Factos do AEK - Benfica

AEK Atenas e Benfica têm de recuperar terreno no Grupo E e não podem dar-se ao luxo de sofrer nova derrota neste jogo na Grécia.

Marinos Ouzounidis quer levar o AEK a somar os primeiros pontos
Marinos Ouzounidis quer levar o AEK a somar os primeiros pontos ©Getty Images

O AEK Atenas viu a longa invencibilidade europeia terminar na primeira jornada e vai tentar recuperar frente ao Benfica, equipa que também quer somar os primeiros pontos do Grupo E na capital da Grécia.

• O campeão grego perdeu por 3-0 no reduto do Ajax, naquela que foi a primeira derrota em 15 desafios europeus. O Benfica fez ligeiramente melhor na recepção ao Bayern, mas perdeu por 2-0 e tem a motivação de já ter ganho na Grécia esta época.

Confrontos anteriores
• As equipas da casa levaram a melhor no único embate entre os dois clubes na fase de grupos da UEFA Europa League de 2009/10. O AEK ganhou por 1-0 em Atenas a 1 de Outubro de 2009 – quase exactamente nove anos antes deste jogo –, antes da vitória do Benfica, por 2-1, em Lisboa.

• A derrota com o AEK foi o único contratempo do Benfica, vencedor do grupo com 15 pontos, enquanto os gregos não escaparam ao último lugar com quatro pontos. O Benfica seria depois eliminado pelo Liverpool nos quartos-de-final.

Resumo: Ajax 3-0 AEK
Resumo: Ajax 3-0 AEK

Guia de forma
AEK
• O AEK está na fase de grupos pela quinta vez, a primeira desde 2006/07. Nessa época terminou invicto em casa e somou sete pontos, tendo derrotado por 1-0 o Lille e o Milan, mais tarde vencedor do troféu.

• Os gregos não conseguiram seguir em frente nas restantes quatro campanhas realizadas na fase de grupos da UEFA Champions League.

• O AEK sagrou-se campeão grego pela 12ª vez em 2017/18 – o primeiro título desde 1994 – e iniciou a participação na UEFA Champions League desta época na terceira pré-eliminatória, fase em que bateu o Celtic por um total de 3-2 (1-1 fora, 2-1 casa). No “play-off”, afastou os húngaros do Vidi pelo mesmo resultado (2-1 fora, 1-1 em casa).

• O triunfo em casa sobre o Celtic terminou com a série de oito empates consecutivos do AEK nas competições europeias.

• Na época passada, o AEK foi eliminado pelo CSKA Moscovo na terceira pré-eliminatória da UEFA Champions League e transitou para a UEFA Europa League, prova em que acabou afastado pelo Dínamo Kyiv nos oitavos-de-final, apesar de não ter perdido nenhum dos dez jogos disputados na prova (V2 E8).

• A qualificação desta temporada elevaram para 14 os jogos europeus do AEK (V4 E10) sem derrota antes do desaire no terreno do Ajax.

• O AEK não perde em casa há sete jogos europeus, desde a derrota frente ao CSKA, por 2-0, na terceira pré-eliminatória da UEFA Champions League da época passada; o registo conseguido desde então é de V2 E5.

• O AEK ganhou dois dos jogos em que recebeu adversários portugueses, tendo perdido apenas o primeiro.

Resumo: Benfica 0-2 Bayern
Resumo: Benfica 0-2 Bayern

Benfica
• O Benfica foi segundo classificado na Liga portuguesa em 2017/18 e está pela 14ª vez – e nona consecutiva – presente na fase de grupos da UEFA Champions League.

• Os gigantes de Lisboa disputaram sete finais da Taça dos Campeões e conquistaram o troféu em 1961 e 1962.

