Porto com pé e meio nos "oitavos"

Um golo logo a abrir de Héctor Herrera colocou o FC Porto no caminho certo rumo ao triunfo por 4-1 sobre o Lokomotiv, escancarando as portas dos oitavos-de-final.

Watch all of the goals, including a thumping goal from Otávio which wrapped up victory for the hosts.

O FC Porto ficou a um passo bem curto de garantir o apuramento para os oitavos-de-final da UEFA Champions League 2018/19, com o líder do Grupo D a golear por 4-1 na recepção ao FC Lokomotiv Moskva, que assim se viu já eliminado da prova.

Os "dragões" não podiam ter pedido um melhor arranque na partida, com Héctor Herrera a inaugurar o marcador logo no segundo minuto, atirando a contar após uma excelente combinação na direita entre Maxi Pereira e Moussa Marega. Apesar da madrugadora vantagem, os anfitriões não abrandaram o ritmo e partiram em busca do segundo golo, isto perante um adversário que, aqui e ali, também se ia mostrando perigoso, sobretudo através dos irmãos Miranchuk.

Com a chuva e o vento a condicionarem cada vez mais o jogo, as duas equipas revelavam dificuldades para explanar o seu futebol, mas um momento de inspiração de Herrera, aos 42 minutos, conduziu ao 2-0, com o médio mexicano a picar a bola por cima de Bryan Idowu e a isolar Marega, que bateu Guilherme com um remate que fez o esférico passar por entre as pernas do guarda-redes brasileiro.

Sem nada a perder, Yuri Semin lançou Jefferson Farfán ao intervalo e a verdade é que o experiente dianteiro peruano mexeu com a partida, tratando ele mesmo de reduzir a vantagem portista aos 59 minutos, quando cabeceou certeiro após um canto. O Porto sentiu o perigo e voltou à carga, precisando apenas de oito minutos para fazer o 3-1, com Corona a tirar com mestria um adversário da frente, antes de facturar com o pé esquerdo. Já no último suspiro do encontro, Otávio fechou as contas com o melhor golo da noite: um portentoso remate de pé direito de fora da área.

FIGURA: Héctor Herrera

O capitão portista assinou uma exibição de encher o olho, marcando e dando a marcar. Herrera mostrou uma vez mais a sua apetência para aparecer em zonas de finalização, estando no sítio certo para abrir caminho ao triunfo "azul-e-branco". Mais delicioso ainda foi o seu passe a desmarcar Marega para o 2-0. Um líder a toda a prova.

MOMENTO: Golo madrugador

Perante um oponente obrigado a vencer para evitar uma eliminação precoce, o FC Porto tratou bem cedo de se colocar numa posição privilegiada para garantir os três pontos e ficar a um passo bem curto dos oitavos-de-final. Os russos estavam avisados para o perigo chamado Marega, mas o avançado do Mali voltou a fazer das suas, servindo na perfeição Herrera para o primeiro golo da noite, antes de assinar ele mesmo o segundo.

Topo