Lyon e Anthony Lopes travam Barcelona

O Lyon fez uma excelente exibição defensiva e impôs um nulo ao Barcelona na primeira mão dos oitavos-de-final.

Tudo o que precisa de saber

O Lyon fez uma boa exibição defensiva e impôs um nulo ao Barcelona na primeira mão dos oitavos-de-final.

Os primeiros minutos foram muito animados, com Ousmane Dembélé a rematar ao lado pelo Barça e Houssem Aouar, do OL, a testar as qualidades de Marc-André ter Stegen. Pouco depois, o alemão desviou um disparo de Martin Terrier para a trave. O jogo não perdeu ritmo, o português Anthony Lopes teve de sair da baliza para evitar o golo de Dembélé, antes de Terrier quase marcar na conclusão de uma boa jogada do Lyon perto do intervalo.

Lionel Messi foi uma ameaça permanente para Anthony Lopes, que voltou a levar a melhor no reinício, enquanto Luis Suárez falhou o alvo por pouco numa fase em que os visitantes dominavam. O guarda-redes português do Lyon voltou a brilhante nos instantes finais, face a um remate do suplente Philippe Coutinho, e conseguiu frustrar a equipa de Ernesto Valverde.

Melhor em campo: Jason Denayer

Está no quinto clube com apenas 23 anos, mas Jason Denayer, apesar de toda esta experiência, não terá tido muitos jogos como este.

O Barcelona pode argumentar que Marc-André ter Stegen foi o melhor, devido a algumas defesas soberbas, mas então Antony Lopes esteve ao nível do alemão.

Denayer mostrou tranquilidade, capacidade de posicionamento, intensidade, concentração e conseguiu ajudar o OL a travar uma equipa do Barça que foi ganhando confiança.

Principais estatísticas

  • Esta é apenas a segunda vez na história dos oitavos-de-final em que houve dois empates a zero na mesma noite.
  • O Lyon sofreu apenas uma derrota em casa nos oitavos-de-final (5V 4E)
  • Luis Suárez, do Barcelona, está há mais de 1500 minutos sem marcar fora de casa na prova.
  • O Barcelona não vence há seis jogos fora de casa (D2 L4).
  • O Lyon ficou em branco na primeira parte em nove dos últimos 12 jogos na UEFA Champions League, incluindo os três últimos.

O que significa o resultado?

O Lyon estará satisfeito por não ter sofrido golos pela primeira vez na edição deste ano, mas terá de contrariar a história para continuar em prova, pois não ganha um jogo fora de casa desde 2005/06.

Topo