Porto soma quinta vitória em Istambul

O Porto foi a Istambul bater o Galatasaray por 3-2 e repetiu a melhor campanha de sempre na Champions League ao terminar com 16 pontos.

Watch the goals from a thrilling encouter in Istanbul as Porto completed the group stage unbeaten.

O Porto foi a Istambul bater o Galatasaray por 3-2 e repetiu a melhor campanha de sempre na Champions League ao terminar o Grupo D com 16 pontos. Os turcos passam para a Europa League. 

A equipa da casa criou a primeira jogada de perigo aos 14 minutos, Sofiane Feghouli subiu bem pela direita e serviu Eren Derdiyok, mas o remate saiu ao lado. O Porto foi mais eficaz na resposta, Alex Telles marcou um livre da direita e Felipe surgiu na área a bater Fernando Muslera com um forte cabeceamento.

Hernâni, uma das novidades na equipa, caiu na área no Galtasaray aos 40 minutos em duelo com Mariano. O árbitro Aleksei Kulbakov assinalou grande penalidade. Marega não desperdiçou a oportunidade de marcar pelo quinto jogo consecutivo na Champions League.
No último minuto da primeira parte, nova grande penalidade assinalada por Kulbakov, depois de Gerry Rodrigues cair na área em duelo com Felipe. Feghouli reduziu para 2-1, resultado que se manteve até ao intervalo.

A equipa de Fatih Terim regressou determinada do intervalo, Gerry Rodrigues tentou a sorte aos 48 minutos, mas Iker Casillas segurou sem dificuldades. O Porto voltou a ganhar dois golos de vantagem aos 57 minutos. Marega desmarcou Hernâni pela esquerda, o extremo foi à linha, tirou Muslera da jogada e serviu Sérgio Oliveira, que fez o 3-1.

A equipa da casa atacava, mas de forma perdulária, Derdiyok teve sorte num ressalto aos 59 minutos, mas depois falhou de forma incrível. O suíço acertou finalmente aos 65 minutos, quando emendou um cruzamento de Gerry Rodrigues à boca da baliza e reduziu para 3-2. No minuto seguinte, Kulbakov assinalou nova grande penalidade para o Galatasaray, por falta de Maxi Pereira sobre Gerry Rodrigues. Feghouli rematou com estrondo à trave e o Porto segurou a vitória até ao apito final.

Figura: Gerry Rodrigues
O atacante cabo-verdiano deu muitas dores de cabeça à defesa do Porto, felizmente para os portugueses, os parceiros de ataque Derdiyok e Feghouli não estavam tão inspirados

Momento: Bola na trave
Os turcos estavam a pressionar muito e beneficiaram de uma grande penalidade que podia ter dado o empate. Frente a Casiilas, Feghouli acertou na travel.

Topo