• O Benfica iniciou a presente campanha na terceira pré-eliminatória com um triunfo total de 2-1 sobre o Fenerbahçe (1-0 em casa, 1-1 fora). A primeira mão terminou com a série de sete derrotas europeias seguidas, seis das quais ficou em branco, incluindo as últimas cinco. Os "encarnados" venceram depois o PAOK no "play-off" por um total de 5-2 nas duas mãos (1-1 em casa, 4-1 fora).

• O triunfo sobre o PAOK foi o segundo sucesso consecutivo do Benfica na Grécia, pois em 2014 já tinha batido o mesmo adversário, resultado que terminou nessa altura com a série de três derrotas consecutivas na Grécia, onde o registo do clube de Lisboa é agora de V4 D5.

• A derrota na primeira jornada com o Bayern fez com que as "águias" tenham vencido apenas três dos últimos 15 desafios europeus (E3 D9).

• Antes do início desta época, o Benfica tinha perdido quatro jogos europeus consecutivos fora e não vencia há cinco. Contando com o triunfo no terreno do PAOK, venceu apenas dois dos últimos dez desafios fora de Portugal (E2 D6).

• O Benfica ficou no último lugar do seu grupo em 2017/18 após perder os seis jogos, naquela que foi a 20ª ocasião em que um clube terminou a fase de grupos da UEFA Champions League sem somar qualquer ponto.

• O próximo golo será o 100º do Benfica na UEFA Champions League, da fase de grupos até à final.

• As oito derrotas do Benfica na UEFA Champions League (da fase de grupos à final) e os seis jogos seguidos sem marcar são recordes de equipas portuguesas.

Ligações e curiosidades
• Odisseas Vlachodimos foi treinado por Marinos Ouzounidis, actual técnico do AEK, no Panathinaikos entre 2016 e 2018.

• Jogaram na Grécia:
Odisseas Vlachodimos (Panathinaikos 2016–18)
Ljubomir Fejsa (Olympiacos 2011–13)

• Jogaram em Portugal:
Hélder Lopes (Mirandela 2008/09, Oliveira Douro 2009/10, Espinho 2010/11, Tondela 2011/12, Beira-Mar 2012/13, Paços de Ferreira 2013–16)
André Simões (Padroense 2008–11, Santa Clara 2011–13, Moreirense 2013–15)
Rodrigo Galo (Gil Vicente 2008–11 e 2011/12 empréstimo, Braga 2011/12, Académica 2012/13 empréstimo, Paços de Ferreira 2014/15)
Alef (Braga 2015/16)

• O único golo de Rodrigo Galo na Liga grega 2017/18 foi marcado a Odisseas Vlachodimos no triunfo do AEK sobre o Panathinaikos, por 3-0, a 1 de Abril.

• Colegas nas selecções:
Uroš Ćosić e Andrija Živković (Sub-21 da Sérvia)

• Jogaram juntos:
Dmytro Chygrynskiy e Facundo Ferreyra (Shakhtar Donetsk 2014–15)
Niklas Hult e Odisseas Vlachodimos (Panathinaikos 2016–17)
Viktor Klonaridis e Odisseas Vlachodimos (Panathinaikos 2016 e 2017)
Erik Móran e Gabriel (Leganés 2017)
Alef e Rafa Silva (Braga 2016)
Uroš Ćosić e Nicolás Castillo (Frosinone 2015)

Notícias mais recentes

AEK Atenas
Transferências de Verão
Entradas: Marko Livaja (Las Palmas), Christos Albanis (Apollon Smyrni)*, Stratos Svarnas (livre), Ezequiel Ponce (Roma, empréstimo), Lucas Boyé (Torino, empréstimo), Marios Oikonomou (Bologna, empréstimo), Serafim Giannikoglou (livre)*, Alef (Braga, empréstimo), Giannis Gianniotas (Olympiacos)
Saídas: Ognjen Vranješ (Anderlecht), Jakob Johansson (Rennes), Lazaros Christodoulopoulos (Olympiacos), Dimitris Melikiotis (Volos), Tasos Pantos (Sparta), Andreas Vlachomitros (Sparta, empréstimo), Giannis Papadopoulos (AO Chania Kissamikos), Masoud Shojaei (Tractor Sazi), Adam Tzanetopoulos (Apollon Smyrni), Giannis Anestis (Hapoel Beer Sheva), Stavros Vasilantonopoulos (PAS Lamia, empréstimo), Pedro Vitor (Aris)
*Não foi inscrito na UEFA Champions League

