Retrospectiva do Manchester City - Schalke

Uma reviravolta nos minutos finais da primeira mão deixou o Manchester City em boa posição e deixou o Schalke perante a quarta eliminação seguida nos oitavos-de-final.

Raheem Sterling depois de marcar golo da vitória do Mnachester City sobre o minuto 90 da primeira mão
Raheem Sterling depois de marcar golo da vitória do Mnachester City sobre o minuto 90 da primeira mão ©AFP/Getty Images

Uma emocionante reviravolta nos minutos finais do encontro da primeira mão deixou o Manchester City bem lançado para a terceira presença em quatro anos nos quartos-de-final da UEFA Champions League, enquanto o Schalke enfrenta a quarta eliminação consecutiva nos oitavos-de-final.

• Sergio Agüero colocou o City em vantagem aos 18 minutos na primeira mão em Gelsenkirchen, mas Nabil Bentaleb converteu duas grandes penalidades no final da primeira parte e colocou o Schalke na frente. Os problemas dos visitantes aumentaram quando Nicolás Otamendi foi expulso a meio da segunda parte, mas um belo livre directo de Leroy Sané (85), antigo ídolo do Schalke, estabeleceu nova igualdade, antes de Raheem Sterling decidir o encontro aos 90 minutos.

• O Manchester City venceu o Grupo F e está na fase a eliminar pelo sexto ano consecutivo, tendo vencido duas as últimas três participações nos oitavos-de-final. Em 2017/18 caiu nos quartos-de-final frete aos rivais ingleses do Liverpool.

• O clube alemão atingiu as meias-finais em 2010/11, mas não passou dos oitavos-de-final em três tentativas depois disso. O Schalke qualificou-se para os oitavos-de-final esta época ao terminar no segundo lugar do Grupo D.

Encontros anteriores
• O City venceu três dos últimos quaro encontros entre as duas equipas, tendo vencido por 2-0 em Gelsenkirchen, na fase de grupos da Taça UEFA de 2008/09, com golos de Benjani e Stephen Ireland. Vincent Kompany jogou 90 minutos pelo City e é o único jogador que continua ao serviço de qualquer um dos clubes.

Guia de forma
Manchester City
• O City não falha a presença nos oitavos-de-final da UEFA Champions League desde 2013/14, embora tenha vencido apenas duas dessas cinco eliminatórias. Há doze meses garantiu a passagem aos quartos-de-final ao ganhar por 4-0 em Basileia na primeira mão, com a equipa de Josep Guardiola a seguir em frente apesar da derrota por 2-1 em casa. A equipa de Guardiola tinha ganhou sete dos últimos oito jogos europeus em casa, incluindo quatro seguidos, antes da derrota com o Basileia.

• O registo do City em dois desempates por grandes penalidades nas provas da UEFA é de 2V 0D:

4-3 frente ao Aalborg, oitavos-de-final da Taça UEFA de 2008/09

4-2 frente ao Midtjylland, segunda pré-eliminatória da Taça UEFA de 2008/09

Schalke
• O Schalke está nos oitavos-de-final pela primeira vez desde 2014/15, quando perdeu por um total de 5-4 com o Real Madrid, perdendo por 2-0 na primeira mão em casa e ficando pelo caminho apesar no triunfo por 4-3 na capital espanhola.

• O registo do Schalke em quatro desempates por grandes penalidades nas provas da UEFA é de 2V 2D:

4-1 frente ao Porto, oitavos-de-final da UEFA Champions League de 2007/08

3-3 frente ao Brøndby, segunda eliminatória da Taça UEFA de 2003/04

4-5 frente ao Slavia Praga, primeira eliminatória da Taça UEFA de 1998/99

4-1 frente ao Inter, final da Taça UEFA de 1996/97

Topo