firmino e Sadio Mané festejam um dos golos do Liverpool na primeira mão
Roberto Firmino e Sadio Mané festejam um dos golos do Liverpool na primeira mão ©Getty Images

O Porto tem uma árdua tarefa quando receber o Liverpool na segunda mão dos quartos-de-final da UEFA Champions League, depois de ter perdido por 2-0 em Anfield.

• Na primeira mão, tentos de Naby Keïta e Roberto Firmino, a 9 de Abril, prolongaram a série sem vitórias do FC Porto frente a clubes ingleses e deixaram o Liverpool à beira da segunda meia-final da prova em duas temporadas.

• Os ingleses impuseram-se por um total de 5-0 nos oitavos-de-final da época passada frente ao Porto, tendo todos os golos sido marcados na primeira mão, em Portugal. O Porto defendeu a honra com um nulo em Anfield mas, após sete tentativas, continua sem conseguir bater o Liverpool.

• O Liverpool está nesta ronda pela segunda época seguida, enquanto esta é a primeira participação do Porto nos quartos-de-final da UEFA Champions League desde 2014/15 e apenas a segunda depois de 2008/09. Não chega às meias-finais há 15 anos.

Confrontos anteriores
• Há doze meses, um "hat-trick" de Sadio Mané no Estádio do Dragão ajudou o Liverpool a vencer por 5-0 na primeira mão, num jogo em que Mohamed Salah e Roberto Firmino também marcaram.

• O empate sem golos na segunda mão e o desaire na primeira mão desta eliminatória deixou o Porto com um registo 3E 4D nos sete jogos com o clube inglês.

• Os seis jogos entre as duas equipas antes desta eliminatória foram disputados no Século XXI. O primeiro encontro ocorreu nos quartos-de-final da campanha vitoriosa do Liverpool na Taça UEFA de 2000/01. A equipa de Gérard Houllier empatou 0-0 em Portugal, mas os golos de Danny Murphy e Michael Owen, na primeira parte da segunda mão, em Anfield, valeram o apuramento com um total de 2-0.

• Os restantes duelos aconteceram na fase de grupos da UEFA Champions League de 2007/08. Um golo de Dirk Kuyt, aos 17 minutos, permitiu ao Liverpool empatar 1-1 na primeira jornada, no Porto, após a equipa de Jesualdo Ferreira ter ganho vantagem com uma grande penalidade de Lucho González aos oito minutos. Os visitantes jogaram a maior parte do segundo tempo reduzidos a dez jogadores, por cartão vermelho de Jermaine Pennant aos 58 minutos.

• Em Anfield, Lisandro (33) respondeu ao golo de Fernando Torres pelo Liverpool de Rafael Benítez, mas os ingleses garantiram os três pontos com tentos nos minutos finais de Torres (78), Steven Gerrard (84pen) e Peter Crouch (87). Porto e Liverpool passaram aos oitavos-de-final, com os portugueses a vencerem o grupo, mas foram os Reds a chegarem às meias-finais.

Guia de forma
Porto
• O registo do Porto nos quartos-de-final da Taça dos Clubes Campeões Europeus é de 2V 5E:

2014/15 Bayern D 4-7 (3-1 c, 1-6 f)

2008/09 Manchester United D 2-3 (2-2 f, 0-1 c)

2003/04 Lyon V 4-2 (2-0 c, 2 -2 f)

1999/2000 Bayern D 2-3 (1-1 c, 1-2 f)

1996/97 Manchester United D 0-4 (0-4 f, 0-0 c)

1990/91 Bayern D 1-3 (1-1 f, 0-2 c) 
1986/87 Brøndby V 2-1 (1-0 c, 1-1 f)

• O Porto procura a primeira presença nas meias-finais desde 2003/04, quando conquistou o troféu sob o comando de José Mourinho. Os dois únicos triunfos em sete presenças nos quartos-de-final aconteceram nas épocas em que o clube foi campeão europeu.

• O registo do Porto em eliminatórias a duas mãos com clubes ingleses é de 3V 8D. Os Dragões perderam os últimos cinco duelos e não eliminam um clube inglês desde que a equipa de Mourinho afastou o Manchester United nos oitavos-de-final da UEFA Champions League de 2003/04 (2-1 em casa, 1-1 fora).