• A derrota frente ao Ajax na primeira jornada foi a primeira do AEK esta época, todas as competições incluídas, após não ter perdido nos sete jogos anteriores (V5 E2). O último desaire tinha sido em Maio, frente ao PAOK, na final da Taça da Grécia (2-0).

• A série invicta de 25 jogos do AEK (V20 E5) na Liga grega terminou com uma derrota por 2-0 frente ao PAOK, a 23 de Setembro. O desaire anterior a esse tinha acontecido a 23 de Outubro de 2017, na recepção ao Atromitos (2-0).

• Assim, o AEK perdeu dois jogos seguidos pela primeira vez desde os desaires em casa e fora com o CSKA Moskva, na fase de qualificação da UEFA Champions League 2017/18.

• O emblema de Atenas bateu o OFI Creta por 3-0 no sábado.

• Hélder Lopes sofreu uma lesão grave no joelho esquerdo durante o jogo do fim-de-semana.

• Alef lesionou-se na virilha durante o treino de 21 de Setembro e não joga desde então.

• Lucas Boyé ainda não se estreou pelo AEK devido a um problema com uma hérnia.

Benfica
• Transferências de Verão
Entradas: Gabriel (Leganés), Odisseas Vlachodimos (Panathinaikos), Tyronne Ebuehi (Den Haag)*, Nicolás Castillo (Pumas), Germán Conti (Colón), Facundo Ferreyra (Shakhtar), Cristián Lema (Belgrano), Alfa Semedo (Moreirense), Sébastien Corchia (Sevilha, empréstimo),
Saídas: Raúl Jiménez (Wolves, empréstimo), Diogo Gonçalves (Nottingham Forest, empréstimo), Eliseu (fim de contrato), João Carvalho (Nottingham Forest), Martin Chrien (Santa Clara, empréstimo), Paulo Lopes (retirado)
*Não foi inscrito na UEFA Champions League

• Antes de perder com o Bayern na ronda inaugural, o Benfica atravessava uma série de 11 jogos sem perder em todas as competições (V7 E4), iniciada a 28 de Abril.

• Franco Cervi (2023) e Jardel (2021) renovaram contrato.

• Após ter falhado alguns jogos devido a um problema nas costas, Jonas somou os primeiros minutos esta época ao ser suplente-utilizado na vitória caseira sobre o Aves (2-0), a 23 de Setembro.

• Nesse jogo, João Félix sofreu uma entorse no tornozelo, enquanto Alex Grimaldo sofreu um toque no pé, tendo sido ambos substituídos. Félix ficou de fora no empate 2-2 em Chaves na quinta-feira, ao passo que Grimaldo actuou os 90 minutos.

• Jardel (coxa) vai falhar o jogo frente ao AEK, após sair lesionado no jogo com o Chaves, assim como Gabriel (pé).

• Cristian Lema ainda não jogou pelo Benfica, devido a uma lesão no joelho, enquanto Facundo Ferreyra, que não joga desde 25 de Agosto, está a contas com uma lombalgia. Eduardo Salvio (mialgia na perna) também está lesionado.

• Sébastien Corchia é baixa desde 22 de Agosto, quando foi operado ao joelho. Filip Krovinović também debela um problema no joelho, contraído em Janeiro. Ambos devem regressar aos relvados em Outubro.

• A 25 de Setembro, o veterano defesa Luisão, de 37 anos, rescindiu contrato por mútuo acordo e encerrou a carreira de jogador, após 15 épocas completas no Benfica.

Topo