Retrospectiva: Manchester United - Paris

O Manchester United tem um novo treinador e vai receber o Paris em Old Trafford no primeiro encontro de sempre entre os dois clubes.

Ole Gunnar Solskjær é o novo treinador do Manchester United
Ole Gunnar Solskjær é o novo treinador do Manchester United ©Getty Images

Manchester United e Paris Saint-Germain defrontam-se pela primeira vez e em jogo está um lugar nos quartos-de-final da UEFA Champions League, o prémio para o vencedor dos oitavos-de-final.

• Os campeões franceses do Paris estão motivados pelo primeiro lugar no Grupo C, enquanto o United - que substituiu o treinador José Mourinho por Ole Gunnar Solskjær após a fase de grupos - ficou em segundo no Grupo H atrás da Juventus.

• Ambas as equipas foram recentemente eliminadas nos oitavas-de-final. O United não atinge os quartos-de-final da UEFA Champions League desde 2013/14, enquanto as últimas duas campanhas do Paris terminaram nesta ronda, frente a Barcelona e Real Madrid, respectivamente.

Guia de forma
Manchester United
• Esta é o 11ª presença do clube inglês nos oitavos-de-final (V6 D4) e a 18ª participação em eliminatórias da UEFA Champions League. Depois de ser derrotado nas duas primeiras campanhas nos oitavos-de-final, o United só não venceu um dos sete duelos seguintes, até à eliminação com o Sevilha na época passada.

A paixão de Solskjær por França
A paixão de Solskjær por França

• Esta vai ser a estreia de Solskjær como treinador na UEFA Champions League, da fase de grupos para a frente. O norueguês só tinha participado em oito jogos a contar para pré-eliminatórias no comando do Molde (V3 E4 D1).

• O registo do United em Old Trafford nos oitavos-de-final é de V6 E1 D3.

Os melhores momentos de Neymar na fase de grupos
Os melhores momentos de Neymar na fase de grupos

.Paris

• Esta é a sétima campanha consecutiva do Paris na UEFA Champions League, tendo sempre alcançado os oitavos-de-final, embora ainda não tenha conseguido reeditar a proeza de 1994/95, quando atingiu as meias-finais.

• Depois de quatro presenças segundas nos quartos-de-final, entre 2013 e 2016, o Paris foi eliminado nesta ronda nas duas últimas épocas.

• O registo do Paris nos oitavos-de-final é de V4 D2.

O VAR vai informar o árbitro quando houver uma evidência de um erro claro numa das quatro situações que que mudam o jogo. O árbitro pode usar a área de revisão anexa ao terreno de jogo para tomar uma decisão final. O VAR também pode levar em conta qualquer infracção que possa ter ocorrido imediatamente antes da jogada que conduziu ao incidente (a fase de ataque da jogada).

Nos casos de decisões como foras-de-jogo e faltas dentro ou fora da grande área, o VAR pode simplesmente informar o árbitro desses factos, não sendo necessária a visualização das imagens em campo. O processo de visualização em campo será comunicado no estádio utilizando os ecrãs gigantes ou a instalação sonora.

  • Entrevista com Roberto Rosetti, responsável de arbitragem da UEFA

Para saber mais sobre a introdução do VAR, com a ajuda de vídeos e fotos, clique aqui.

 

Topo