• O FC Porto venceu todos os quatro jogos em casa na competição desta temporada, frente a Galatasaray (1-0), Lokomotiv Moscovo (4-1) e Schalke (3-1) na fase de grupos, seguido do triunfo 3-1 após prolongamento sobre a Roma, na segunda mão dos oitavos-de-final. Venceu oito - e perdeu cinco - nos seus últimos 15 jogos europeus em casa.

Porto's Moussa Marega goes close during the first leg
Porto's Moussa Marega goes close during the first leg©AFP/Getty Images

O seu registo total em casa frente a clubes ingleses é de V8 E6 D4; as quatro derrotas ocorreram nas últimas sete partidas.

• Os "dragões" venceram cinco jogos europeus seguidos, estabelecendo um novo recorde de vitórias consecutivas e superando o seu melhor registo anterior, na fase de grupos de 1996/97, até à derrota em Roma. O desaire em Liverpool significou que perderam dois jogos seguidos fora de casa.

• Os 16 pontos somados pelo Porto na fase de grupos desta época foram o melhor registo entre todas as equipas.

• O FC Porto venceu apenas cinco das 21 eliminatórias da UEFA nas quais perdeu a primeira mão fora, apesar de ter seguido em frente nos oitavos-de-final ante a Roma, depois de, a uma derrota por 2-1 em Itália, ter ganho 3-1 em casa, após prolongamento. Perdeu todos os quatro embates anteriores em que perdeu por 2-0 na primeira mão, o último contra o Borussia Dortmund, nos 16 avos-de-final da UEFA Europa League de 2015/16 (0-1 casa).

• O registo do FC Porto em três desempates por grandes penalidades nas provas da UEFA é V1 D2:
1-4 v Schalke, 2007/08, oitavos-de-final da UEFA Champions League
8-7 v Once Caldas, 2004, Taça Intercontinental
3-5 v Sampdoria, 1994/95, quartos-de-final da Taça dos Vencedores das Taças

Liverpool
• O Liverpool venceu dez das últimas 14 participações nos quartos-de-final da Taça dos Clubes Campeões Europeus:

2017/18 Manchester City V 5-1 (3-0 C, 2-1 F) 

2008/09 Chelsea D 5-7 (1-3 c, 4-4 f) 

2007/08 Arsenal V 5- 3 (1-1 f, 4-2 c) 

2006/07 PSV Eindhoven V 4-0 (3-0 f, 1-0c) 

2004/05 Juventus V 2-1 (2-1 c, 0-0 f ) 

2001/02 Leverkusen D 3-4 (1-0 c, 2-4 f) 

1984/85 Áustria Viena V 5-2 (1-1 f, 4-1 c) 

1983/84 Benfica V 5-1 ( 1-0 c, 4-1 f) 

1982/83 Widzew Łódź D 3-4 (0-2 f, 3-2 c) 

1981/82 CSKA Sófia D 1-2 (1-0 c, 0-2 f) 

1980/81 CSKA Sófia V 6-1 (5-1 c, 1-0 f) 

1977/78 Benfica V 6-2 (2-1 f, 4-1 c) 

1976/77 St-Étienne V 3-2 ( 0-1 f, 3-1 c) 

1964/65 Colónia V 2-2, Liverpool venceu por moeda ao ar (0-0 f, 0-0 c, 2-2 n) 

• O triunfo por 3-1 sobre o Bayern nos oitavos-de-final desta época leva a que o Liverpool tenha vencido as últimas nove eliminatórias europeias a duas mãos, incluindo pré-eliminatórias. A última derrota aconteceu frente ao Beşiktaş, num desempate por grandes penalidades nos 16 avos-de-final da UEFA Europa League de 2014/15 (1-0 em casa, 0-1 fora).

• O triunfo na época passada sobre o Porto deixou o Liverpool com um registo de 6V 2D em eliminatórias a duas mãos com equipas portuguesas.

• Os Reds têm o registo de V3 E3 D4 em Portugal; venceram nas duas primeiras visitas, mas a vitória da época passada no Porto foi a primeira em oito deslocações.

O triunfo por 3-1 no terreno do Bayern, na segunda mão dos oitavos-de-final, acabou com a série de quatro derrotas do Liverpool nos quatro jogos disputados fora de casa. Perdeu todos os três jogos na fase de grupos da presente temporada, com Nápoles (0-1), Estrela Vermelha (0-2) e Paris Saint-Germain (1-2), a que se junta o desaire por 4-2 em Roma na meia-final da temporada passada (7-6 no total). O conjunto de Jürgen Klopp estava invicto (V4 E2) até à derrota em Roma.

Porto's Danilo (left) and Sadio Mané of Liverpool in the first leg
Porto's Danilo (left) and Sadio Mané of Liverpool in the first leg©Getty Images

Os "reds" perderam cinco dos últimos dez jogos europeus, sendo que as derrotas foram sempre fora de Inglaterra.

O Liverpool apurou-se em 31 eliminatórias da competição em que venceu a primeira mão em casa - incluindo ante o Manchester City nos quartos-de-final da época passada, e a Roma nas meias-finais - e perdeu apenas cinco. Em cada uma das sete ocasiões em que venceu a primeira mão em casa, por 2-0, seguiu em frente. A única eliminação depois de uma vitória por uma margem de dois golos em casa foi na meia-final da Taça dos Campeões, em 1964/65, contra o Internazionale Milano, quando a um triunfo em casa 3-1 foi seguido de um desaire 3-0 em Itália.

• O registo do Liverpool em quatro desempates por grandes penalidades nas provas da UEFA é V3 D1:
4-5 v Beşiktaş, 2014/15, 16 avos-de-final da UEFA Europa League
4-1 v Chelsea, 2006/07, meias-final da da UEFA Champions League
3-2 v AC Milan, 2004/05, final da UEFA Champions League
4-2 v Roma, 1983/84, final da Taça dos Clubes Campeões Europeus

Recordações de clássicos nos quartos-de-final da #UCL
Recordações de clássicos nos quartos-de-final da #UCL

Ligações e curiosidades
• Iker Casillas fazia parte da equipa do Real Madrid quando os espanhóis foram eliminados, com um total de 5-0, pelo Liverpool, nos oitavos-de-final de 2008/09. O guarda-redes conseguiu levar o melhor sobre os "reds" na fase de grupos de 2014/15, contribuindo para o triunfo do Real Madrid por 3-0 em Anfield - a última derrota europeia do Liverpool em casa- e para a vitória por 1-0 em Espanha.

• A Roma, de Salah, foi eliminada pelos Porto da UEFA Champions League de 2016/17, tendo perdido por um total de 4-1 no "play-off" (1-1 fora, 0-3 em casa).

• Maxi Pereira jogou no triunfo do Benfica na recepção ao Liverpool, por 2-1, na primeira mão dos quartos-de-final da UEFA Europa League de 2009/10. O defesa foi suplente não utilizado em Inglaterra, o Liverpool venceu por 4-1.

• Colegas na selecções:

Iker Casillas e Alberto Moreno (Espanha)
Alex Telles, Éder Militão, Felipe e 
Roberto Firmino, Alisson Becker, Fabinho (Brasil)

Óliver Torres e Alberto Moreno (Sub-21 de Espanha)

• Jogaram juntos:

Iker Casillas e Fabinho (Real Madrid, 2012/13)

Otávio e Alisson Becker (Internacional, 2013–14)

• Adrián López marcou na vitória do Villarreal, por 1-0, sobre o Liverpool, na primeira mão das meias-finais da UEFA Europa League de 2015/16. O clube inglês ganhou na segunda mão por 3-0.

• Virgil van Dijk marcou na vitória da Holanda, por 3-0, num encontro particular com Portugal, em Março de 2018, enquanto Salah também marcou na derrota do Egipto com Portugal, por 2-1, no mesmo mês.

• Fabinho teve contrato com o Rio Ave entre 2012 e 2015, mas nunca jogou pelo clube português, tendo sido emprestado ao Real Madrid (2012/13) e ao Mónaco (2013–15).

Últimas notícias

Os jogadores do Porto junto dos adeptos em Anfield
Os jogadores do Porto junto dos adeptos em Anfield©AFP/Getty Images

Porto
• O próximo jogo de Maxi Pereira nas provas da UEFA será o seu 100º.

• A série de Moussa Marega de marcar em seis jogos seguido da UEFA Champions League terminou na primeira mão.

• A primeira mão foi apenas a segunda derrota do Porto nos últimos 12 jogos de todas as competições (V9 E1). Os "dragões" venceram fora o Portimonense, por 3-0, no sábado, em jogo da Liga portuguesa.

• Marega marcou o primeiro golo no campeonato desde o passado dia 23 de Dezembro no fim-de-semana, com Yacine Brahimi e Héctor Herrera a apontarem os outros golos. Brahimi tem agora nove golos na Liga esta temporada, igualando a sua melhor marca, estabelecida em 2017/18.

• O Porto vai defrontar o Sporting na final da Taça de Portugal, a 25 de Maio.

• Os "dragões" venceram os últimos três jogos em casa em todas as competições - e 19 dos últimos 22 (E2 e D1).

• O Porto ganhou os cinco jogos do campeonato desde a derrota em casa por 2-1 com o Benfica, a 2 de Março, que terminou com a série de 16 jogos sem perder na prova.

• Alex Telles, devido a uma lesão na anca, este ausente de 30 de Março a 9 de Abril, estreou-se pelo Brasil a 23 de Março, num particular contra o Panamá disputado no Estádio do Dragão.

• Jesús Corona (2022) e Casillas (2020) assinaram novos contratos.

• Éder Militão vai jogar no Real Madrid a partir do Verão.

Dejan Lovren aplaude os adeptos do Liverpool depois do jogo da primeira mão
Dejan Lovren aplaude os adeptos do Liverpool depois do jogo da primeira mão©AFP/Getty Images

Liverpool
• O Liverpool não perde há 16 jogos de todas as competições (V11 E5), desde a derrota por 2-1 a contar para a Taça de Inglaterra na casa do Wolves, a 7 de Janeiro. Venceu os últimos sete encontros, tendo batido o Chelsea por 2-0 no domingo, em Anfield, graças a golos de Sadio Mané e Mohamed Salah.

• Sadio Mané marcou oito golos nos últimos oito jogos do Liverpool.

• O golo de Mohamed Salah na vitória por 3-1 sobre o Southampton, a 5 de Abril, foi o seu primeiro desde 9 de Fevereiro. Jordan Henderson também facturou, algo que não acontecia desde 23 de Setembro de 2017.

• Os "reds" estiveram cinco jogos seguidos sem sofrer golos até ao triunfo por 4-2 frente ao Burnley em Anfield, a 10 de Março; a primeira mão contra o Porto foi o primeiro em cinco jogos. Agora levam já dois jogos sem sofrer golos.

• O Liverpool está invicto nos últimos sete jogos fora de casa em todas as competições (V4 E3), vencendo os últimos três. Foi derrotado cinco vezes fora esta temporada, mas apenas uma vez por uma diferença de dois golos - a derrota por 2-0 com o Estrela Vermelha, na quarta jornada da fase de grupos.

• Jordan Henderson fez o jogo 50 por Inglaterra no triunfo no Montenegro por 5-1, em partida de apuramento para o UEFA EURO 2020, a 25 de Março.

• Joe Gomez saiu a meio da primeira parte do triunfo por 3-1 no reduto do Burnley, a 5 de Dezembro, devido a uma fractura na perna esquerda; foi operado no começo de Fevereiro, tendo estado no banco na primeira mão contra o Porto. 

• Alex Oxlade-Chamberlain não joga desde que se lesionou com gravidade num joelho na meia-final da UEFA Champions League da temporada passada ante a Roma, a 24 de Abril. Apesar disso, foi inscrito para as rondas a eliminar da prova desta temporada. 

• Adam Lallana, que não joga desde 17 de Março, está a contas com uma lesão muscular. 

Topo